Cambuci - 10 Benefícios para tua Saúde!

  • atualizado: 
cambuci

Cambuci é um fruto brasileiro, nativo da Mata Atlântica, cujo nome científico é Campomanesia phaea, outrora muito abundante no sudoeste do nosso país. Muito gostoso, saudável e ótimo para a saúde, veja aqui neste artigo. Cambuci é um fruto brasileiro, nativo da Mata Atlântica, cujo nome científico é Campomanesia phaea, outrora muito abundante no sudoeste do nosso país. Muito gostoso, saudável e ótimo para a saúde, veja aqui neste artigo.

O cambuci, da família das Myrtaceae, é um parente da goiaba, da pitanga e de muitas outras frutas boas das nossas matas. Esta é a planta-símbolo da cidade de São Paulo pois, em tempos idos, abundava na região e foi muito usada durante o século XIX. Já esteve ameaçada de extinção e hoje é preservada em diversos projetos. Sua abundância deu o nome a um antigo bairro paulistano, o bairro do Cambuci, e seu nome de origem indígena, indica o seu formato, de pote ou melhor, de disco voador.

A árvore do cambuci pode atingir até os 6 metros de altura, de crescimento lento e com flores grandes, brancas e belas. Gosta de um certo frio para poder frutificar e se adapta a todo tipo de solo não suportando, no entanto, o encharcamento. O fruto do cambuci tem tamanho médio, é cheiroso e lembra o limão no seu gosto ardido.

Os poderes de cura do cambuci

Este é um fruto rico em agentes antioxidantes e adstringentes. Seu conteúdo em vitamina C o faz um dos frutos mais ricos da nossa flora nativa. É reconhecido seu conteúdo em betacaroteno e também em magnésio, sódio, potássio, fósforo e cálcio e fibras.

Flor do cambuci

flor do cambuci

Fonte foto

A riqueza nutricional do cambuci foi estudada por Maria Cecilia Rocha Sanches e comprovadas suas potencialidades nutricionais.

Benefícios conhecidos do cambuci

  1. Na diabetes
  2. Na bronquite e asma
  3. Na tosse, coqueluche
  4. Nos problemas de vista
  5. Doença coronariana
  6. Para a memória
  7. Tem propriedades antioxidantes
  8. Para o sistema imunológico
  9. Para a saúde da pele
  10. Envelhecimento precoce

1.Na diabetes

Consumo regular e moderado de cambuci na forma de suco, antes das refeições, ajuda a controlar os picos glicêmicos.

2. Na bronquite e asma

O consumo de cambuci fortalece o sistema imunológico, alivia a inflamação das mucosas, facilita a transpiração e a respiração, reduz a ação das bactérias.

3. Na tosse, coqueluche

Ajuda a eliminar o excesso de muco e catarro, alivia a congestão no peito, melhora o fluxo de ar para pulmões e vias respiratórias, elimina as bactérias da tosse convulsa.

4. Nos problemas de vista

Cambuci é rico em betacaroteno que desempenha papel vital na saúde dos olhos, reduz o risco de degeneração macular.

5. Doença coronariana

Reduz os riscos de acidente vascular cerebral e auxilia no controle da pressão arterial devido ao seu elevado teor de potássio e magnésio

6. Para a memória

Cambuci é rico em ácido carnósico que é um neuroprotetor e atua como preventivo do Mal de Alzheimer e outras doenças neurodegenerativas. Nessa área da saúde, o cambuci atua pela ingestão como também pelos seus princípios aromáticos.

7. Tem propriedades antioxidantes

Esta é uma fruta riquíssima em vitamina C, um dos mais poderosos antioxidantes que existem.

8. Para o sistema imunológico

Os componentes do cambuci são potencializadores do sistema imunológico

9. Para a saúde da pele

Cambuci é rico em ácidos graxos de cadeia média que favorecem a manutenção da umidade da pele mantendo sua hidratação natural. O consumo de cambuci na forma de creme dermatológico atua profundamente na pele mantendo os tecidos macios e flexíveis, reduzindo rugas e marcas de expressão.

10. Envelhecimento precoce

O consumo regular de cambuci é preventivo do envelhecimento precoce

Uso do cambuci na culinária

O sabor ácido e fresco deste fruto o faz ideal para o consumo em sucos, compotas, conservas, doces ou como condimento de pratos salgados. Lembra uma goiaba com limão, aromática e saborosa mas, para o consumo in natura, a gente "aperta os olhos" e saliva à vontade.

Não quer dizer que não seja gostoso - é sim, demais, só que é bem diferente do que estamos acostumados, hoje em dia. Porém, vale a pena conhecer, e se apaixonar.Outro uso bastante comum do cambuci é na feitura de licores e na aromatização de cachaça, ao gosto dos antigos tropeiros.Mas, também há que use cambuci em molhos e recheios de pratos salgados.

Seus óleos essenciais são bem vindos na fabricação de cosméticos e medicamentos.Veja, na reportagem abaixo, uma série de pratos feitos com cambuci:

Neste link você pode ter acesso a um trabalho bastante interessante sobre o cambuci. Trata-se do texto "Cambuci – o fruto, o bairro, a rota: história, cultura, sustentabilidade e gastronomia" de [Beatriz Amaral Galvão de França Andrade, Paulo Yasha Guedes da Fonseca e Flávio Lemos, editado em São Paulo, pela Ourivesaria da Palavra, 2011. Vale a leitura e, mais ainda, experimentar o cambuci de todas as maneiras possíveis.

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!