Receita especial: pesto de pistache

Dezembro, como dissemos, é tempo de comer nozes, castanhas, frutas secas, simplesmente porque estes alimentos são mais facilmente encontrados nos supermercados e, sendo muito saudáveis, vale a pena aproveitar as promoções depois do Natal para inclui-los e variar o cardápio saudável da nossa mesa. Vamos aprender uma receita bem diferente, e por isso especial, para, que tal? fazermos neste Natal?

Pesto de pistache

Nós geralmente conhecemos o pistache para aperitivo, aquele torrado e cheio de sal. Mas existe o pistache cru, vendido geralmente a granel.

Em São Paulo capital, ele pode ser encontrado aqui e no Rio de Janeiro, talvez nas Casas Pedro ou no Armazén árabe J. Asmar.

Este é o pistache fresco que vamos usar:

foto: zonacerealista

É um ingrediente fantástico, super saudável pois ajuda a reduzir o colesterol ruim e aumentar o bom, contém minerais como ferro, antioxidantes e vitaminas A, B e E.

O pistache é muito usado nos doces turcos e em receitas árabes. Já o pesto de pistache é uma receita italiana típica da Sicilia.

Pesto de Pistache

foto: tripadvisor

Pode ser usado como molho em massas compridas, spaghetti e fettucini, e também nas curtas, penne, rigatoni, parafuso, etc, além de ser um ótimo molho também para as lasanhas.

Ingredientes

100 gr de pistache cru sem casca (mais ou menos umas 8 colheres de sopa)

1 dente de alho inteiro e descascado (corte-o ao meio retire o seu fiozinho de dentro para não pesar a digestão)

50 ml de azeite de oliva (mais ou menos o suficiente para cobrir os pistaches)

uma pitada de sal

umas 3 folhas de manjericão (opcional)

2 colheres de sopa de queijo parmesão ralado (opcional, veganos podem pular este ingrediente)

Modo de fazer

Primeiramente você vai precisar colocar os pistaches para ferver em água por alguns poucos minutos. Retire-os da água e limpe-os retirando as suas pelinhas.

foto: giallozafferano

Feito isso, coloque todos os ingredientes para bater no mixer juntamente com os pistaches limpos.

Nada mais! Pronto! O molho pode ficar na geladeira por 4 ou 5 dias.

Temperando a pasta

* Coloque a água para ferver com uma colher rasa de sal grosso.

* Enquanto isso, lave e corte ao meio alguns tomates-cereja (calcule uns 3 ou 4 por pessoa).

* Em uma frigideira funda, coloque um dente de alho para esquentar em um fio abundante de azeite de oliva.

* Jogue os tomatinhos cortados e coloque um pitada de sal sobre eles. Deixe o tomate cozinhar em fogo médio-baixo por alguns minutos até que fiquem murchos.

* Quando a água ferver, coloque a pasta para cozinhar.

* Enquanto isso, o tomatinho-cereja está murchando e pegando o sabor do alho, você fica de olho na pasta para retirá-las uns dois minutos antes do seu cozimento indicado na embalagem.

* Coloque uma colher de pesto para cada prato, na frigideira dissolvendo-o nesse molho de tomate.

* Retire o macarrão da água mas deixe de reserva um pouco desta água.

* Coloque o macarrão na frigideira para terminar o seu processo de cozimento (uns dois minutos antes do tempo indicado). Se achar que ficou seco (o que vai depender da quantidade de água do molhinho de tomate, junte uma ou duas colheres da água de cozimento do macarrão).

foto: giallozafferano

O mesmo se pode fazer para temperar outras massas, como a lasanha por exemplo. E o pesto também pode ser usado diretamente nas pastas, sendo dissolvido em um pouco da água de cozimento do macarrão, sem precisar do molho de tomate.

foto: blog.giallozafferano

Bom apetite!

Leia também:

BOLO VIVO DE PRESTÍGIO: RECEITA ESPECIAL DE NATAL

COMO FAZER ENFEITES DE NATAL REUTILIZANDO DIVERSOS MATERIAIS

MOLHOS E CONDIMENTOS PARA MASSAS: 10 RECEITAS VEGETARIANAS PARA COZINHAR EM 5 MINUTOS

Fonte foto capa: giallozafferano