Enjoo → 10 Remédios Naturais RÁPIDOS e O Que Comer Para Passar

  • atualizado: 
enjoo

Enjoo é uma reação orgânica que tem a ver com a necessidade da gente por para fora, expulsar, limpar qualquer coisa que nos esteja incomodando internamente. Por isso, acontece da gente enjoar em ocasiões tão diferentes como sejam nos passeios de barco ou nas crises nervosas.

Claro, estou falando de maneira simplificada, sem pretensão de que este artigo se transforme em um tratado de medicina humana.

O que significa ter enjoo?

Há diferentes situações em que podemos sentir enjoo, com ou sem náuseas e vômitos: em um barco, no carro, na gravidez, na menopausa, nas crises nervosas, nas crises de pânico e, claro, quando a gente engoliu, literalmente, alguma coisa muito indigesta.

Causas do enjoo

* Podemos sofrer de enjoos por variação hormonal (enjoos durante menstruação, gravidez e menopausa são bastante comuns),

* por sobrecarga do fígado,

* por viroses diversas,

* por estresse emocional ou

* por variação do nosso ponto de equilíbrio, no caso é a doença do movimento, que acontece quando andamos de barco (algumas pessoas o sofrem também andando de carro ou trem) e tem a ver com o desequilíbrio do líquido no labirinto (ouvido interno).

ouvido interno 2

Foto - Ouvido interno

Como tratar ou controlar as crises de enjoos. Dicas e remédios naturais

Todo mundo já ouviu falar que, se está com enjoo deve:

respirar ar fresco pondo atenção no vai-e-vem da respiração
tomar suco de limão com água, sem açúcar
abrir a janela do carro
fechar os olhos

Estas são algumas técnicas simples que visam ajudar nosso corpo a voltar ao seu ponto de equilíbrio para que o enjoo passe.

Mas, vou indicar abaixo alguns remédios naturais que também poderão te ajudar. Fora as situações originárias em alguma patologia específica que pode requerer medicamentos químicos (neuropatias, por exemplo) as crises de enjôos geralmente respondem bem a esses remedinhos naturais muito simples.

1. Óleos essenciais

Lavanda, sândalo, manjericão, gengibre - cada pessoa tem a sua preferência pois, o organismo responde melhor conforme a afinidade que o indivíduo tem com o aroma-frequência energética. Pingue umas gotinhas do óleo essencial escolhido em um lencinho e use-o como aromatizador pessoal (cheire o lenço sempre que sentir o enjoo).

Cuidado com o exagero - cheiro demais também faz mal.

Leia mais: ÓLEO ESSENCIAL DE LAVANDA: 10 USOS FANTÁSTICOS PARA A SAÚDE E O BEM-ESTAR

2. Massagem nas têmporas

Óleo de gengibre ou óleo de menta, hortelã, alecrim, podem ser eficientes para massagear as têmporas quando você sofrer de enjoos. Misture o óleo essencial escolhido com óleo de amêndoas doces (óleos essenciais não devem ser usados diretamente sobre a pele).

3. Chá de ervas

São adequados os chás de manjericão, hortelã, funcho, erva-doce, artemísia, boldo-do-chile e pitanga.

A escolha do chá também é individual, experimente sem medo. O uso de chás em situações de enjoo visa acalmar os sistemas hepático e gastrointestinal, reduzir sua motilidade.

4. Sistemas florais

Cada sistema floral tem indicações para casos de enjoos, em função daquilo que os origina. Você encontrará indicações que se referem a causas nervosas - estresse, descontrole emocional ou crise de pânico -, a causas hepáticas - como fígado sobrecarregado por emoções ou causas hormonais.

A indicação dos florais é sempre individual - quer dizer, cada pessoa precisa de uma essência determinada para poder fazer seu caminho de cura e desenvolvimento espiritual.

5. Homeopatia

Na homeopatia existem alguns medicamentos básicos para situações de enjôo, que variam em função das causas primárias que geram o incômodo. Por exemplo, o petroleum é indicado, de forma ampla, para aqueles que sofrem de náuseas e enjoos quando viajam de carro ou barco. Mas, como você sabe, toda indicação homeopática deve ser feita por um médico homeopata ou terapeuta homeopata pois, até a homeopatia pode resultar em reações adversas.

6. Simpatia da chave

Uma crença antiga, a simpatia da chave, parece que funciona bem quando você sofre de náuseas ao viajar de carro ou ônibus especialmente se está com o estômago vazio - basta você segurar uma chave na mão e fixar sua atenção nela.

A questão é que andar de carro é igual a andar sem andar e, como isso é impossível, seu cérebro se desentende de sua sanidade e crê que algo o está intoxicando. Fixar a atenção em algo que não anda, a chave, ajuda você a driblar essa crise de movimento do cérebro. Dessa maneira explica o neurologista Dean Burnett.

7. Gravidez

Enjoos matinais de gravidez são típicos nos primeiros 3 meses e, em alguns casos, podem continuar até que se complete o ciclo. Algumas pessoas dizem que estes se devem a questões emocionais da mãe, que não está muito bem preparada, psicologicamente, para a responsabilidade de sê-lo.

Outros dizem que um feto cabeludo dá muito mais enjoo (uma crença antiga e sem fundamento). Mas, a verdade é que na GRAVIDEZ: QUEM TEM NÁUSEA TEM MENOR PROBABILIDADE DE SOFRER UM ABORTO ESPONTÂNEO.

8. Maçã ou pepino

Comer maçã verde ou pepino, em jejum, ajuda muito a controlar a situação.

8. Gengibre ou gelo

O mesmo efeito, de controlar os enjoos e te fazer sair da crise, você pode conseguir mastigando lascas de gengibre fresco, bem devagar ou, chupar pedaços de gelo, que ajuda muito a acalmar os movimentos peristálticos exacerbados.

9. Ginseng

A tintura de ginseng é um fitoterápico aconselhado àqueles que sofrem de náuseas de movimento mas, como talvez você saiba, o ginseng não se deve tomar de forma continuada (se for fazer uso, tome durante 1 semana e intercale uma semana livre). Na preparação de viagens, aconselha-se começar a tomar alguns dias antecipadamente.

10. Pão, biscoito, batata

E, se estiver com o estômago vazio, coma um pão seco, bolacha de água e sal, batata cozida para estabilizar os movimentos peristálticos.

E quanto ao “que comer e ao que não comer”?

Na verdade, se você tem tendência a enjoar (naquelas situações em que seu corpo está parado mas, o mundo está andando, como é o andar de carro, barco ou até avião) dê preferência a alimentos leves, de fácil digestão, pobres em gorduras e açúcar industrializado.

Evite bebidas alcoólicas, refrigerantes, café, mate ou chocolate, suco de laranja ou leite.

Mas, é preciso lembrar que, se você sofre de forma aguda com enjoos muito frequentes, é preciso que busque um médico que te aconselhe, que proceda a exames específicos para labirintite, problemas hormonais ou neurológicos que, estes sim, vão requerer outro tipo de tratamento e são situações que não conseguimos aliviar com remédios naturais ou técnicas suaves.

Especialmente indicado para você:

seta10 REMÉDIOS NATURAIS PARA PEQUENOS INCONVENIENTES NAS FÉRIAS

setaGINSENG: MIL PROPRIEDADES, USOS E ONDE COMPRAR