Atemoia - benefícios e como usar essa fruta tão saborosa

  • atualizado: 
atemoia benefícios

A atemoia é resultado do cruzamento artificial de duas anonáceas, a fruta-do-conde (Annona Squamosa, L.) e a cherimóia (Annona cherimola) e, dentre todas as frutas anonáceas que podemos encontrar no Brasil, uma das mais promissoras como alimento completo.

Quais são as frutas da família das Anonáceas (Annonaceae) -

* graviola (A. muricata L.)

* pinha, fruta-do-conde ou ata (A. squamosa L.)

* cherimólia (A. cherimola)

* condessa (A. reticulata)

* atemoia (híbridode A. cherimolia x A. squamosa)

* araticum (Annona coriacea ou A. crassiflora)

Riqueza nutricional da atemoia

Esta é uma fruta saborosa, doce e refrescante de riqueza nutricional significativa em sais minerais e vitaminas, para além de compostos antioxidantes.

* Composição: peso – 212 g; diâmetro – 7,46 cm; altura – 9,95 cm; umidade – 71,5 %; sólidos solúveis totais – 18,7 (glicídios totais – 38,3); acidez total – 0,09%; fibras – mais de 4 g; proteínas – 1,3%; pectinas – 31,25%; rica em ferro – mais de 1 mg.

* Mineraiscálcio (17-23 mg/100g), magnésio (25 mg/100g), fósforo (23 mg/100g), potássio (250-300 mg/100g) e ferro (0,3 mg/100g).

* Vitaminas – C (10,1 mg/100g), niacina (0,8-1,58 mg/100g), tiamina ou B1 e tiamina ou B2 (0,7 a 0,9 mg/100g) e B3 (0,8 mg/100g).

Propriedades medicinais da atemoia

As mais importantes propriedades medicinais da atemoia foram caracterizadas em estudos da Faculdade de Engenharia de Alimentos (FEA) da Unicamp:

* alimento funcional

* substância anticancerígena na casca

* antioxidante

* antimicrobiana eficaz contra Bacillus cereus, Escherichia coli e Staphylococcus aureus

Os estudos realizados determinaram que a atemoia possui relevantes quantidades de "compostos fenólicos, como a epicatequina, além de minerais, vitamina E (tocoferóis) e ácidos graxos” e que a ingestão de uma fruta de 300 gramas fornece 20% do potássio e 50% do cobre da necessidade diária do organismo humano.

Na casca da fruta foram detectados compostos com poderosa ação anticancerígena e, as sementes da atemoia são ricas em ácidos graxos (ômega 3 e 6) que ajudam no equilíbrio do colesterol: “Eles diminuem o colesterol ruim, sem alterar o colesterol bom, e acabam prevenindo algumas doenças cardiovasculares”, destaca a pesquisadora Maria Rosa de Moraes.

Leia também: seta GRAVIOLA CURA CANCER? VERDADE OU MENTIRA?

Benefícios do consumo de atemoia

1. Regula a pressão - sua riqueza em potássio é um benefício para o equilíbrio da pressão arterial

2. Ajuda na recuperação de gripes e resfriados - rica em vitamina C e compostos com ação anti-inflamatória a atemoia é eficiente na recuperação dos estados gripais, anêmicos, de cicatrização da pele e suscetibilidade a infecções.

3. É rica em fibras - seu conteúdo em fibras ajuda o organismo de quem a consome a reduzir açúcares e gorduras equilibrando a absorção dos nutrientes mais importantes e reduzindo as taxas de glicose e colesterol.

4. É fonte de energia - em cada 250 g. da fruta existem 243 calorias o que a torna uma poderosa fonte energética mas que também é indicação da necessidade de consumo moderado.

Como usar a atemoia

Coma in natura - o consumo da polpa da atemoia in natura é o mais indicado pois assim se preservam todos os seus nutrientes.

Também pode se optar por transformá-la em suco ou sorvete, sem perda de sabor porém com significativa degradação da vitamina C que contém.

Use a casca e as sementes -“Se devidamente usadas, não fazem mal à saúde”, explica a nutricionista Juliana Fontes (SP) da Revista Viva Saúde.

A casca da atemoia pode ser usada para fazer geleia, compota ou doce, para aproveitamento alimentar de suas fibras e minerais e, as sementes, ricas em ácidos graxos essenciais, podem ser incorporadas a iogurtes, salada de fruta, sorvetes ou até no arroz com feijão, após serem trituradas.

Leia mais sobre as anonáceas:

seta COMO PLANTAR ATEMOIA

setaFRUTA DO CONDE: A FRUTA DA SAÚDE E DA JUVENTUDE

setaNONI: VEJA PORQUÊ É PROIBIDA NO BRASIL

setaGRAVIOLA: USOS, BENEFÍCIOS E CONTRAINDICAÇÕES

setaFRUTAS DO CERRADO: CONHEÇA E PRESERVE!