©Katherine Hanlon/Unsplash

Halloween: a bruxaria brasileira é a melhor de todas. Valorize!

31 de outubro está chegando. É o Dia das Bruxas, todo mundo sabe e conhece o famoso Halloween. E é um dia polêmico também, porque há quem diga que a data e o termo são estrangeiros e que tudo não passa de puro comércio.

Mas nós aqui do greenMe vamos aproveitar este dia para homenagear os maravilhosos bruxos e bruxas do Brasil: o nosso povo benzedeiro, rezadeiro e curandeiro, que com o conhecimento de plantas medicinais para fazer banhos de ervas ou chás que curam, ajudam o nosso povo místico a encontrar soluções para suas almas aflitas, ou para suas doenças físicas.

A cura pela fé no Brasil vem de longa tradição.

A história do nosso povo é essa maravilhosa mistura de crenças – indígena, europeia e africana – que passamos de geração em geração, mantendo o fantástico conhecimento popular sobre remédios caseiros, plantas que purificam o ar (e os ânimos), rezas, velas e incensos… que curam do mau olhado ao resfriado.

Mas nem só ao conhecimento fitoterápico confiamos nossas curas. Cartomantes, tarólogos e astrólogos também são bruxos e bruxas no Brasil que resolvem, quase, todos os problemas. E se não trazem o amado (a) de volta, ajudam a esquecê-lo (a).

Essa bruxaria brasileira não é maravilhosa?

Então por que não comemorar o 31 de outubro usando o poder da gratidão que nos ajuda a respeitar todas as crenças que, lindas, fazem parte da nossa cultura.

Toda a mistura étnica que somos, é o motivo pelo qual o Brasil é um país tão rico de símbolos, significados e crenças. E por isso um país tão interessante!

Somos índios, africanos, europeus, asiáticos, somos árabes, somos latino-americanos, somos brasileiros e devemos nos orgulhar de sermos quem somos.

Bruxos e bruxas no Brasil, tenham fé em um mundo melhor, mais igualitário e justo para todos. Afinal, somos um povo do bem!

Você s concordam? Comemorem!

Talvez te interesse ler também:

Halloween: comemoremos o fim da Inquisição e da Caça às Bruxas

A imperdível Lua Azul do Dia das Bruxas 2020: um fenômeno raro!

31 de outubro é Dia do Saci-Pererê, ícone do nosso folclore

No México, o Día de Muertos, uma festa que celebra a vida

Sobre Daia Florios

Daia Florios
Ingressou no curso de Ecologia pela UNESP e formou-se em Direito pela UNIMEP. É fundadora e redatora-chefe em GreenMe Brasil.

Veja Também

Índia luta contra o “jihad do amor”: o casamento interreligioso

O estado mais populoso da Índia declarou estar comprometido em lutar contra o “jihad do …

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *