Anel de tucum

Anel de Tucum – a história e o verdadeiro significado

Para quem nunca ouviu falar do Anel de Tucum, neste conteúdo irá conhecer o seu significado, que remete aos tempos em que negros e índios eram explorados na sociedade, na época do Império no Brasil.

Enquanto a classe dominante usava jóias, os negros e índios confeccionavam seu próprio anel, a partir da semente de uma palmeira, comum da Amazônia, denominada Tucum. Os senhores de engenho e as sinhás, em seus matrimônios usavam anéis de ouro, mas os escravos o faziam com o Anel de Tucum.

No período da escravidão no Brasil, o Anel de Tucum, simbolizava para os escravos, símbolo de amizade, união e resistência na luta pela libertação. Esse anel então, se tornou para as camadas sociais oprimidas, um símbolo de aliança e parceria.

O uso do Anel de Tucum na atualidade

Devido à sua origem, este anel, nos dias de hoje, passou a ser considerado símbolo das causas indígenas e populares e, geralmente, quem o usa quer expressar que é a favor delas e as apoia.

Posteriormente, os cristãos católicos também aderiram ao uso do Anel de Tucum, o transformando em símbolo de fé, libertação e humildade.

Jovens atualmente optam por usar esse anel como forma de sinalizar que defendem a causa pela igualdade e justiça social. Outras pessoas o utilizam apenas como enfeite e adorno, sem se dar conta de seu real significado. Pelo seu significado histórico, o anel de Tucum se tornou um símbolo da aliança com a causa dos mais simples, desfavorecidos e humildes. Geralmente, quem usa o anel, expressa sua identificação com as causas que têm os ideais da igualdade, justiça e solidariedade para os mais necessitados.

O Anel de Tucum – o documentário

Em 1994, Conrado Berning, cineasta ganhador de diversos prêmios nacionais e internacionais, fez um documentário sobre “O Anel de Tucum”. Nesse filme, um dos entrevistados é o bispo Dom Pedro Casaldáliga. Ele dá a seguinte declaração: “Este anel é feito a partir de uma palmeira da Amazônia. É sinal da aliança com a causa indígena e com as causas populares. Quem carrega esse anel significa que assumiu essas causas.E, as suas consequências. Você toparia usar o anel?”

Curiosidade

À título de curiosidade, o famoso cantor sertanejo Luan Santana, faz uso desse anel, o que tornou este adorno simbólico mais conhecido pelas pessoas.

Félix artesão do Anel de Tucum há três décadas

No Brasil temos um artesão, chamado Félix, que vive no Piauí e mora na zona rural de Esperantina, que confecciona este anel há três décadas e de forma bem rústica. Assistam este vídeo do Canal Chico Museu TV Cultural, publicado em 2016, no qual ele se apresenta e mostra os anéis que ele mesmo faz.

Etapas da fabricação artesanal do Anel de Tucum

O artesão Félix, neste vídeo, também do Canal Chico Museu TV Cultural, que é um breve documentário, publicado em 2018, mostra todas as etapas da fabricação artesanal do Anel de Tucum, desde da coleta da matéria-prima até o produto final.

Vale a pena ver a dedicação e a meticulosidade deste artesão a este trabalho!

O maior valor do Anel do Tucum está em seu significado!

O valor do Anel de Tucum, diferente de uma joia de metal precioso, está mais atrelado a seu simbolismo do que à questão material. O preço do anel é quase nulo e esse desprendimento, coincidentemente, tem relação ao seu simbolismo, atrelado aos desfavorecidos e à uma existência mais simples e igualitária para todos.

Os materiais utilizados são todos naturais e a confecção realizada de forma rústica e manual reforçam, ainda mais, o significado que lhe é atribuído: Anel de Tucum: o Símbolo da Simplicidade!

Sobre Deise Aur

Avatar
Professora, alfabetizadora, formada em História pela Universidade Santa Cecília, tem o blog A Vida nos fala e escreve para GreenMe desde 2017.

Veja Também

sol astrologia

Os símbolos e os sinais de cada signo, e seus significados

Na Pré-História, e no tempo das civilizações antigas da humanidade, era muito comum utilizar simbologias …