Semente de chia: propriedades, benefícios e usos (infográfico)

Sementes de chia

Com certeza um superalimento, pertencente às sementes da saúde. Existem duas plantas conhecidas como chia, as duas são nativas da América Central e da espécie Salvia. Temos a Salvia hispanica, e a Salvia columbariae, ou chia dourada. As duas espécies foram sempre consumidas pelos povos centro americanos como alimento. Atualmente a chia é produzida para consumo em vários países da América do Sul (Paraguai, Argentina, Brasil).

Esta é uma semente muito antiga e se sabe que já era consumida como alimento pelos astecas, para aumentar a resistência física. É uma fonte natural de ácidos graxos ômega-3, fibras e proteínas além de outros componentes nutricionais importantes, os antioxidantes.

Além disso, a semente de chia é um potencial também para a indústria alimentícia, one vem usada para enriquecer pães, bolos e barras de cereais; na produção de hidrolisados protéicos, na produção de maionese com adição de mucilagem de chia, entre outros produtos.

A chia está sendo muito estudada pois seu potencial alimentício é enorme e, de certa maneira, ainda desconhecido da culinária mundial. Aqui um estudo científico para quem quiser se aprofundar.

Propriedades e benefícios das sementes de chia

As propriedades benéficas das sementes de chia eram conhecidos das civilizações pré-colombianas da Europa Central e do Sul. Junto com milho, feijão e amaranto eram o alimento básico das populações maias e astecas.

sementes de chia-infografico

A chia é considerada um alimento funcional que tem uma característica interessante de provocar a saciedade dado o seu efeito mucilaginoso – retém muita água, aumentando em até 20 vezes o seu volume o que provoca a saciedade pois preenche o estômago. Porém, também pode provocar, pelo mesmo efeito, a obstipação quando a quantidade de água que se bebe é pouca ou insuficiente.

Segundo os estudos encontrados, a chia é rica em ômega-3, cálcio, magnésio, manganês e fósforo, proteínas, fibras e antioxidantes.

O teor de cálcio torna as sementes de chia uma das principais fontes vegetais deste mineral, juntamente com sementes de sésamo. As sementes de chia têm um teor de cálcio de 600 miligramas para cada porção de 100 gramas. Considera-se ser 5 vezes superior à do leite. A chia contém ômega-3, a 20% do seu peso, uma característica que a torna similar à semente de linho e ao óleo de linhaça, outras fontes vegetais importantes deste ácido graxo essencial. 100 gramas de semente de chia têm cerca de 20 gramas de ômega 3, uma propriedade que coloca a chia como a fonte vegetal mais rica em ácidos graxos essenciais.

salvia hispanica

salvia hispanica

Vencedora em nutrientes

círculo verde A chia tem um teor de vitamina C interessante, 5,4 miligramas por 100 gramas, que é 7 vezes mais elevado do que o das laranjas.

círculo verde Seu conteúdo de potássio (809,15 miligramas por 100 gramas) é 2 vezes maior do que o das bananas.

círculo verde A presença de ferro (9,9 miligramas por 100 gramas) é 3 vezes mais do que o que existe no espinafre.

círculo verde E não é de se subestimar a presença na chia de outros minerais, como selênio, magnésio e zinco, para além do seu teor de próvitamina A, vitaminas E, B6 e ainda niacina, riboflavina e tiamina.

círculo verde As sementes de chia são naturalmente ricas em aminoácidos necessários para a formação de proteínas no corpo entre os quais podemos encontrar metionina, cisteína e lisina (excluindo a taurina) e antioxidantes, que estão presentes dentro deles numa quantidade 4 vezes maior do que o que ocorre nos mirtilos.

As sementes de chia fazem bem à...

círculo verde Considera-se que a ingestão de sementes de chia sejam eficazes no controle dos níveis de açúcar no sangue, ajudando a reduzir o ganho de peso.

círculo verde Elas são também consideradas benéficas para os problemas cardiovasculares, atuando na sua prevenção. O seu teor de aminoácidos, vitaminas e sais minerais contribui para dar ao corpo um grande nível de energia.

círculo verde As pessoas que sofrem de hipertensão arterial encontram benefício ao adicionarem sementes de chia à sua dieta, pois estas contribuem para a regulagem dos níveis da pressão arterial.

círculo verde As sementes de chia são adequadas para aqueles que querem perder peso, pois, para além de provocarem a sensação de saciedade, também fornecem nutrientes essenciais e energia sem que se necessite consumir grandes quantidades de alimentos.

E as propriedades não param aí...

círculo verde Também são benéficas para as dietas de controle dos níveis de colesterol no sangue, possivelmente atingindo uma redução eles. Estas sementes não contêm glúten e a sua ingestão é possível aos que sofrem de doença celíaca ou intolerância a este componente dos cereais.

círculo verde No que diz respeito ao seu teor calórico, a chia contêm 70 calorias para cada 15 gramas de produto, cerca de uma colher de sobremesa, e cerca de 3 gramas de proteína e 7 gramas de hidratos de carbono, além de ácidos graxos e minerais já listados. As sementes de chia não contêm colesterol ou açúcares simples.

Como usar e armazenar as sementes de chia

As sementes de chia são muito pequenas, crocantes e de gosto bastante suave e nada desagradável. Podem ser adicionadas aos cereais matinais junto com outras sementes, como sementes de abóbora ou de girassol, ou comidas por separado, como petisco saudável e nutritivo. Ao contrário de sementes de linhaça, sementes de chia não ficam rançosas e podem ser armazenadas por anos na despensa em um recipiente de vidro bem fechado.

Você pode comer sementes de chia cruas, como suplemento alimentar ou usá-las como tempero para saladas, massas, arroz, cevada, milho painço, quinoa, feijão e outros grãos. Também pode-se acrescentar as sementes de chia em batidos de legumes ou de frutas, ou como um elemento decorativo, mas nutritivo, em tostadas, acrescentadas a patês para barrar o pão, molhos feitos com vegetais frescos, tais como tomate, cenoura ou pimentão.

É também excelente complemento para doces servindo para se acrescentar à massa de bolos e biscoitos. Fica muito agradável acrescentar sementes de chia às compotas de fruta cozida, especialmente às de maçãs ou peras ou na finalização de sopas e cremes verdes, com produtos hortícolas ou cogumelos.

Há limpeza do intestino é facilitada pelo uso da chia e que deve ser deixada em água até que se solte um gel das sementes, e tomada em jejum. O gel de chia, bem como o gel de linhaça, obtido de acordo com o mesmo procedimento pode ser usado como um substituto dos ovos na preparação de bolos e biscoitos.

Onde comprar sementes de chia?

A semente de chia pode ser encontrada em lojas de alimentos saudáveis, orgânicos e naturais, assim como em várias redes de supermercados brasileiros.

Qual a quantidade de sementes de chia consumir? 

É aconselhável cosumir, no máximo, 15 gr de sementes de chia por dia.

Quem não deve consumir?

Hipertensos, hipotensos e diabéticos devem evitar o consumo de semente de chia seca, como explica o primeiro link abaixo.

Leia também:

seta

SEMENTE DE CHIA É TUDO DE BOM, MAS COM SÉRIAS RESTRIÇÕES

seta

SEMENTES DE LINHAÇA: BENEFÍCIOS E CONTRAINDICAÇÕES

setaSEMENTES DE GIRASSOL: PROPRIEDADES E COMO USAR

setaSEMENTES DE ABÓBORA: PROPRIEDADES E USOS

seta15 ÓLEOS VEGETAIS PRECIOSOS PARA SAÚDE E BELEZA