Insônia pode ser aumentada com luz emitida por laptops e tablets

Insônia pode ser aumentada com luz emitida por laptops e tablets

A claridade emitida por tablets e outros dispositivos eletrônicos pode exercer influência sobre o sono? Sim, o problema é gerado por todo tipo de dispositivo eletrônico com tela brilhante, que todos usam para ler antes de ir dormir. O problema é especialmente grave para aqueles que sofrem de insônia.

A luminosidade azulada pode influenciar os ritmos circadianos do sono. Um estudo anterior já havia apontado que este tipo de luz, presente nos tablets e dispositivos para leitura, podem atrapalhar nossa rotina de sono.

Agora em um novo estudo sobre o tema, realizado por pesquisadores do Brigham and Women's Hospital, e que acaba de ser publicado na revista científica Proceeds of the National Academy of Sciences, especialistas compararam os efeitos de ler um e-Book e a diferença para o livro impresso.

A experiência sobre a leitura e o sono

Os participantes foram divididos em dois grupos. O primeiro grupo teve a tarefa de ler um livro eletrônico a partir de um tablet, durante quatro horas ao longo de cinco noites consecutivas. O segundo grupo iria ler um livro de papel, para o mesmo período de tempo e com a mesma duração.

Os pesquisadores demonstraram que os efeitos da luz azul de tablets e afins perturbam o ritmo circadiano. Como resultado, os participantes que leram livros em formato e-Book levaram mais tempo para adormecer. Também foram registrados níveis mais baixos de melatonina e uma diminuição da capacidade de se concentrar na parte da manhã, logo após acordar.

"Ao longo dos últimos 50 anos, houve uma redução da duração média do sono e sua qualidade", - disse Charles Czeisler - "À medida que mais e mais pessoas estão escolhendo dispositivos eletrônicos de leitura, comunicação e entretenimento (especialmente crianças e adolescentes, que já sofrem de uma significativa falta de sono), é urgente para a investigação epidemiológica para avaliar as consequências em longo prazo destes dispositivos em sua saúde e segurança. "

Assim, a nova pesquisa confirma estudos anteriores relacionados a esse fenômeno. Portanto, aqueles que têm dificuldade para adormecer devem abandonar o tablet – se essa for sua ferramenta digital habitual - e voltar ao bom livro tradicional, graças ao qual a leitura concilia realmente o sono, sem qualquer tipo de interferência.

Leia também: Ansiedade e pensamentos negativos: aumentam se você dormir pouco ou for para a cama tarde