Tríbulus Terrestris - para distúrbios sexuais do homem e da mulher

tríbulus-terrestris

O Tríbulus Terrestris é uma herbácea rasteira e espinhosa, natural do sul da Europa e da Ásia muito usada como estimulante sexual desde a Antiguidade.

Mas essa plantinha, que você pode encontrar em cápsulas pelas farmácias fitoterápicas ou pela internet não é um suplemento alimentar e sim um medicamento. Seu uso tem contraindicações sérias a serem tidas em conta. Então, antes de tomar, se lembre que planta também pode matar, que planta também causa alterações hormonais, que planta também tem efeitos colaterais.

Como é usado o Tríbulus terrestris nas medicinas do mundo?

Na Grécia Antiga, os frutos secos do Tríbulus Terrestris eram usados como laxante suave e tônico geral. Na China esta planta é conhecida por “bai ji li” é é usada, pela Medicina Tradicional Chinesa, para tratar problemas hepáticos e cardiovasculares, dores de cabeça e exaustão nervosa.

Na Índia, a Ayurveda usa o Tríbulus Terrestris, que lá se chamagokshura” para melhorar o vigor físico em geral, o vigor sexual, a reconstrução dos tecidos e, em especial, do tecido reprodutivo e também se acredita que, com ação diurética, é útil ao rim, bexiga, aparelho urinário e doenças relacionadas ao aparelho uro-genitais.

Usos e estudos sobre o Tríbulus Terrestris

Na Europa, o Tríbulus Terrestris é usado para tratamentos de infertilidade, impotência e disfunção erétil nos homens, e aumento da libido, em ambos os sexos. Estudos feitos na Bulgária, na década de 1970 comprovam esses efeitos indicando que os níveis hormonais, com o uso do Tribulus Terrestres, são incrementados durante o tempo de toma.

No entanto, ainda não há consenso sobre as propriedades curativas do Tribulus Terrestris no mundo científico já que alguns estudos mais atuais não comprovam esse efeito em seres humanos, porém sim em animais de laboratório. Algumas linhas fitoterápicas atribuem ao Tribulus Terrestris efeitos positivos na atividade da medula óssea para a produção dos glóbulos vermelhos, eritrócitos, e fortalecimento do sistema imunológico.

No Brasil, estudos realizados pelo ginecologista Décio Luiz Alves, do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho, da UFRJ, na década de 2000 comprovou melhor desempenho sexual em um grupo de homens diabéticos. Porém, outro estudo, de 2005, concluiu que este efeito benéfico não é por conta de qualquer incremento no hormônio testosterona, como se pensada antes.

Veja aqui os links relativos aos estudos científicos mencionados acima. No nosso país o Tribulus Terrestris em cápsulas é considerado um medicamento e não um suplemento alimentar e só deve ser usado sob supervisão médica - trata-se do Hakop, primeiro medicamento fitoterápico do gênero com o registro da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que é fabricado com o extrato da planta em questão. 

Efeitos colaterais da ingestão de Tríbulus Terrestris

Em algumas pessoas, a ingestão das cápsulas ou extrato seco do Tribulus Terrestris podem provocar irritação gástrica e diarreia (lembrem-se que era usado como laxante na Grécia Antiga) e, portanto, se recomenda que este medicamento só seja ingerido às refeições.

Algumas pesquisas apontam certo grau de toxicidade e também, de causar ginecomastia - aumento das mamas nos homens.

Também se desaconselha o uso de Tribulus Terrestris por cardiacos, grávidas, crianças e lactentes.

Pesquisas também apontam que este medicamento provoca interação medicamentosa com lítio (usado em depressões severas) e alguns dos remédios para controle de diabetes, efeito que pode ser muito perigoso.

Portanto, toda cautela é pouca no uso do Tribulus Terrestris. Recomendamos que você consulte seu médico sobre este assunto, se for do seu interesse tomar as cápsulas desta plantinha. 

Especialmente indicado para você:

4 VANTAGENS DA CERVEJA PARA A TUA ATIVIDADE SEXUAL

DISFUNÇÃO ERÉTIL É MAIS COMUM DO QUE SE IMAGINA

NA HOLANDA, SEXO SE APRENDE NO JARDIM DE INF NCIA