Covid-19: pneumologistas estimam que 30% dos pacientes recuperados terão problemas respiratórios crônicos

Ainda é cedo para falar sobre as possíveis sequelas que a Covid-19 poderá deixar nos pacientes que se recuperarem da infecção causada pelo novo coronavírus, mas a Sociedade Italiana de Pneumologia adverte: será necessário equipar e reforçar as pneumologias.

O alerta foi dado pelo pneumologista Luca Richeldi à agência Ansa. O médico diz que as cicatrizes deixadas no pulmão pela doença, podem causar danos respiratórios irreversíveis.

Isso porque a Covid-19 causa uma espécie de fibrose pulmonar, cuja recuperação pode ser lenta e os pulmões podem ficar em risco por cerca de 6 meses. Além disso, estima-se que 30% dos pacientes recuperados terão problemas respiratórios crônicos.

Portanto, doenças pulmonares podem vir a ser a nova emergência sanitária.

Avisa o médico para deixarmos os departamentos de pneumologia preparados e equipados.

Talvez te interesse ler também:

Fiquem em casa: vejam o que o Coronavírus faz no organismo

O novo cigarro: máscaras e luvas por todo lugar. O lixo humano é irremediável

Com restaurantes fechados, ratos ficam agressivos em Nova York à procura de comida durante lockdown

Sobre Daia Florios

Daia Florios
Ingressou no curso de Ecologia pela UNESP e formou-se em Direito pela UNIMEP. É redatora-chefe e co-founder de GreenMe Brasil.

Veja Também

reduzir o açúcar no sangue

Como purificar o sangue naturalmente com ervas e alimentos

O sangue tem funções muito importantes para o funcionamento do nosso corpo, como o transporte …