/viver/saude-e-bem-estar/7768-cerveja-nao-engorda-e-faz-bem-a-saude

Cerveja não engorda e faz bem à saúde (se consumida com moderação)

  • atualizado: 
Cerveja

Uma nova pesquisa traz à luz as vantagens do consumo da cerveja, e aproveita a ocasião para desfazer alguns mitos e lugares comuns em torno da bebida, como, por exemplo, o fato dela ser muito calórica e engordar.

A pesquisa feita na Itália, Gli italiani e la birra, foi realizada pela AstraRicerche, por solicitação da Assobirra e teve o objetivo de saber o que os consumidores pensam sobre a cerveja, se a consideram benéfica ou não.

O resultado foi que para 52% dos italianos, a cerveja é bem digesta, 40% a consideram saudável e 39% dos entrevistados a consideram uma bebida antioxidante.

Por outro lado, 63% das pessoas entrevistadas acreditam que, por conta do consumo da cerveja, estão inchadas, enquanto 55% acham que engordaram, principalmente as mulheres.

Mas, afinal, cerveja engorda?

Apesar dessas impressões apontadas na pesquisa, a cerveja tem os seus atributos, tais quais: é uma bebida refrescante, contém importantes nutrientes para o corpo como vitaminas do complexo B, potássio e magnésio, zinco, selênio, fibras e muita água (90-93%).

Embora os consumidores pesquisados tenham revelado que engordaram bebendo cerveja, tais sensações mano passam de mitos porque a cerveja, na verdade, é uma bebida pouco calórica. Por exemplo, um copo de 250 ml de cerveja tem cerca de 85 kcal, portanto, se consumida com moderação e sem o acompanhamento de alimentos gordurosos, a cerveja não engorda e nem prejudica a saúde.

O consumo dessa bebida porém, para ser mais benéfico, deve ser moderado e estar inserido em um contexto de alimentação saudável, lembrando que seu consumo é contraindicado para gestantes, crianças, idosos e pessoas com problemas renais o hepáticos.

A melhor cerveja é a de baixa fermentação, artesanal, orgânica e preferivelmente sem aditivos e ingredientes de origem animal (vegana), pois, traz mais benefícios à saúde, à vida animal e ao ambiente.

Na verdade, para saber sobre a qualidade da cerveja, basta contar quantos ingredientes ela contém. Devem ser 4 e não mais que isso: lúpulo, malte, leveduras e água

No Brasil temos várias marcas de cerveja do tipo artesanal e ainda veganas, tais como a Germânia, Coruja, Madalena,Tupiniquim, Schornst, Backer, Amazon Bier e Ashby, entre outras.

Outra observação importante é que a maioria das cervejas famosas e convencionais contém vestígios de glifosato, herbicida fabricado pela Monsanto e muito prejudicial á saúde.

Em suma, como todo alimento, a cerveja se consumida de forma adequada, sem abusos e atentando à sua procedência, contribui para nosso bem-estar e saúde, além de relaxar e refrescar.

Talvez te interesse ler também:

CERVEJA: 10 INESPERADOS BENEFÍCIOS PARA A SAÚDE

QUEM BEBE CERVEJA ATRAI MAIS MOSQUITO DA DENGUE

VEJA O QUE O AQUECIMENTO GLOBAL PODE FAZER COM A TUA CERVEJA

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!