Como não morrer de calor no verão (sim, morrer de calor é possível)

  • atualizado: 
morrer de calor

"Estou morrendo de calor!". Quem nunca disse essa expressão para se referir ao calor excessivo do nosso verão? Pois o que antes era uma expressão hiperbólica tornou-se uma expressão literal. Afinal, em alguns lugares do Brasil, as temperaturas chegam aos 40ºC na estação mais quente do ano.

Embora seja raro morrer de calor, é possível, sim, que isso aconteça. Em 2015, o calor na Índia matou mais de 2.200 pessoas e chegou a derreter o asfalto das ruas de algumas regiões do país, que chegou a ter 50ºC.

Segundo o professor da Faculdade de Medicina da USP Paulo Saldiva disse à BBC, "estudos mostram que durante as ondas de calor há um aumento da mortalidade, sobretudo de idosos e bebês, que têm menos capacidade de adaptação e, muitas vezes, dependem dos cuidados alheios para se proteger".

O suor que escorre pelo nosso corpo é uma estratégia de sobrevivência. O nosso corpo sua para regular a temperatura corporal. O sangue se refresca e baixa a temperatura do organismo.

É possível morrer de calor

Quando o calor está demasiado, há mais vasos de regulação térmica atuando no nosso corpo para que aumentemos a produção de suor. A consequência disso é que desidratamos.

Os idosos, que por conta da idade avançada acabam perdendo mecanismos de controle corporal, podem desidratar sem sentir sede. Quando o nosso corpo perde muita água, precisamos repor o líquido perdido, pois com a desidratação podem surgir outros problemas, tal como a queda da pressão sanguínea, já que os muitos vasos ficam dilatados ao mesmo tempo. Com a pressão baixa, o corpo sente tontura e vertigem e o coração bate mais rápido para tentar subir a pressão.

Leia mais: PRESSÃO BAIXA: DEVEMOS USAR SAL OU AÇÚCAR?

O problema é que a sobrecarga no coração, junto com a menor quantidade de líquido circulando no organismo, deixa o sangue mais denso, o que aumenta o risco de uma obstrução, como uma trombose e, até mesmo, uma parada cardíaca.

O que fazer?

É preciso manter o corpo refrescado, sobretudo, quando há uma onda de superaquecimento, isto é, quando o calor acima dos 36ºC se prolonga por mais de três dias consecutivos. Quando isso acontece, o corpo não consegue sozinho se autorregular. Então, temos que dar uma forcinha ao nosso organismo usando ar condicionado, ventilador, banho frio e muita água.

Este verão, infelizmente, promete

Este verão promete ser um dos mais quentes dos últimos anos, ultrapassando os 40ºC. A causa é o aquecimento global e o fenômeno El Niño, que pode ser um dos mais fortes dos últimos 65 anos, segundo a Organização Meteorológica Mundial.

Prepare-se para o verão e proteja-se do sol, usando protetor solar, chapéu, sombrinha, e não esqueça de manter o corpo hidratado e refrescado durante todo o dia. Invista em sopa gelada como gazpacho, tarator e cacik, em bebidas saudáveis e alimentos leves.

Deixamos abaixo

Especialmente para você

várias dicas para aproveitar o melhor do verão :)

BEBIDAS SUPER-REFRESCANTES E SAUDÁVEIS PARA O CALOR DO VERÃO

CACIK, SOPA GELADA TURCA: REFRESCANTE E NUTRITIVA

PROTETOR SOLAR: VEJA OS MELHORES E OS PIORES TESTADOS PELA PROTESTE

QUEIMOU DEMAIS COM O SOL? DESCUBRA O QUE PASSAR NA PELE

VOCÊ SABIA QUE NO VERÃO FRUTAS PODEM QUEIMAR E CAUSAR MANCHAS?

10 RECEITAS DE ÁGUA AROMATIZADA

QUAL SORVETE ESCOLHER? CONHEÇA OS PRÓS E OS CONTRAS DOS VÁRIOS TIPOS DE SORVETE