Conheça os alimentos que te deixam mais feliz

Desde tempos muito antigos, as propriedades naturais das plantas e dos alimentos são utilizados para o tratamento de diversas enfermidades. Ainda hoje, os remédios naturais são usados como recurso para a cura de muitas doenças. Um dos problemas da vida moderna é a nossa desconexão com os sinais enviados pelo nosso corpo, e um dos resultados dessa aceleração da vida contemporânea são doenças como depressão, ansiedade e angústia, uma vez que as nossas emoções estão vinculadas ao nosso corpo.

A serotonina é um neurotransmissor responsável por estabilizar ou elevar nosso estado de ânimo. Uma queda em seu nível pode causar, por exemplo, irritabilidade e depressão. Logo, o aumento da serotonina, assim como o de endorfina, gera uma sensação maior de bem-estar e relaxamento.

Por isso, é importante ingerir alimentos ricos em triptófano, um aminoácido que ajuda a serotonina a ser sintetizada, pois ele atua como antidepressivo natural, ajudando a mente e o corpo a recuperarem o equilíbrio.

Conheça os alimentos ricos em triptófano que irão ajudar você a recuperar toda a sua energia, vitalidade e alegria.

O feijão branco é um grão, como os demais de sua classe, considerado um antidepressivo natural, já que contém uma grande quantidade de ácido fólico. Essa substância intervém na geração de dopamina, serotonina e norepinefrina, necessárias para o bom funcionamento do cérebro e a manutenção do equilíbrio emocional.

foto: bromatopesquisas-ufrj

A acelga é uma planta que, na categoria dos vegetais de folha verde, é rica em magnésio, um mineral que se associa com o estado anímico, uma vez que tem uma função central nas relações biomecânicas do cérebro, estimulando os níveis de energia. É uma planta que se semeia no verão, prefere o sol pleno e pode ser cultivada no jardim de casa.

foto: hogarmania.com

O orégano contém um composto que atua naturalmente aumentando a disponibilidade de três neurotransmissores fundamentais: a serotonina, a nordadrenalina e a dopamina, que combatem a depressão, a fadiga e a ansiedade. Além disso, o azeite essencial do orégano contém um componente ativo denominado carvacrol, que possui propriedades antidepressivas, antibióticas e analgésicas.

Dentre as sementes saudáveis, a semente de girassol é uma fonte de fenilalanina, um aminoácido que age como antidepressivo natural, favorecendo estados de ânimo positivos e reduzindo a velocidade de decomposição das endorfinas. Além disso, seus altos níveis de magnésio ajudam a regular a função nervosa. Para crescerem, as sementes precisam de um lugar ensolarado e de terra com boa drenagem.

Leia também:

DRACENA: VEJA PORQUE VALE A PENA TER EM CASA A ÁRVORE DA FELICIDADE

DEPRESSÃO: NOVOS OLHARES SOBRE A NOSSA INFELICIDADE CONTEMPORÂNEA

Fonte foto: healthline.com