Pela excepcional dedicação aos seus alunos, queniano recebe o Global Teacher Price

  • atualizado: 
Peter Tabichi

O melhor professor do mundo eleito pelo Global Teacher Price - 2019 é Peter Tabichi, que ministra aulas de matemática e física no Quênia.

Peter Tabichi foi contemplado por sua contribuição em ajudar seus alunos carentes, usando a maior parte do seu salário para reduzir os efeitos da pobreza e a evasão escolar em uma área de difícil acesso do Quênia.

Peter Tabichi esteve classificado entre outros 50 professores e posteriormente foi o eleito da lista top 10 dos finalistas, na qual também esteve uma brasileira, a Débora Garofalo, recebendo da Varkey Foundation, o Global Teacher Prize  2019.

Esta é uma iniciativa que confere um prêmio anual de US$ 1 milhão a um professor que tenha contribuído de forma positiva, construtiva e notável para sua profissão. É considerado uma espécie de Prêmio Nobel da Educação.

E Peter Tabichi fez jus à esse prêmio! Para se ter uma ideia, ele usa 80% de seu salário, todo mês, para ajudar os estudantes mais pobres da aldeia de Pwani, onde ele vive e trabalha como professor.

O lema que move Peter Tabichi a agir assim é: "fale menos e faça mais".

Peter Tabichi tem 36 anos, é muito religioso, frade franciscano, filho de professores e leciona na Escola Secundária Keriko, Pwani Village, Nakuru, no Vale do Rift no Quênia, uma área árida da África, onde a fome assola a região e que nem todos têm acesso à escola.

As razões que justificam ele ter sido eleito para esse prêmio foram:

"A sua dedicação, seu trabalho e sua fé no talento de seus alunos, que permitiram que sua escola, localizada em uma área rural remota e com poucos recursos, ganhasse o prêmio de melhor escola nas competições nacionais interescolares de ciências."

Conheça um pouco do trabalho desse professor através das imagens dese vídeo publicado no canal do Global Teacher Prize.

Esse prêmio possibilitará a Peter Tabichi cumprir ainda melhor ainda a sua missão, pois, o valor de 1 milhão de dólares, recebido durante a cerimônia de premiação em Dubai, terá que ser utilizado em benfeitorias para seus alunos.

Ao receber este prêmio, Peter Tabichi falou:

"Só estou aqui pelo que meus alunos fizeram. Esse prêmio dá à eles uma chance. Diz ao mundo que eles podem fazer tudo."

O professor tem fé que na África se formarão cientistas, engenheiros e empresários, e que entre eles estarão muitas mulheres.

Nossos Parabéns à esse professor que representa uma classe de trabalhadores e profissionais muito digna e que merece todo nosso respeito e apoio, pois, eles se dedicam à base e o alicerce de uma Nação, que é a Educação e a Cultura!

Emocionante!

Talvez te interesse ler também:

BAFÔMETRO DA SAÚDE CRIADO POR JOVENS BRASILEIRAS DETECTA DOENÇAS COM UM SOPRO

PELA PRIMEIRA VEZ UMA MULHER GANHA O PRÊMIO ABEL, O 'NOBEL' DA MATEMÁTICA

PROPAGANDA ENGANOSA, DÍZIMOS EM TROCA DE BÊNÇÃOS DIVINAS: TÁ TUDO PROIBIDO EM ANGOLA

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!