Leonardo DiCaprio doa US$ 3 milhões para ajudar os bombeiros através do #AustraliaWildfireFund

Leonardo DiCaprio doa US$ 3 milhões para ajudar os bombeiros através do #AustraliaWildfireFund

A Earth Alliance, uma associação ambientalista sem fins lucrativos, criada no ano passado por Leonardo DiCaprio juntamente com Laurene Powell Jobs e Brian Sheth, acaba de lançar um fundo de US$ 3 milhões para conter os incêndios na Austrália.

O fundo, denominado #AustraliaWildfireFund, prevê a significativa quantia para se engajar nas tentativas desesperadas de proteger a vida selvagem australiana, enquanto os incêndios florestais seguem em franca expansão.

Tem muita coisa a ser feita pois tem muito estrago por lá: ajudar os bombeiros, as comunidades locais e salvar a vida selvagem, trabalhando para enfrentar a atual crise ambiental ao lado de organizações como a Aussie Ark, a Bush Heritage e a Wires Wildlife Rescue.

Conforme declarado na página do Instagram da associação, tudo visa “apoiar os esforços contra os incêndios, ajudar as comunidades locais mais afetadas, permitir o resgate e a recuperação da vida selvagem e apoiar a restauração a longo prazo de ecossistemas únicos”.

https://www.instagram.com/p/B7HjT-JgAWm/?utm_source=ig_embed

Uma estrela de verdade, como disse seu “amigo de crime” Brad Pitt, em ocasião da entrega do Golden Globe 2020. DiCaprio é a pessoa famosa que mais faz pelo meio ambiente. É além de ator consagrado, também um ambientalista consagrado pois, sua fundação pelo meio ambiente, a Fundação Leonardo DiCaprio, desde 1998 protege o “bem-estar de todos os habitantes da Terra”.

Até agora, os incêndios florestais na Austrália já causaram 26 mortes, mataram cerca de um bilhão de animais e destruíram milhares de casas. Estamos realmente no limite.

Veja AQUI como você também pode ajudar.

Talvez te interesse ler também: 

Como ajudar as vítimas da Austrália: pessoas, animais e florestas

Incêndios na Austrália: mais de 180 pessoas são investigadas, 40 menores. Penas vão até 25 anos de prisão

Incêndios na Austrália foram previstos pelos cientistas há 13 anos

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *