Pálpebras Inchadas: Como tratar com REMÉDIOS NATURAIS. 9 Dicas

  • atualizado: 
Palpebras inchadas

Tem dias que a gente acorda com as pálpebras inchadas, não é? Pode ter sido uma noite mal dormida (na lua cheia acontece), ou um jantar pesado que derivou em digestão difícil.

Também pode acontecer porque você está retendo líquidos ou seu fígado não está na sua melhor forma. Ah, mas pálpebras inchadas ao acordar também podem acontecer caso você esteja com blefarite, conjuntivite ou terçol.

Enfim, há muitas razões para que você tenha acordado assim, com as pálpebras tão inchadas que até fica difícil de abrir os olhos. Normalmente, as pálpebras desincharão com o avançar do dia pois, o líquido (plasma sanguíneo) ou lágrimas, vai se acomodando por outros lados, escorrendo por efeito da força de gravidade mas, isso não quer dizer que o problema deixou de existir, certo?

Então, se acontece com você de acordar com pálpebras inchadas, dê uma lida, mais abaixo, em alguns truques da medicina popular para minimizar o inchaço ou mesmo resolver o caso.

Porque as pálpebras incham?

Nossas pálpebras são um tecido muito macio, fininho e recheado de conjuntiva por baixo (na parte que encosta no globo ocular). Por isso mesmo, as pálpebras são muito vascularizadas e incham ao menor indício de inflamação na região.

As razões mais frequentes para o inchaço matutino (ou diurno) das pálpebras são:

● Lesão física

● Muito sono ou noite mal dormida

● Abuso de álcool, gorduras, carne ou substância que afetem o funcionamento do fígado

● Cansaço

● Abuso de sal (retenção de líquidos)

● Conjuntivite, blefarite ou terçol

● Processos alérgicos (rinite, por exemplo)

● Herpes

● Problemas hepáticos e/ou renais

● Sinusite

● Entupimento dos canais lacrimais

● Inflamação das glândulas meibomianas

● Problemas cardíacos - pericardite, insuficiência cardíaca

● Problemas pulmonares

É importante você saber que pálpebras inchadas é um sintoma de alguma causa e, essa causa precisará ser descoberta para que você possa sanar o problema.

setaALBUMINA ALTA E BAIXA. O QUE CAUSA E COMO CORRIGIR

Então, na verdade, se você tem inchaço nas pálpebras, esse sintoma pode indicar uma série de problemas que deverão ser avaliados, e tratados, clinicamente, especialmente se o inchaço ou edema palpebral ocorre com frequência ou já dura mais de 2 dias seguidos.

Alguns remédios naturais para se usar nos primeiros momentos

Enquanto você marca a consulta com o médico (oftalmologista, no caso de seu inchaço palpebral estiver acompanhado com secreção ocular, por exemplo ou, clínico geral, cardiologista, nefrologista, etc, em outros casos), você poderá fazer uso de algumas técnicas de uso popular que, em qualquer caso, aliviarão os sintomas físicos:

1. Compressas de chá geladinho

Chá de camomila, chá preto, chá mate, chá verde, chá de malva ou chá de rosa branca têm bom efeito no olho inchado, irritado, ressequido enfim, no olho inflamado e congestionado. Para fazer essas compressas você pode usar o chá e empapar uma gaze ou usar o próprio saquinho de chá.

O que vale é que esteja geladinho pois, a temperatura reduzida vai ajudar na constrição dos vasos sanguíneos e linfáticos, reduzindo o volume do edema. Mas, não use nada gelado caso o inchaço das suas pálpebras se deva a blefarite por inflamação da glândula de Meibom - nesse caso você vai precisar de fazer uma compressa quentinha, para ajudar a liberar os líquidos retidos.

2. Banho de olhos

Com chá de camomila, infusão de rosa branca de cacho ou chá de malva, soro fisiológico ou chá de folhas da Camellia sinensis (qualquer das formas de fermentação servem - chá branco, chá verde, oolong ou preto). O importante é permitir que os princípios ativos atuem nos olhos acalmando o processo congestivo irritante.

O banho de olhos pode ser feito com líquido gelado, na temperatura ambiente ou morno, dependendo do que origina o incômodo nos olhos.

3. Rodelas de pepino fresco

O pepino é um excelente descongestionante das pálpebras. Deite-se, de olhos fechados, com rodelas de pepino sobre as pálpebras e relaxe.

4. Batata crua ralada ou em rodelas

Se usa da mesma forma que as rodelas de pepino. Leia mais: BATATA: VERSÁTIL COMO ALIMENTO, ÚTIL COMO MEDICAMENTO E MAIS 1001 UTILIDADES

5. Argila verde

Recomenda-se a argila verde como máscara desintoxicante.

6. Compressa de mel

Só use mel de boa qualidade, verdadeiro. Faça uma compressa e relaxe, de olhos fechados.

7. Infusões para tomar

Salsinha, cavalinha e outras ervas com ação depurativa são a primeira indicação para fazer uma limpeza rápida no fígado e rins, aumentando a diurese e limpando o organismo do excesso de toxinas. Porém, na sequência, é adequado você fazer também uma dieta desintoxicante durante o dia e, claro, consultar um bom médico para sanar, de vez, o problema.

8. Limpeza interna

Uma vez por semana ou quando sentir necessidade, faça um dia de limpeza interna com refeições leves para desintoxicar o organismo, especialmente para purificar o fígado:

Em jejum: comece o dia com um copo de água morna mais o suco de meio limão e uma colher de sopa de azeite de oliva extra virgem

Café da manhã: vitamina de fruta com bebida vegetal, frutos secos, levedura de cerveja (abuse do tamanho do copo)

Meio da manhã: infusão de cardo mariano e dente-de-leão adoçada optativamente com stévia (ou sem adoçar, que é o melhor mesmo)

Almoço: salada verde com abacate, arroz integral, lentilhas

Meio da tarde: infusão de cardo mariano e dente de leão, adoçada optativamente com stévia. Maçã ao forno com canela e mel

Jantar: creme de verdura com aveia;

8. Exercite-se

Faça exercícios, diariamente, para manter sua saúde em dia e, principalmente, não se esqueça de exercícios que ativem os músculos e circulação da face (terapia do riso, exercícios para os olhos, yoga da face, são alguns exemplos bons).

9. Muita água

Tome água pura nos intervalos das refeições, não se esqueça. A boa média de água por dia tem a ver com seu peso corporal - 1 copo cheio para cada 9 kg - e com a temperatura ambiente e secura do ar - em locais desérticos precisaremos de mais água, claro.

Leia alguns artigos escolhidos para você:

setaTERÇOL - O QUE FAZER E O QUE NÃO FAZER, EIS A QUESTÃO!

setaARGILA VERDE → 10 USOS PARA SUA BELEZA E SAÚDE!

setaCONJUNTIVITE EM CRIANÇAS E ADULTOS: SINTOMAS, PREVENÇÃO E TRATAMENTO