Café da manhã: o que é que as crianças comem no mundo 

Café da manhã cosa a crianças comem no mundo

O que comem as crianças do mundo no café da manhã? Com os olhos ainda semicerrados, pouca vontade de sair da cama, se algo apetitoso espera por elas na cozinha,as crianças interrompem o sono e o estômago se prepara para dar lugar às iguarias preparadas pelas mamães. Se é japonês, turco, francês ou brasileiro, cada café da manhã típico de cada país, oferece uma ampla variedade de pratos que os pequenos parecem adorar.

Para realizar seu projeto, a fotógrafa americana Hannah Whitaker recentemente visitou famílias de sete países, para fotografar as crianças enquanto saboreavam o café da manhã. Veja que interessante são os menus mais variados do mundo, na primeira refeição do dia.

Saki Suzuki, 2 anos e meio, Tóquio

A primeira vez que Saki comeu um prato de soja fermentada, chamado Nattō, foi aos 7 meses de idade. Experiência nada positiva para a bebê, mas a mãe não desistiu. Ao longo do tempo, o prato se tornou um favorito de Saki, uma obrigação para o café da manhã junto com arroz branco, sopa de miso, abóbora kabocha cozida em molho de soja, saquê doce, pepino, omelete e salmão grelhado.

Doga Gunce Gursoy, 8 anos, Istambul

Especialmente no sábado, a pequena Gunce se concede um café da manhã que inclui um prato de mel com creme de leite, chamado kaymak, passado em torradas; azeitonas verdes e pretas; ovos fritos com chouriço chamado sucuk; manteiga; ovos cozidos; xarope denso de uva (pekmez) com tahine por cima; uma variedade de queijos de ovelhas, cabras e vacas; marmelada de maçã e amoras; tomates, pepinos, rabanetes brancos e outros vegetais; leite e suco de laranja.

Nathanaël Witschi Picard, 6 anos, Paris

Nos dias de semana Nathanaël come: um kiwi, canapés, uma baguete com manteiga e geléia de amora feita por seus avós, cereal com leite frio e suco de laranja. Nos finais de semana, Nathanaël come croissants e bolos feitos por ele mesmo, uma paixão herdada de seu avô, um confeiteiro profissional.

Emily Kathumba, de 7 anos, Chitedze, Malawi

Emily vive com sua avó, Ethel, nos arredores de Lilongwe, capital do Malawi. Sua avó trabalha na casa de outra família fazendo limpeza, cozinhando e cuidando dos filhos. Aqui, Emily come uma polenta especial chamada phala, feita com farinha de soja e amendoim, um tipo de tapioca feita de milho, cebolas, pimentões e alho, juntamente com batata doce cozida e abóbora; e um suco vermelho-escuro feito de flores de hibisco secas e açúcar. De vez em quando, bebe chá preto doce, uma bebida comum para os filhos de Malawi.

Birta Gudrun Brynjarsdóttir, 3 anos e meio, Reykjavik, Islândia

O mingau de aveia de Birta se chama hafragrautur e é a delícia do café da manhã na Islândia. A aveia é cozida em água ou leite e frequentemente servida com açúcar mascavo, xarope de ácer, manteiga, frutas ou surmjolk (leite coalhado). Birta bebe também um gole de óleo de fígado de bacalhau, que ajuda a desenvolver a vitamina D na ausência de luz solar.

Viv Bourdrez, 5 anos, Amsterdam

Para Viv, café da manhã é um copo de leite com pão, manteiga sem sal, e - mais importante - com grãos de diversos sabores (chocolate, baunilha, frutas). A cada dia, os holandeses comem pelo menos 750 mil fatias de pão coberto com chocolate granulado chamados hagelslag (chuva de granizo).

Aricia Domenica Ferreira, 4 anos, e Hakim Jorge Ferreira Gomes, 2 anos, São Paulo, Brasil

Leite com chocolate em pó para ela e café para ele. Para muitos pais brasileiros, o café para as crianças é uma tradição cultural, o sabor evoca suas memórias da infância. Além disso, comem pão com manteiga, presunto e queijo.

Os gêmeos Phillip e Shelleen Kamtengo, 4 anos, Chitedze, Malawi

Phillip e sua irmã Shelleen começam o dia comendo doce, uma torta feita de pão de milho chamada chikondamoyo, que a avó, Dorothy Madise, cozinha em uma panela de alumínio no fogo. O café da manhã para os gêmeos Kamtengo e seus irmãos mais velhos, também inclui batatas cozidas e chá preto com uma colher de sopa, ou duas, de açúcar.

Koki Hayashi, 4 anos, Tóquio

Se Koki e seu irmão mais velho pudessem escolher, prefeririam um café da manhã americano. Ocasionalmente, sua mãe, Fumi, lhes dá cereal com leite frio e donuts, mas ela quer que as crianças cresçam sabendo o que significa a comida japonesa. Aqui, Koki come pimentão verde frito com peixe seco, molho de soja e sementes de sésamo; ovo cru misturado com molho de soja jogado sobre o arroz quente; Kinpira, um prato de lótus, cenouras salteadas no óleo de sementes de gergelim, uvas, peras e leite.

Oyku Ozarslan, 9 anos, Istambul

Na base do café da manhã de Oyku, há o pão preto servido com azeitonas verdes e pretas, nutella, tomate fatiado, ovo cozido, geléia de morango, manteiga embebida no mel e uma variedade de queijos turcos.

Tiago Bueno, 3 anos, São Paulo, Brasil

Tiago gosta de leite com chocolate em pó, e muitas vezes acorda pedindo por isso. Esperando por ele no café da manhã, além do leite, está o cereal, flocos de milho, com leite frio, sua comida favorita, bolo de banana e bisnaguinha com requeijão.

Um estudo não muito recente

Peter Menzel e sua esposa Faith D'Aluisio já produziram dois livros de fotos sobre os hábitos alimentares de famílias em todo o mundo no primeiro caso; enquanto no segundo, os dois fotógrafos foram investigar os hábitos de determinadas categorias de pessoas. Os livros são: Hungry Planet: What the World Eats e What I Eat: Around The World In 80 Diets. Frutos de uma viagem à descoberta das culturas culinárias e dos hábitos alimentares no mundo.

Fonte: NYT