Carnaval na Pandemia: Folga Digital para todEs!

Carnaval na Pandemia: Folga Digital para todEs!

O Carnaval 2021 está aí, mas esse ano ele está bem diferente.

As folias nas ruas, os desfiles das Escolas de Samba, o clima de festa, tudo isso ficará para outros carnavais.

A pandemia de coronavírus continua fazendo muitas vítimas e ainda não está sob controle. A vacina ainda é uma realidade para poucos.

Além disso, em função do aumento dos casos de Covid-19, grande parte dos estados brasileiros optou por cancelar o carnaval.

Embora essa data não seja considerada um feriado nacional, sempre foi costume das empresas e repartições públicas darem folga nesse período. Mas a situação agora mudou e, em 2021 a folia entrou como ponto facultativo no calendário oficial.

Nesse ano, todos os lugares onde o carnaval não é feriado oficial podem seguir as rotinas normais, sem folga. Vai depender de cada empresa. Mas o certo é que será diferente! E essa pode ser uma ótima oportunidade para fazer uma folga necessária: a folga digital.

Folga digital

Além de todo caos que a pandemia trouxe para a vida de todEs, ela também obrigou as pessoas a ficarem cada vez mais em frente às telas.

Reuniões virtuais, aulas online, bate papo com amigos pelas redes sociais, muita TV, jogos, ufa!

O uso de plataformas digitais nunca foi tão intenso e isso pode ser bem ruim para a saúde emocional. Por isso, que tal aproveitar o Carnaval para desconectar-se?

Caso precise trabalhar em frente às telinhas, existem vários recursos para tornar esse período menos conectado, principalmente nas horas livres.

Confira abaixo algumas sugestões de como fazer isso:

Fique longe do celular

Sim, isso mesmo.

Embora ele tenha se tornado uma parte importante da vida das pessoas, existe vida além dele.

Quando estiver fazendo alguma refeição, indo para cama dormir ou conversando com alguém pessoalmente, deixe o aparelhinho longe de você.

Aproveite esses momentos para apreciar o que está fazendo e prestigiar quem está ao seu lado, nos casos de conversas presenciais.

Evite também sucumbir aquele desejo de tirar fotografias de tudo. A memória é um bom lugar para registro. Lembre-se disso!

Dê folga também para ele

Novamente, ele. Já que é muito complicado simplesmente deixar o smartphone desligado por alguns dias, principalmente se ele também é ferramenta de trabalho, aprenda a usá-lo a seu favor.

Limite o tempo de uso em redes sociais, ou nem utilize redes sociais nesse período, bloqueie as notificações (inclusive as vibrações, que podem ser tão incômodas quanto deixar o celular tocar), use o modo silencioso e imponha para si um tempo de uso por dia.

É possível também configurar mensagens automáticas no WhatsApp, por exemplo, para conseguir se concentrar em outras coisas, como a entrega de algum relatório importante.

Esqueça as redes sociais

Sim, vale enfatizar! Redes sociais não são item de sobrevivência. Dá para ficar sem elas por alguns dias ou mesmo para sempre (para os mais radicais).

Embora sejam formas importantes de troca, elas também podem fazer muito mal à saúde emocional das pessoas ao vender ideias falsas, como perfeição, felicidade permanente, preocupação estética em excesso, além de promover atitudes negativas, como linchamento virtual, entre outras coisas.

Evite, fuja delas nesse período de folga!

Faça outras coisas

Vá ler um livro, caminhar em um parque, andar de bicicleta, brincar com seu filho (se tiver), meditar, fazer exercícios, conversar.

É importante aproveitar o que a vida tem de melhor para oferecer e acostumar-se a ter uma rotina fora do mundo virtual.

Desligue o despertador

Você precisa mesmo acordar cedo no período de folga? Se sim, troque o despertador do smartphone por um aparelho que tenha apenas essa função: te acordar.

O uso do celular como despertador pode fazer você entrar em uma viagem virtual que só vai terminar 2 ou 3 horas depois, quando você percebe que ficou rolando a barra de alguma rede social por um longo período ou que começou o dia se sentindo irritado, pois viu um vídeo de algum influencer tendo algum comportamento questionável.

Não acorde com a companhia do celular.

Se puder ou conseguir acordar sem despertador, melhor. Caso contrário, ainda existem aparelhinhos com apenas uma função, como os despertadores analógicos.

Essas são algumas das dicas de como desconectar nesse carnaval e curtir uma folga digital, porque afinal, é disso que estamos presos.

Já que não dá para ir para o bloco pular, aproveite esse tempo para apreciar a companhia mais importante de sua vida: você.

Talvez te interesse ler também:

Antes só do que mal acompanhado: ou eu ou o celular!

Síndrome do Pescoço de SMS: um futuro de corcundas pelo uso do celular

Clip de Moby com Steve Cutts arrasa: desliga esse celular please!

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *