Minimalism: o documentário que nos lembra quais são as coisas realmente importantes na vida (VÍDEO)

  • atualizado: 
Minimalism

O consumo excessivo de bens, pelo simples prazer de comprar, parece ter se tornado a principal motivação da nossa sociedade. E é justamente a partir desta observação que o documentário Minimalism propõe uma reflexão sobre o que é o mínimo necessário para nossa existência.

Minimalism – o documentário

Não há dúvidas de que o consumo desenfreado tomou conta da sociedade. Basta ver como esperamos pelo novo modelo de um celular, apenas para trocar o antigo (que ainda funciona), ou pior, fazemos questão de andar sempre com o carro do ano, apenas para não estarmos “defasados” tecnologicamente diante dos outros.

O tema abordado em Minimalism é justamente esse. O documentário reflete sobre a ideia de que “menos é mais”, sugerindo que possamos definitivamente parar de acumular itens desnecessários e dar mais espaço apenas ao que nós realmente precisamos para tornar a vida mais simples. Assim, a principal questão apontada pelo documentário é: “a filosofia do menos é mais poderia fazer uma mudança em sua vida”?

No documentário, os protagonistas Ryan Nicodemos e Joshua Fields Millburn (minimalistas autoproclamados), viajam juntos para propagar a essência da filosofia do minimalismo estrada afora, uma contraposição ao “sonho americano”, filosofia baseada no poder de compra de uma suposta nação livre.

Para Joshua e Ryan, desistir de algumas de nossas posses materiais desnecessárias faz com que nos posicionemos para melhorar nossas próprias relações pessoais, dando lugar a uma vida muito mais significativa. Para eles, o minimalismo como filosofia de vida permite que você, além de economizar dinheiro, tenha mais tempo livre.

Profissionais do comportamento humano também são entrevistados durante o documentário, explicando que o comportamento psicológico de consumo está diretamente relacionado à sensação de felicidade. Assim, conforme explicam, o ser humano tende a comprar e a armazenar, acreditando inconscientemente que desta forma a felicidade será alcançada.

O documentário também aponta dicas que podem ser adotadas por aqueles que pretendem aderir ao minimalismo, como a utilização da meditação, um remédio natural eficaz anti-estresse. Para que as confraternizações sejam mais humanas, os especialistas também recomendam a completa desconexão da internet por algumas horas diariamente, dando mais tempo para que façamos algo verdadeiramente útil.

Atualmente, o consumo desenfreado tomou lugar da necessidade por diversos fatores, incluindo a falsa necessidade de bens atribuída pela indústria e também a falsa sensação de poder ao adquirir qualquer coisa. Desta forma, o primeiro passo para nos livramos do consumo excessivo é perguntar a nós mesmos se precisamos verdadeiramente do item que planejamos adquirir. Pode ser assustador, mas na maioria das vezes a resposta será “não”.

Especialmente indicado para você:

setaVOCÊ SABE COMO MEDITAR EM UM INSTANTE?

setaEFEITOS DO ESTRESSE NO CORPO HUMANO

setaCOMO FAZER UM JARDIM ZEN PARA MEDITAR EM CASA