Ho’Oponopono – O que é e Como Praticar todos os dias

  • atualizado: 
ho-oponopono

Ho’Oponopono, o que é e como funciona a antiga prática de cura havaiana? Como praticá-la para superar os conflitos individuais, familiares e de grupo?

Não é uma palavra mágica, mas o nome de uma velha prática havaiana para a reconciliação, o perdão e a resolução de conflitos. Habitualmente praticada por sacerdotes curadores, esta prática foi "reformulada" pela filha da última Kahea kahuna La'au (sacerdotisa que cura com palavras), Morrnah Nalamaku Simeona. Graças ao seu trabalho, o Ho’Oponopono se espalhou por todo o mundo.

Sinto muito. Perdão. Agradeço. Te amo. Essas quatro frases curtas, repetidas algumas vezes, constituem o mantra central da prática.

O conceito básico é o de que tudo está conectado, e que todos são responsáveis ​​por suas próprias realidades, por suas próprias experiências: podemos estar cientes disso ou não, mas são os nossos pensamentos (conscientes ou inconscientes), as palavras e as ações que colocamos em prática, em diferentes níveis, que determinam a nossa realidade.

Os principais obstáculos em nossas vidas, são a falta de amor, a amargura, as memórias não resolvidas, os conflitos, a abordagem egoísta, o materialismo, as relações predatórias, negadas ou não honradas. Estes aspectos constituem uma bagagem pesada em nossas vidas (em parte, herdada da nossa própria genealogia), dolorosa, que dificulta a nossa autêntica expressão e não nos permite ouvir a chamada do nosso Eu.

Assim, em cada situação, Ho'oponopono traz cura. É um processo que nos ajuda a nos libertarmos das energias tóxicas para trazer uma nova vida de respeito, cuidado e amor em nossas relações: não apenas aquelas mais pessoais, mas sim e gradualmente, nas relações com todos aqueles que encontramos em nosso caminho.

Este novo arranjo - responsabilidade pessoal e vontade construtiva - nos leva a novos pensamentos, novas palavras, novas ações. E também a um novo bem-estar, em todos os planos.

A coisa bela do Ho'oponopono é que não importa saber de onde, o que aconteceu antes, quais são os problemas escondidos no inconsciente ou perdidos na nossa espiral transgeracional: contamos com a ajuda da oração e basta. Esta, nos prepara para termos uma nova atitude de perdão e amor. E foi assim que uma das mais belas orações nasceu para curar relacionamentos:

"Divino Criador, Pai, Mãe, Filho, todos em Um ... Se eu, minha família, meus parentes e antepassados, ofendemos sua família, parentes e antepassados, em pensamentos, fatos ou ações, desde o início de nossa criação até o presente, nós pedimos o seu perdão ... Deixe que isso se limpe, purifique, libere e corte todas as memórias, bloqueios, energias e vibrações negativas e Transmute essas energias indesejáveis em pura luz... e assim é”.

Como praticar o Ho’Oponopono todos os dias

Você pode recitar o mantra quando quiser, a hora que quiser mas, sabendo que quando dizemos "Sinto muito" assumimos a responsabilidade por nossas ações e escolhas, mesmo se não formos culpados.

Perdão” ou ”Perdoe-me, por favor", pede a si próprio para se perdoar, para se liberar dos pesos, dos não reconhecimentos e do senso de culpa.

Dizer “agradeço”, ”obrigado” ou “sou grato” é honrar a vida pelas chances que recebemos por meio dos eventos, das ocasiões ou dos encontros que fazemos todos os dias, e de tudo o que vem da nossa genealogia em forma de memórias.

Finalmente, com “te amo“ se retorna ao compromisso: trazer nova energia de amor, acolhimento, honra e respeito a todas as pessoas.

"O ritual do perdão de Ho'oponopono é o amor em ação. Perdoemos a nós mesmos e aos outros por ter ferido ou não ter ajudados em qualquer momento. Colocar-se no lugar certo é um processo simples de quatro passos, que nos ajuda a aprender, a perdoar e a amar incondicionalmente, para melhorar as coisas. É como se formata o disco rígido de um computador: basta apagar todos os dados que tornam a vida lenta e cansativa": diz Ulrich Emil Duprée em seu livro sobre a força do perdão em Ho'Oponopono.

Ho'Oponopono , o que é

Sejamos claros: Ho'Oponopono não é uma palavra mágica. Orações e mantras repetidos como papagaios não nos conduz a nada.

Mas, se você deixar que as palavras, o significado mais profundo delas entrem “dentro” de você; se com o tempo você consegue incorporar este mentor dentro de si, então aqui é que a 'mágica' acontece: nossa transformação, um olhar mais amoroso, uma maneira diferente de sentimento e de agir no mundo aflora.

Também funciona para conflitos ou dificuldades em um grupo, em uma comunidade ou em uma família.

E então tudo muda, mesmo quando, talvez - aparentemente - nada tenha mudado na visão comum dos outros.