Bebidas isotônicas podem causar obesidade e problemas dentários em crianças

bebidas-obesidade-crianças

Uma pesquisa da Universidade de Cardiff (Inglaterra) revelou que o consumo de bebidas isotônicas, as quais contêm um alto teor de açúcar, estariam causando obesidade em crianças e adolescentes, além do enfraquecimento dos dentes.

Participaram do estudo crianças entre 12 e 14 anos, que 68% afirmaram usar o produto uma vez por semana. Segundo os pesquisadores, as crianças desconhecem que o isotônico não é uma bebida adequada para elas. Os isotônicos foram criados para serem bebidos após a prática de "atividades físicas vigorosas", segundo a associação britânica de refrigerantes.

A pesquisa, publicada pela Faculdade de Odontologia da Universidade de Cardiff, concluiu que a atração dos estudantes pelas bebidas isotônicas deve-se ao seu sabor adocicado, preço baixo e facilidade de compra. As crianças afirmam que bebem essas bebidas mais socialmente do que desportivamente. Apenas 18% delas afirmaram que usam isotônico com fins de desempenho físico.

Leia também: 50 GR DE AÇÚCAR POR DIA: O LIMITE QUE NÃO DEVE SER ULTRAPASSADO, SEGUNDO A OMS

A preocupação dos pesquisadores concentrou-se no fato de que um quarto das crianças afirmou adquirir isotônicos em locais de recreação. "O propósito das bebidas isotônicas está sendo mal compreendido e esse estudo mostra evidências claras de que crianças em idade escolar estão sendo atraídas por essas bebidas de alto teor de açúcar e baixo nível de pH (ácido), que levam a um aumento no risco de cáries, desgaste do esmalte dos dentes e obesidade", explica Maria Morgan, pesquisadora de saúde pública focada na questão odontológica.

Leia mais: COMO CLAREAR OS DENTES DE MODO EFICAZ E NATURAL

PASTA DE DENTE FEITA EM CASA - 9 RECEITAS PARA SUA SAÚDE

Russ Ladwa, da Associação Dental Britânica afirma que "bebidas para esportes raramente são uma escolha saudável e fazer propaganda delas para a população em geral, em particular para jovens, é uma grande irresponsabilidade".

As bebidas para hidratação pós-treino devem ser usadas moderadamente. Elas se destinam a atletas de alta performance, mas, mesmo assim, eles podem ser afetados por problemas dentários. Por isso, o uso de bebidas isotônicas deve ser feito com recomendação médica e odontológica

Segundo Morgan, como a finalidade dos isotônicos não está sendo bem compreendida pelos consumidores, o consumo inconsciente desse produto pode causar um risco maior de obesidade e de cáries. Logo, essas bebidas, que possuem alto teor de açúcar, não são recomendadas para a hidratação de crianças e adolescentes, nem para grande parte dos adultos.

É importante estarmos atentos ao que compramos e consumimos, e os pais são os responsáveis pela alimentação dos filhos. Checar informações e ler os rótulos de produtos são atitudes que nos tornam conscientes do que, de fato, ingerimos.

Especialmente indicado para você:

REFRIGERANTES NÃO SERÃO MAIS VENDIDOS EM CANTINAS ESCOLARES

CONHEÇA ALGUNS ALIMENTOS QUE DIZEM SER SAUDÁVEIS MAS NÃO SÃO

Fonte: g1