©Mohamed Nohassi/Unsplash

As 48 Leis da Existência: entenda como elas atuam em nossas Vidas

A Criação tem suas próprias leis e, independente do que se possa julgar como certo ou errado, justo ou injusto, essas leis transcendem entendimentos, conceitos e crenças.

Nesse conteúdo serão descritas cada uma das dimensões e Leis da Existência, para que você possa ampliar seu entendimento sobre a vida.

O Princípio Universal da Vida – o Absoluto

Antes de conhecer como atua cada uma das Leis da Existência, é necessário saber que a Criação se manifesta através de várias escalas dimensionais, que são conhecidas como os Raios da Criação.

O sábio Gurdjieff, através de seus ensinamentos, esclareceu como ocorre a manifestação do Raio da Criação. E o escritor Samael Aun Weor expandiu esse conhecimento que traz a compreensão de que tudo tem princípio no Absoluto, a partir do qual, os mundos são gerados.

Cada mundo tem suas leis e quanto mais um mundo se afasta do Absoluto, maior número de leis ele terá.

Nesse contexto, o nosso planeta estaria submetido a “48 Leis”.

Quais são os Raios da Criação?

Existem 7 Raios da Criação com suas respectivas leis:

  1. Absoluto (1 Lei) – Princípio Gerador de Vida
  2. Todos os Mundos (3 Leis) – Cosmos
  3. Todos os Sóis (6 Leis) – Galáxias
  4. O Sol (12 Leis)
  5. Todos os Planetas (24 Leis)
  6. A Terra (48 Leis)
  7. Os Infernos (96 a 64 Leis) – Infradimensões ou Mundos Dantescos, compostos por 9 subníveis (a Divina Comédia, de Dante Alighieri, descreve esses mundos)

As 48 Leis da Existência

Vivemos no planeta Terra, no qual a existência é gerenciada por 48 Leis.

Conheça cada uma delas:

1ª –  LEI DA UNIDADE

Corresponde ao Absoluto, através do qual toda vida se origina, onde prevalece o Grande Um, gerador do mundo manifesto. Da lei do Um toda a criação emana. A força motriz dessa dimensão primordial é o puro amor.

2ª – LEI DA DUALIDADE

A Unidade se divide na Dualidade. Surge o mundo dual, onde existe superior e inferior, positivo e negativo, masculino e feminino, luz e sombras, direita e esquerda, em cima ou em baixo, superior e inferior. Através das sombras, podemos reconhecer nossa luz.

3ª – LEI TRÊS

Aqui há a divisão do Princípio Universal de Vida em três forças primárias da natureza, conhecidas pelas religiões milenares como: Pai, Filho, Espírito Santo. Também podem ser definidas como Santo Afirme, Santo Negue, Santo Conciliar; ou Positivo, Negativo e Neutro. Essa Forças cristalizam a matéria para a expressão do Espírito e impulsionam o Espírito para vivificar e edificar a matéria.

4ª – LEI DO SETE 

Essa lei organiza tudo o que foi criado e é alegorizada em Gênesis, no Antigo Testamento, como os Sete dias da Criação. Vemos a Lei do Sete se manifestar nas sete palavras sagradas, nos sete planetas metálicos da Alquimia, nas sete raças da evolução humana, nas sete idades do homem, nos sete dias da semana, entre outras manifestações.

5ª – LEI DO KARMA

Conhecida pelos espiritualistas como a Lei da Justiça Cósmica, que “confere a colheita de acordo com o que foi plantado”. Ou seja, cada um colhe o efeito de suas ações, seja nessa vida ou em outras que virão. Os egípcios representavam essa lei com o Tribunal de Anúbis.

6ª – LEI DO EQUILÍBRIO

Na balança cósmica tudo é pesado de modo a manter o equilíbrio da Criação. Para isso essa lei se vale das forças da Natureza para que haja renovação e transformação. Dessa forma, “Céu e Terra” podem coexistir em equilíbrio.

7ª – LEI DO DARMA

Darma é a recompensa daquilo que foi “plantado”, o galardão concedido ao esforço de quem se dedicou a se elevar e a se aprimorar, desenvolvendo o amor e a consciência. A Parábola dos Talentos no Evangelho de  Mateus, XXV:14 a 30 refere-se a isso, quando o filho que recebeu menos moedas conseguiu investir e multiplicar a plantação, ao contrário dos irmãos que receberam mais moedas do pai. 

8ª – LEI  DOS OPOSTOS (AÇÃO E REAÇÃO)

Cada ação gera uma reação. Cada força impulsionada, traz à tona uma força oposta. Dessa forma, quanto mais se avança, mais forças surgem em oposição a este processo, para aumentarmos nossa força.

9ª – LEI DA NUMEROLOGIA

Em toda a criação há a sagrada correspondência numérica. Os números estão em toda parte, em tudo existe a representação numérica e matemática: medida, cálculos, fórmulas, equações, pesos, altura, idade, densidade, volume, capacidade, séculos, anos, horas, entre outros. Os números são os originadores da matéria e podem dizer muito sobre nós, através do mapa numerológico ou astrológico. 

10ª – LEI DA EVOLUÇÃO

Esta remete às mudanças, à inovação e ao avanço para chegar ao apogeu. Muitas civilizações e povos evoluíram e acabaram entrando em decadência. Isto ocorre porque, quando não se transcende a evolução, acaba-se entrando na zona de conforto, com isso vem a involução e o retrocesso. 

11ª – LEI DA INVOLUÇÃO

Essa lei atua em parceria com a Lei da Evolução, ou seja, tudo que sobe, desce! Sendo assim, tudo que teve seu apogeu, declina. Só é possível sair desse ciclo quando não se acomoda no processo evolutivo. Para isso, é necessário ser revolucionário, no sentido espiritual, transcendendo todas essa leis e a própria matéria, isto quer dizer viver no mundo, sem ser do mundo. 

12ª – LEI DA RETRIBUIÇÃO

Nesta lei prevalece a retribuição ao que fazemos de nós, para os outros e à vida. Quanto mais amor colocamos em nossas ações, mais este se multiplica e volta para a gente.

13ª – LEI DO MERECIMENTO

Essa é a lei do mérito, isto significa que cada um tem o que fez por merecer, seja nesta vida ou em outras. E o parâmetro para isso é o quanto de amor, virtudes e boas obras a pessoa consegue manifestar em sua vida.

14ª – LEI DO ETERNO RETORNO

Temos um conteúdo que se aprofunda nessa lei. Mas, em suma, essa lei reflete aquilo que deixamos de desenvolver ou fazemos por inconsciência. A Lei do Eterno Retorno traz ao plano físico a repetição daquilo que precisamos transcender para avançar e nos aprimorar.

15ª – LEI DA RECORRÊNCIA

Eis uma lei que atua em parceria com a Lei do Retorno, e nos faz reviver situações mal-resolvidas do passado ou de outras existências.

16ª – LEI DO MOVIMENTO CONTÍNUO OU PERPÉTUO

Tudo está em constante movimento e a vida segue o seu fluxo e expansão. Por isso, cada bloqueio interno que criamos, vai contra a vida que quer se movimentar através de nós.

17ª – LEI DA REENCARNAÇÃO

Contrariando a concepção de várias doutrinas espiritualistas, a reencarnação é para aqueles que desenvolveram a consciência e podem escolher o local, a família onde irão nascer para cumprir uma missão em prol da humanidade. Diferente daqueles que vivem com suas consciências adormecidas e apenas retornam em uma sucessão de existências. Um exemplo que ilustra isso, é um trecho do Novo Testamento, em Mateus 17:12,13, onde Jesus diz: “Mas digo-vos que Elias já veio, e não o conheceram, mas fizeram-lhe tudo o que quiseram. Assim farão eles também padecer o Filho do homem. Então, entenderam os discípulos que lhes falara de João, o Batista.”

18ª – LEI DA RELATIVIDADE

Independente de nossas crenças, conceitos e idealizações, a realidade é como é, e as aparências enganam! Por isso, a vida faz desmoronar nossos castelos de ilusões. É preciso ter consciência para diferenciar o real, do ilusório.

19ª – LEI DAS FILOSOFIAS

As ciências humanas, o estudo das leis causais, o uso da razão e a própria filosofia, são frutos desta lei. Para transcender o campo da divagação filosófica, dialética e racional, é necessário desenvolver a Consciência e experimentar o Real, que estão além do pensar.

20ª – LEI DAS OITAVAS

A Lei das Oitavas pode ser de caráter superior ou inferior, isto irá depender do avanço espiritual ou não. Essa lei também atua em vários campos da existência, como na música, por exemplo. As notas musicais podem ser de oitavas mais elevadas, agudas, ou menos graves.

21ª – LEI DO LIVRE ARBÍTRIO

Temos o livre arbítrio, porém isso remete a sermos livres para agir, entretanto, prisioneiros de nossas ações. Isto significa que podemos plantar o que quisermos, mas o que colheremos será o que plantamos, e isso não pode ser mudado. Dessa forma, faça o que quiser, mas serás responsável pela consequência de teus atos. Por isso existem as Leis do Karma e outras leis.

22ª – LEI DA LEVITAÇÃO

Através dessa lei, podemos ascender tanto a nível da matéria, como espiritualmente, ficar mais leves e sutis. Inclusive, existem seres que conseguem usar o poder da mente para levitar e acessar outras dimensões mais elevadas, nas quais é possível flutuar e levitar naturalmente.

23ª – LEI DO MECANISMO

Cada mundo e dimensão tem seu sistema de funcionamento. A própria Ciência humana é um reflexo dessa mecânica. Por isso, quanto mais tomamos consciência dessa engrenagem, mais podemos usá-la a favor de nosso avanço espiritual.

24ª –  LEI DA GRADUAÇÃO

O Raio da Criação tem seus graus. A Luz Divina se manifesta em graduações. Quanto mais nos elevamos, mais essa luz brilha e é liberada. É preciso ser revolucionário mas para isso não é necessário guerrear e nem fazer revoluções armadas, muito pelo contrário! Uma pessoa revolucionária é aquela que vê a Roda do Samsara, através da percepção de sua Consciência, é aquela que trilha o Caminho do Meio deixando os extremos, e percebe os automatismos do Ego.

25ª – LEI DA UBIQUIDADE

Hoje em dia, ouvimos muito a frase: todos somos Um, isto traduz a capacidade do Absoluto de estar em todo lugar e parte, seja em um mineral, planta, vegetal, animal ou humano. Através do aumento de nossa percepção, podemos desenvolver a capacidade da ubiquidade e nos sentir UM com a Criação.

26ª – LEI DO METABOLISMO

As evidências dessa lei estão nos códigos da Biologia e da Química, no funcionamento dos corpos dos seres vivos e nas reações químicas dos elementos da Natureza.

27ª  – LEI DA ENTROPIA

Vemos a atuação dessa lei na decadência, no envelhecimento, na decrepitude, no desgaste, na estagnação e no declínio. No mundo físico, estamos sujeitos às forças entrópicas, principalmente quando nos apegamos ao materialismo, à zona de conforto e ao medo. Então. essas forças sinalizam que precisamos avançar para não sermos arrastados pela Entropia.

28ª – LEI DO ETERNO TROGO EGOCRÁTICO CÓSMICO COMUM

A Natureza é um exemplo típico dessa lei, como exemplo, o Sol dá a luz e calor para as plantas, elas crescem e se desenvolvem, dão frutos, que por suas vezes dão novas sementes, que geram novas plantas, e tanto os frutos, como as plantas servem de alimentos para outros seres e, assim, por diante… Dessa forma, existe um contínuo dar e receber, partilhando vida. Por isso, se guardamos nossos talentos e dons ou formos egoístas, deixamos de colaborar com essa lei.

29ª – LEI DO PÊNDULO

Segundo essa lei, tudo que vai, volta. Como exemplo: as ondas do mar, as marés, as fases da Lua, as estações do ano, o apogeu e queda das grande civilizações, as órbitas planetárias, as horas, os meses, entre outros.  Podemos ver a aplicação dessa lei em nossa vida nos altos e baixos, na tempestade e na bonança, na vitória e no fracasso, na tristeza e na alegria e no nascimento e na morte.

30ª – LEI DO TEMPO

Neste mundo físico estamos sujeito ao Tempo, marcado pelas 24 horas do dia, pelas semanas, pelos meses, pelos 365 dias do ano, pelos séculos, enfim nossa existência tem começo, meio e fim, diferente dos mundos superiores onde prevalece a Eternidade.

31ª – LEI DAS EQUAÇÕES

No mundo tridimensional, o ser humano se vale de fórmulas e cálculos para construir e entender o mundo que o cerca. Existem fórmulas físicas, químicas, matemáticas e de engenharia.

32ª – LEI DO PONTO

Na escala infinita da Vida, somos um ponto. Por isso, nossa arrogância e mania de grandeza são pura ilusão alimentada por nossos papéis e identidades.   

33ª – LEI DA IMANTAÇÃO UNIVERSAL

Os seres humanos são atraídos uns pelos outros através das relações enérgicas e seus campos eletromagnéticos. Quanto mais elevadas a vibração e frequência da energia, mais superior em termos espirituais será esse indivíduo. 

34ª – LEI DOS OPOSTOS

Os opostos se atraem e se completam, quantas vezes já ouvimos isso. E, de fato em mutos fenômenos essa lei atua, como na eletricidade, com os pólos negativo e positivo, por exemplo. 

35ª – LEI DOS SONS

Existe uma musicalidade em toda a Criação. Toda a Vida é uma grande orquestra musical e cada um de nós, metaforicamente dizendo, tem sua música natural. Uns têm uma música mais harmoniosa e outros mais barulhenta.

36ª – LEI DO RITMO

Assim como a Lei do Som ou Sonoridade, tudo na Criação tem seu ritmo, que pode ser mais lento ou rápido, dependendo da Natureza do elemento ou ser correspondente

37ª – LEI DA ATRAÇÃO ou AFINIDADE

A famosa e tão propagada Lei da Atração diz que atraímos aquilo que se afina conosco. Por isso, cada pensamento que emitimos, seja consciente ou não, traz para nós de volta aquilo que está alinhado com o que emitimos. 

38ª – LEI DA DIVERSIDADE

A Criação é a soma de toda Diversidade que há. Dessa forma, a não aceitação, intolerância, preconceito e exclusão, vão contra essa lei e haverá um preço a se pagar através da lei do Karma. Inclusive, os fundamentos da Constelação Familiar, desenvolvida por Bert Hellinger, diz que toda exclusão traz compensação.

39ª – LEI DAS CORRESPONDÊNCIAS

De acordo com essa lei, onde nascemos, a família que estamos, quem nos relacionamos, os problemas que vivemos, fazem correspondência com o nosso nível de consciência, nossas escolhas e nossa vibração.

40ª – LEI DAS CORES

Cada dimensão e a aura de cada ser tem sua cor, de acordo com sua natureza. Nosso mundo é um festival de cores e cada cor tem sua função e efeito. A Cromoterapia, a Foto Kirlian e as cores dos alimentos são provas disso. 

41ª – LEI DO ESPAÇO

Cada espaço tem seu tipo de vida. Cada corpo tem seu espaço correspondente. Isto se aplica aos seres vivos, aos astros, planetas, galáxias e à cada dimensão. 

42ª – LEI DOS ACIDENTES

Essa lei remete à ação do acaso, da inconsciência e da nossa ignorância diante da ação das leis naturais, devido a desconexão com a lucidez do Espírito. 

43ª – LEI DO VAZIO

Pode-se associar essa lei ao que a Física Quântica chama de Vácuo Quântico, que é o potencial para a manifestação e a transformação da matéria.

44ª – LEI DA SELEÇÃO NATURAL

O biólogo Charles Darwin percebeu a ação dessa lei e criou a Teoria da Seleção Natural das Espécies, na qual os mais fortes se adaptam às mudanças e sobrevivem. Com isso, através da hereditariedade transmitem características que vão se reformulando com a evolução das espécies. No sentindo espiritual, quanto mais despertamos, mais nos elevamos em sabedoria e vamos tendo acesso a mundos superiores.

45ª – LEI DAS POLARIDADES

Por vivermos em um mundo dual, existem as polaridades, e a dança da existência se movimenta entre Yin e Yang, Positivo e Negativo, Esquerda e Direita. Devido ao nosso egocentrismo, temos  a tendência  de usar essa lei de forma prejudicial, nos polarizando e criando divisões, sectarismos, conflitos, partidarismos e guerras. 

46ª – LEI DAS ANALOGIAS

O médico Samuel Hahnemann fez uso dessa lei ao criar os fundamentos da Homeopatia, que preconiza que semelhante cura semelhante. Isto também se aplica ao fato que tendemos a conviver com quem é semelhante a nós, ou seja, com características comuns. E aí, entra também a Lei da Afinidade. 

47ª – LEI DO DESTINO

Cada um de nós escreve o seu destino, que pode ser decifrado pelas ciências esotéricas, tais quais  a Astrologia, a Quiromancia ou a Numerologia. O destino pode ser mudado, ao passo que vamos despertando do adormecimento da Consciência.

48ª – LEI DO KATÂNCIA OU KARMA DOS DEUSES

Grandes Mestres espirituais também estão sujeitos à compensações de seus atos, porém em maior escala, em proporção ao alto grau de Consciência que possuem. Sendo assim, quanto maior a ascensão, maior a queda! Pois uma coisa é se equivocar por inconsciência e outra é fazer uma escolha sabendo que está se enveredando pelo caminho tortuoso. Daí, surgem os tronos e Anjos Caídos.

Agora, com esse tratado sobre as leis sob as quais vivemos, podemos ampliar nossa compreensão e visão de mundo!

Tire proveito desse conhecimento para expandir sua consciência e viver melhor!

Talvez te interesse ler também:

Positividade tóxica: “nunca desista” e outras frases que fazem mais mal do que bem

Aprenda a elevar sua autoestima com o filósofo Michel de Montaigne  

Responsabilidade afetiva: a transparência é fundamental para o sucesso das relações

Sobre Deise Aur

Avatar
Professora, alfabetizadora, formada em História pela Universidade Santa Cecília, tem o blog A Vida nos fala e escreve para GreenMe desde 2017.

Veja Também

Limpeza energética, espiritual: para que serve e como fazer

Já sentiu peso nos ombros, cansaço, desânimo e falta de energia? Esse estado pode ser …

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *