A origem do Baralho Cigano. Como ele pode nos ajudar em nosso cotidiano

  • atualizado: 
Baralho Cigano

O Baralho Cigano deriva do tradicional Tarô de Marselha de 78 cartas e é conhecido como Baralho Cigano ou Tarô de Lenormand. O Baralho Cigano é composto por 36 cartas.

A origem deste oráculo vem do povo cigano que ao tomar conhecimento das cartas do Tarô de Marselha, sentiram um grande fascínio pelo oráculo e passaram a utilizá-lo, além de outra prática mística que já realizavam que era a leitura de mãos.

Anne Marrie Adelaide Lenormand, cigana, astróloga e cartomante muito conhecida na Europa criou o Baralho Cigano Lenormand, a partir do Tarô de Marselha, fazendo algumas alterações e gerando um Tarô adaptado à cultura cigana, modificando a quantidade de cartas e as figuras contidas nelas e atribuindo imagens comuns ao cotidiano e realidade do povo cigano, para facilitar a leitura e interpretação.

Como nômades que eram, os ciganos acabaram por difundir o Baralho Cigano no mundo inteiro, atraindo várias pessoas pela prática da Quiromancia (leitura das mãos) e consulta e interpretação do Baralho Cigano.

Para saber mais sobre esse oráculo confiram as informações que vêm a seguir:

 

1. História da Atlântida

Existe uma lenda que associa as cartas do Baralho Cigano com a antiga civilização de Atlântida, sendo uma das pistas do grande conhecimento deste povo. Conta-se que sábios da Atlântida previram que esta civilização iria desaparecer, mas para que seu conhecimento não desaparecesse, eles resolveram viajar até o Egito.

Chegando nas terras egípcias, entregaram aos sacerdotes egípcios todo o ensinamentos que possuíam. Os egípcios se sentiram gratificados em poder receber tamanha sabedoria, porém também sentiram que a propagação de profundo conhecimento poderia despertar disputas e rivalidades de outros povos e civilizações, representando uma ameaça para sua cultura. Por isso decidiram manter esse conhecimento restrito e hermético somente para aqueles que estavam mais habilitados e preparados para recebê-lo.

Com a disputas territoriais dos impérios da Antiguidade, o Egito passou a enfrentar a ameaça de invasões de outros povos. A saída que encontraram para preservar a cultura de Atlântida, foi a de gravar em lâminas de ferro símbolos com certos significados e ensinamentos.

Depois de muito tempo passado, tomou-se conhecimento de que tais símbolos representam a relação entre a humanidade e o Espiritual.

Dessas lâminas derivaram respectivamente o Tarô de Marselha e o Baralho Cigano.

2. Como o Baralho Cigano pode nos ajudar?

O Baralho Cigano nos ajuda a encontrar respostas e sinalizações que nos direcionarão para o autoconhecimento e melhor compreensão de nossa realidade.

Em momentos que estamos confusos e nos sentindo limitados, este Oráculo revela, através das cartas, os pontos e as questões que trazem maior clareza da situação. Este oráculo pode nos proporcionar uma maior visão em áreas como: dinheiro, finanças, estudos, trabalho, carreira, família, passado e relacionamentos.

3. Diferença do Baralho Cigano comparando com o Tarô de Marselha

O Baralho Cigano difere nos seguintes aspectos do Tarô de Marselha:

  • Número de cartas: O Baralho Cigano possui 36 cartas enquanto o Tarô de Marselha tem 78
  • As ilustrações do Baralho Cigano refletem mais a vida terrena
  • A leitura e interpretação do Baralho Ciganos são mais diretas e assertivas
  • No Baralho Cigano não há símbolos relacionados com o Divino como nas cartas do Tarô de Marselha
  • As orientações estão muito mais ligadas às atitudes do homem para com a natureza, os outros e o cotidiano em geral.

4. Significado de cada carta do Baralho Cigano

Segue de forma sintetizada o significado de cada símbolo do Baralho Cigano:

O Cavaleiro

Movimento e realização de objetivos, boa sorte, busca de sabedoria, capacidade de mudar o rumo das coisas para melhor.

O Trevo ou Os Obstáculos

Dificuldades, desafios, desorientação, alerta, interrupções, atrasos, problemas passageiros e necessidade de superação.

O Navio

Novos rumos e horizontes, mudanças internas e/ou externas, viagens, partidas, bons negócios, transformações, necessidade de ser receptivo às novas situações.

A Casa

Equilíbrio pessoal, solidez, estrutura, família, nosso corpo ou estrutura interior.

A Árvore

Progresso, fertilidade, vitalidade, crescimento, sorte, abundância, força, saúde, projetos futuros. A árvore nos lembra que é preciso plantar sementes para se colher os frutos.

As Nuvens

Instabilidade emocional, perdas financeiras, confusão, indecisão, precipitação e dificuldade de enxergar as situações com clareza.

A Cobra ou A Serpente

Traição, inveja, discórdia, desarmonia, pessoas venenosas e alerta para tomar cuidado com falsidade. A cobra alerta para situações que podem nos levar a receber um bote, por nosso descuido e falta de percepção em lidar com situações ou confiar nas pessoas erradas.

O Caixão

Ciclo contínuo de vida e morte, renascimento, renovação, o fim para um novo recomeço.

As Flores ou O Buquê

Alegria profunda e transbordante, felicidade, fraternidade, união entre as pessoas, realização dos sonhos e um estado de espírito feliz, as flores trazem beleza para nossas vidas.

A Foice

Cortes bruscos, rompimento, separação, ponto final, desprendimento, necessidade de cortar aquilo que está ultrapassado. No aspecto profissional significa demissão.

O Chicote

Força, liderança, energia, justiça, disputas e aborrecimentos. Há necessidade de ação para atingir oque se almeja.

Os Pássaros

Romantismo, alegrias, os pássaros nos dão a lição de que o verdadeiro sentido da vida está na simplicidade e liberdade.

A Criança

Espontaneidade, autenticidade, pureza, inocência, se refere à nossa criança interior e à nossa abertura diante da vida e do novo. Tem também relação com a infância, crianças e filhos.

A Raposa

Complicações, armadilhas da vida e problemas inconscientes relacionados com a sombra de cada pessoa.

O Urso

Falsidade, maternidade, reclusão, tristeza, sexualidade ou proteção de amigos. Esta carta tem vários sentidos, tanto positivos como negativos.

A estrela

Iluminação, anjo da guarda, sorte, intuição, brilho pessoal, superação de obstáculos e a realização dos sonhos. A estrela reflete o espiritual e a nossa luz interna.

A Cegonha

Uma nova fase com novos caminhos, objetivos e oportunidades.

O Cachorro

O consulente pode contar e confiar em um grande aliado e ter uma relação de confiança, o cachorro é símbolo de fiel amizade.

A Torre

Isolamento para interiorização, afastamento voluntário para meditar e refletir, pode significar também elevação espiritual.

O Jardim

Encontro entre amigos, namoros, conversas, trabalhos, lugares, integração com os outros, redes sociais e a relação com a sociedade. A jardim remete a diversidade.

A Montanha

Justiça, desafio que exige equilíbrio, força, perseverança e muita vontade, representa esforço e empenho em uma longa caminhada.

O Caminho

Caminhos abertos e livres de obstáculos, indica avanço na vida.

O Rato

Perda de energia, desgastes físicos, mentais e emocionais, prejuízo financeiro, estresse, vícios, tendência à depressão, vazio interior, lar com ambiente pesado, pensamentos negativos e obsessivos.

Coração

Amor, afetividade, compaixão, solidariedade, indica sentimentos positivos, entusiasmo e romantismo.

O Anel

União duradoura, parcerias comerciais e afetivas, casamento, associações e acordos, pessoas que estabelecem uma aliança, que pode ser afetiva, profissional, de amizade, espiritual ou conjugal. O anel representa união de objetivos e força.

Os Livros

Aprimoramento, busca por sabedoria, estudos, conhecimento e reflexão, pode significar a necessidade de se guardar um segredo, ser discreto ou necessidade de se calar.

A Carta

Manter sigilo, existência de algo que precisa se tratado de forma confidencial.

O Cigano

Representa o homem na vida do indivíduo, seja ele próprio, o pai, o filho, o marido, o namorado ou o amigo.

A Cigana

A mulher, feminilidade, jovialidade, intuição e mistérios ligados ao universo feminino.

Os Lírios

Paz interior, pureza, tranquilidade, bondade, alegria divina e felicidade.

O Sol

Dinheiro, riqueza, prosperidade, crescimento, luz, energia positiva, expansão e força criativa. O Sol ressalta que quanto mais liberamos nossa Luz mais ela irradia em nossa existência, com prosperidade e abundãncia.

A Lua

Intuição, o feminino, angústias, medos contidos, dúvidas, inconsciente, mundo interior e forças ocultas. A Lua tem relação com nossa sensibilidade.

A Chave

Solução, livre-arbítrio, pode representar a abertura ou o fechamento de um ciclo.

O Peixe

Riqueza, prosperidade, dinheiro, satisfação pessoal, ganho material, bons negócios, rentabilidade e lucro.

A Âncora

Segurança, felicidade, estabilidade, autoconfiança e êxito. A âncora revela firmeza para lidar com situações e desafios.

A Cruz

Vitória, triunfo, objetivos alcançados e atingidos, a partir da dedicação e sacrifício.

5. Taróloga Uyara Ara fala sobre a utilização e a finalidade do Baralho Cigano

Neste vídeo a taróloga Uyara Ara explica de forma bem clara a importância e finalidade do Baralho Cigano e como este oráculo pode nos ajudar a refletir e compreender questões e problemas de nossas existência.

Entendam mais sobre Baralho Cigano ouvindo o esclarecimento desta experiente taróloga.

6. A linguagem dos oráculos

O Baralho Cigano, assim como outros oráculos que usam símbolos em suas cartas, se comunicam conosco através da linguagem dos arquétipos.

Os arquétipos são simbologias muito antigas que expressam o conhecimento e a sabedoria ancestral da humanidade, da Natureza e do Universo, que inclusive estão guardadas em nosso inconsciente e fazem parte também do inconsciente coletivo.

Por isso, compreender melhor esses oráculos, só tem a nos acrescentar conhecimentos para uma maior compreensão da realidade, da existência e de nós mesmos.

Talvez te interesse ler também:

setaNUMEROLOGIA: O FENÔMENO DAS HORAS REPETIDAS E DOS NÚMEROS RECORRENTES

Fonte foto

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!