Micose nas unhas: por que ocorre e quais remédios naturais usar

Onicomicose é o nome da infecção causada por fungos, que acomete as unhas das mãos e ou dos pés.

Aparecem como manchas brancas ou amareladas nas unhas e em casos mais graves, quando os fungos se espalham mais profundamente, podem deixá-las mais espessas e quebradiças aos lados, causando deformação. O aspecto é feio e podem causar dor.

Por que ocorrem micoses nas unhas?

Os fungos estão por toda a parte e são microorganismos heterótrofos, que encontram em outros organismos a sua fonte de sua nutrição. Alguns são até úteis, como os fungos comestíveis e as leveduras, por exemplo, enquanto outros causam doenças e infecções.

A onicomicose geralmente é causada por um fungo que pertence ao grupo dos dermatófitos, mas leveduras e bolores também podem ser responsáveis pela infecção. Esses microrganismos vivem em ambientes quentes e úmidos e podem penetrar a pele através de cortes microscópicos ou através da pequena separação entre a unha e a cutícula. Mas os fungos apenas causam problemas se as unhas estiverem continuamente expostas ao calor e à umidade, condições perfeitas para o crescimento e a propagação dos fungos.

A onicomicose ocorre mais frequentemente nas unhas dos pés porque os pés estão mais sujeitos a serem confinados no escuro, quente e úmido do interior dos sapatos, lugar perfeito para o fungo se proliferar. Além disso, uma outra razão provável para a maior ocorrência da onicominose nos pés é o fato da circulação sanguínea nas mãos ser maior do que nos pés e isso pode fazer com que o corpo tenha mais dificuldade em reconhecer e começar a eliminar a infecção nos pés.

Como evitar micoses nas unhas

Evitando as circunstâncias ideais para a proliferação do fungo, ou seja:

* evite usar sempre sapatos fechados;
* evite ter sempre as mãos machucadas pela manicure, a cutícula é uma proteção natural e não deve ser removida completamente;
* evite caminhar descalços em lugares púbicos e úmidos como piscinas e vestuários de academias, banheiros;
* evite também ter pé de atleta, a famosa frieira e, se esta infecção ocorrer, cure-a subitamente;
* não compartilhe instrumentos de corte e lixas de unhas e, se você tiver micose em uma unha, não use o mesmo cortador de unhas nas unhas saudáveis para não espalhar a infecção;
* use meias 100% algodão.

Leia também: SAIBA COMO SE PREVENIR DE MICOSES

Quando intervir no caso de micose nas unhas

A onicomicose é de tratamento difícil, por isso, assim que suspeitar de ter sido acometido pela infecção, procure um médico. Os sintomas podem ser uma pequena mancha branca ou amarelada na parte superior da unha, uma espessura mais grossa, o escurecimento da unha, fragilidade e disformidades também.

Remédios naturais para tratar a onicomicose

Se você perceber no começo, os remédios naturais podem funcionar. Use-os enquanto buscar por atendimento médico e mesmo assim, consulte sempre um especialista para se certificar de ter acabado com a infecção.

Vinagre, bicarbonato, óleo essencial de melaleuca, alho, orégano, limão, cravo, entre outros, são antifúngicos naturais. Tente algumas receitas abaixo:

1. Óleo de Melaleuca

O óleo de melaleuca é muito potente. Misture uma gota do óleo em uma colherzinha de outro óleo vegetal e passe-o sobre a unha infectada por uma semana e veja o resultado. Enquanto isso, procure um médico mas continue com o tratamento por mais 2 semanas. O mesmo pode ser tentado com óleo essencial de orégano.

2. Limão

Deixe as partes infectadas de molho no suco de limão por alguns minutos, repita a operação por uma semana e veja o resultado.

3. Esmalte de alho

Faça um esmalte de alho. O cheiro não será o máximo mas o alho é um remédio natural para todos os males, bactérias e fungos. Junte ao esmalte (melhor se transparente) um dente de alho moído e deixe o esmalte ir se impregnando do alho por uma semana e use-o normalmente. Outra solução com alho consiste em deixar as unhas infectadas de molho no alho. Para isso há duas opções, uma é ferver muito alho (uma cabeça pequena) em 500 ml de água, esperar esfriar e deixar as unhas de molho por alguns minutos e várias vezes. Outra é deixar o alho curtir na água por um dia inteiro e depois deixar as unhas de molho. Corte os dentes de alho para esta última opção.

4. Vinagre de maçã

Deixe as unhas infectadas de molho em uma bacia de água com meio copo de vinagre de maçã e uma colher de bicarbonato de sódio. Também dá para fazer uma pasta de bicarbonato com vinagre de maçã para ser passada diretamente sobre as unhas.

5. Álcool, água oxigenada e vinagre branco

Misture em partes iguais álcool 70% + água oxigenada 10 volumes + vinagre branco. Aplique a solução sobre as unhas infectadas com a ajuda de um algodão e deixe agir por 15 minutos. Aplique 2 x dia até que a infecção melhore. Entra receita foi chamada de “bomba exterminadora de fungo”.

6. Óleo essencial de orégano ou de cravo-da-índia

Dilua duas gotas de óleo essencial de orégano ou de cravo-da-índia em uma colher de café e coloque sobre a unha infectada deixando agir por alguns minutos.

7. Óleo essencial de lavanda 

Óleo essencial de lavanda também tem ação antifúngica. Coloque-o puro diretamente sobre a unha afetada ou use 4 ou5 gotas em uma bacia com água + uma colher de sopa de bicarbonato de sódio para fazer um pedilúvio relaxante e desinfetante.

Fique atento

Fique atento se a pele não acusa irritação aos remédios naturais que podem ser fortes, e suspenda o uso. Ao contrário, se perceber que não irritam e estão funcionando, continue o tratamento. Repetimos que em todo e qualquer caso é melhor consultar um médico pois a onicomicose pode ser realmente chata de curar.

Importante

Nas curas com água seque bem os pés ou as mãos depois de tê-los deixados de molho, inclusive usando um secador de cabelo.

Leia também:

ÓLEOS ESSENCIAIS CONTRA GRIPES E RESFRIADOS: QUAIS E COMO USAR

CONHEÇA 8 REMÉDIOS NATURAIS PARA ACABAR COM CELULITE

QUE VITAMINA PODE ESTAR FALTANDO EM SEU ORGANISMO?