Brasil é premiado por turismo de acessibilidade

  • atualizado: 
turismo de acessibilidade

Muitos brasileiros adoram dizer que o Brasil é um país subdesenvolvido e que os serviços oferecidos no exterior são muitos melhores do que os encontrados aqui. Mas no quesito acessibilidade, o Brasil hoje é uma referência.

O turismo brasileiro tem dois representantes que atendem quem precisa de uma infraestrutura acessível. São os hotéis-fazenda Campo do Sonhos e Parque dos Sonhos, os quais receberam um prêmio esta semana na World Travel Market (WTM) de Londres, a maior feira de turismo do mundo.

Os dois empreendimentos, localizados na cidade de Socorro (SP), converteram-se em um destino de referência em turismo acessível no Brasil, pelo que receberam os títulos “Best for People with Disabilities” e "World Reponsible Tourism Award - Overall Winner", nas categorias de melhor projeto para pessoas com deficiência e prática de turismo responsável, conforme destaca o Ministério do Turismo.

Há 15 anos os hotéis começaram a investir em acessibilidade para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida, oferecendo atividades em meio a natureza, como rapel, tirolesa, arvorismo e canoagem. Uma cadeira de apenas uma roda para fazer trilhas guiadas, além de cardápios e mapas em braile, rampas de acesso e acomodações adaptadas são disponibilizados aos clientes. Os estabelecimentos têm certificação da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) voltada à Acessibilidade em Meios de Hospedagem.

O diretor do Departamento de Produtos e Destinos do Segmentos Turísticos do Ministério do Turismo (MTur), Wilken Souto, destaca a importância de iniciativas como a do Campo dos Sonhos e Parque dos Sonhos. “Hoje a acessibilidade é um diferencial competitivo para os empreendimentos. Afinal, são mais de 45 milhões de pessoas com deficiência no Brasil. Os empreendedores que abraçam a causa hoje colhem bons frutos, nos orgulham e ajudam a posicionar o Brasil como um destino responsável e inclusivo”, explica.

O recebimento dessa importante premiação pode estimular outros estabelecimentos turísticos a adotarem medidas de acessibilidade, incluindo uma parcela grande da população brasileira e, até mesmo, motivar estrangeiros a conhecerem as instalações oferecidas pelo país, fomentando a atividade turística no Brasil.

Para o secretário de Turismo de Socorro, Acácio Zavanella, o prêmio contribui para incentivar que outros destinos repliquem esse modelo de turismo: “A mobilização em torno da acessibilidade contribui para conscientizar a todos. Recebemos visitas técnicas e falamos sobre o tema em palestras”, destaca.

Quer conhecer mais sobre as instalações dos hotéis e os serviços oferecidos? Clique aqui.

Especialmente indicado para você:

TURISMO PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA: NAS GÔNDOLAS DE VENEZA COM AS CADEIRAS DE RODAS

TURISMO PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA: O BRASIL QUE A GENTE QUER

COMO AS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA FAZEM BANHO DE MAR?

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!