O Esporte Ideal Para Cada Tipo de Criança

  • atualizado: 
esporte para criança

Ficar parado é algo que não combina com a infância. Pular, saltar, correr, jogar. Praticar atividades físicas, de modo geral, é uma forma excelente de fazer as crianças gastarem toda a energia que elas têm, estimulando um comportamento saudável, além de outros inúmeros benefícios. No entanto, as opções de esportes são tantas que muitos pais ficam perdidos.

Nessa hora muitos fatores entram na decisão, como a fase de desenvolvimento da criança e a personalidade. Por tudo isso, é essencial ponderar qual o esporte ideal. Quer saber qual? Confira abaixo!

Como Escolher o Esporte Ideal

Na hora de escolher a melhor atividade para as crianças, é importante levar em conta o que elas mais gostam de fazer, com o que gostam de brincar. Enquanto são muito pequenas para manifestar suas vontades, a observação é a melhor aliada dos pais na hora da decisão.

Lembre-se de que o esporte precisa ser uma atividade prazerosa para a criança, e não uma obrigação. Quanto menor for o pequeno, maior a chance de que ele mude o tempo todo de esporte preferido. E não tem problema nenhum nisso. Na verdade, é o mais recomendado.

A infância é uma fase de experimentações, e isso vale para as atividades físicas também. Quanto mais a criança testar, mais ela ampliará o leque de opções do que ela mais gosta de fazer, de fato.

Com relação à idade, vale lembrar que até os 3 anos a criança ainda não está pronta para fazer esportes, o que ela deve fazer é atividade física, e aqui estão inclusas todas as brincadeiras lúdicas. É assim que os pequenos vão gastar energia nessa fase. Evidentemente, há exceções. Atividades como natação e ioga, com supervisão adequada, podem ser feitos até por bebês.

Depois dos 3 anos, a criança já pode praticar esportes, mas nada competitivo, já que elas ainda não estão prontas para os desafios gerados por tais atividades, e podem ficar ansiosas e sofrer lesões. Esportes competitivos podem começar a entrar no leque de opções apenas após os 8 ou 9 anos.

futebol menina

Benefícios de Praticar Esportes

O sedentarismo é prejudicial à todas as pessoas, e as crianças também sofrem os efeitos de ficar muito tempo paradas. As consequências podem aparecer mais adiante, já que não fazer nenhuma atividade física aumenta o risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares, diabetes e obesidade.

Crianças que praticam alguma atividade trabalham os músculos, fortalecem os ossos e articulações, o que pode evitar futuros problemas, como artrite e osteoporose.

Os esportes também podem ajudar no desempenho escolar, segundo aponta um estudo publicado no Archives of Pediatrics & Adolescent Medicine. A pesquisa mostrou que o exercício físico contribui para um bom desenvolvimento cognitivo, melhora o humor, a concentração, diminui o estresse e ajuda no correto aporte de sangue e oxigênio para o cérebro.

Os esportes, no geral, também ajudam a criança a desenvolver habilidades interpessoais, como determinação, autoconfiança, cooperação e comprometimento. Fazer atividades físicas também pode ajudar a criança a ter uma melhor consciência corporal e fortalecer a autoestima.

A Atividade Adequada à Cada Personalidade

volley criancas

As crianças não são iguais e isso deve ser levado em conta na hora da escolha do esporte ideal. O temperamento pode ser um bom ponto de partida para escolher a melhor atividade, como, por exemplo:

No caso de crianças agitadas, o ideal são esportes que gastam bastante energia, como futebol e atletismo;

Crianças “agressivas” podem se beneficiar de esportes que pregam a não-violência e equilíbrio, como artes marciais e capoeira;

As mais quietinhas, geralmente preferem esportes individuais, como natação e dança, mas podem se beneficiar de atividades em grupo também, já que promovem o relacionamento com os colegas;

Crianças distraídas podem fazer esportes que exigem maior concentração, como judô e natação;

Crianças que gostam de contato corporal podem fazer atividades que envolvem lutas, no geral;

Já aquelas que gostam de música têm no balé e capoeira uma boa escolha.

Dicas Para Escolher a Atividade

Para que o esporte escolhido traga os benefícios, sem prejudicar os pequenos, conheça algumas dicas na hora de escolher a atividade:

círculo verde Sempre preze por supervisão na prática das atividades para evitar lesões. Verifique se há uso do equipamento correto, aprendizagem das técnicas, nível requerido por faixa etária;

círculo verde O local onde a criança se exercita deve ser bem fresco e arejado, já que a regulação de suor dos pequenos é diferente da dos adultos;

círculo verde Cada faixa etária tem um tempo recomendado de atividades. Crianças pequenas, por exemplo, precisam gastar energia por mais tempo, já as maiorzinhas devem fazer cerca de 1 hora de exercícios diários;

círculo verde Pratique atividades físicas com as crianças, pois além do aspecto saudável, essa atitude dará um bom exemplo para os pequenos da importância de se movimentar;

círculo verde Incentive a criança a fazer atividades domésticas, pois é uma forma de movimento também e ajuda no desenvolvimento de habilidades de cooperação e organização, dentre outras;

círculo verde Crianças precisam brincar ao ar livre, de preferência, todos os dias;

círculo verde Não permita que as crianças passem mais que 2 horas por dia sentadas assistindo TV ou usando o computador.

Leja também:

FELICIDADE AUMENTA QUANDO SE FAZ ESPORTE COM CONSTÂNCIA

OS 20 ESPORTES MAIS PERIGOSOS (MAS QUÃO MORTAIS ELES SÃO?)

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!