Cientistas fizeram experiências durante 5 anos com Mers-CoV, muito mais letal que o Sars-CoV-2

Cientistas fizeram experiências durante 5 anos com Mers-CoV, muito mais letal que o Sars-CoV-2

Pesquisas de laboratório apoiadas pelo National Institutes of Health (NIH) dos EUA, estão envolvidas com manipulações genéticas no Mers-CoV, um coronavírus descoberto no Oriente Médio em 2012.

A ONG EcoHealth Alliance foi contratada pelo NIH para colaborar, por mais de cinco anos, com o Instituto de Virologia de Wuhan.

O Mers-CoV leva à morte mais de 35 % dos infectados e é muito mais letal do que o Sars-CoV-2.

Criação de híbridos do Mers com coronavírus de morcego

Em relatório ao NIH, a EcoHealth relata que os cientistas chineses modificaram o Mers, inserindo nele fragmentos do HKU4, um coronavírus descoberto em morcegos no sul da China.

Nos experimentos, é mostrada a ação infectante de quatro vírus quiméricos (que não existem na natureza), criados pela junção do Mers-CoV com coronavírus da família HKU4, em células humanas.

Foram realizados testes in vitro (em células humanas) e in vivo (em ratos de laboratório humanizados geneticamente modificados para produzir o receptor celular hACE2, usado para infectar células humanas).

Não é a primeira vez. O Instituto de Virologia de Wuhan já havia conduzido outras experiências com o coronavírus.

A revelação é do site The Intercept e se trata de um possível vazamento e de um perigo científico que pode levar a uma pandemia desastrosa para a humanidade.

É como dizem por aí, o verdadeiro vírus é o Homo sapiens.

Talvez te interesse ler também:

Origem do coronavírus: relatório da OMS aponta 4 teorias, 3 dúvidas e 1 certeza 

Coronavírus: Alerta Ambiental. Filme mostra como o homem causou a pandemia. Assista! 

Coronavírus: o que se sabe sobre a nova variante de BH? 

Variante inglesa do coronavírus pode causar mais mortes e piores sintomas, diz estudo

Na França, circula variante de coronavírus não identificável 

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *