Romã: como fazer chá e suco dessa fruta medicinal maravilhosa

Romã: como fazer chá e suco dessa fruta medicinal maravilhosa

A romã (Punica granatum) é uma fruta conhecida milenarmente que além de sua gama de simbolismos e significados, vem sendo valorizada por seus poderes nutricionais e medicinais.

Para conhecer melhor essa fruta e beneficiar-se se de suas preciosas propriedades, este conteúdo apresenta receitas de como fazer o chá e o suco de romã, com o bônus de uma receita de salada com essa fruta.

Confira!

Propriedades da Romã

O ingrediente ativo da romã é o ácido elágico. Essa fruta também contém vitaminas A, B5, C e K; é fonte de proteínas, fibras e folato (ácido fólico).

Além disso, contém minerais, como: ferro, fósforo, potássio, zinco e magnésio.

Por isso, a romã tem as seguintes propriedades:

  • antioxidante
  • anti-inflamatória
  • antibiótica
  • anticancerígena
  • rejuvenescedora

Graças à essas propriedades, a romã traz diversos benefícios para a saúde, como:

  • reduz a pressão arterial
  • trata infecção na garganta 
  • ajuda na perda de peso
  • combate Alzheimer
  • fortalece o sangue, evitando anemia
  • corta diarreia, por ser rica em taninos que têm a propriedade de absorção de água no intestino
  • promove revitalização da pele, das unhas e do cabelo
  • previne o desenvolvimento de doenças cardíacas
  • melhora a saúde bucal, prevenindo cárie, além de tratar aftas e gengivites, graças à sua ação antibacteriana
  • mantém ativo o sistema imunológico
  • combate infecções urinárias
  • elimina toxinas do corpo
  • tem ação anti-acneica
  • diminui os níveis de colesterol ruim

Conheça mais sobre os benefícios da romã em:

Romã: usos e todos os benefícios comprovados

Usos terapêuticos e medicinais

Para se obter os benefícios da romã e usufruir de suas propriedades curativas, pode-se utilizar a fruta  in natura, em suco, em saladas ou em forma de chá.

O chá geralmente é feito com a casca da romã, que é a parte onde mais se concentra os seus princípios antioxidantes.

Para consumir a romã dessas diversas maneiras, seguem 3 receitas.

Receita do Chá de Romã

Para fazer o chá de romã você pode utilizar, além da casca, as folhas ou as flores da romãzeira.

Ingredientes

  • 10 gramas da casca da romã, folhas ou folhas da romãzeira
  • 1 xícara de água

Preparo

  1. Coloque 10 gramas da casca em 1 xícara de água já em fervura.
  2. Desligue o fogo e abafe a panela por 10 minutos.
  3. Em seguida, coe e beba o chá morno.

Dosagem 

Tome de 2 a 3 vezes ao dia

Receita do Suco de Romã

Além do chá, também pode-se fazer o suco de romã.

Segue a receita:

Ingredientes

  • 1 romã
  • 1 copo (240 ml) de água

Preparo

  1. Bata no liquidificador as sementes de 1 romã com 1 copo de água.
  2. Coe bem e beba em seguida, de preferência sem adicionar açúcar, para usufruir de forma integral das propriedades terapêuticas dessa fruta.

Dosagem

Um copo (100 ml) de suco de romã ao dia é o suficiente para usufruir dos benefícios e propriedades da romã.

Veja mais detalhes e dicas sobre os suco de romã em: 

Suco de romã. A receita mais simples explicada passo a passo

Receita de Salada Verde com Romã

Caso queira usufruir do frescor da romã em salada, faça a receita a seguir:

Ingredientes 

  • 1 maço de rúcula
  • 1 maço de alface crespa
  • 1 romã
  • 1 maçã verde
  • 1 limão

Preparo

  1. Lave e seque as folhas
  2. Em seguida corte-as grosseiramente.
  3. Corte a maçã em tiras finas e coloque-as de molho em água com limão por 15 minutos.
  4. Retire as sementes da romã e misture-as com as folhas verdes e a maçã em tiras.
  5. Sirva com molho de vinagrete (azeite, vinagre e temperos de ervas e especiarias) ou vinagre balsâmico.

Efeitos colaterais da Romã

O consumo da romã em excesso pode desencadear efeitos colaterais como:

  • enjoo
  • vômito
  • problemas gástricos e intestinais
  • efeito abortivo, por isso é contraindicado para mulheres grávidas

Caso, pretenda usar o chá da romã para fins medicinais, consulte um médico antes, a fim de averiguar possíveis reações adversas e contraindicações.

Recomendação de uso

O recomendável para tratamento terapêutico é utilizar o romã em infusão, pois in natura esta fruta possui alto teor de alcaloides, que em excesso produz toxicidade.

O uso na forma de chá evita que isso aconteça, já que assim os alcaloides se juntam a outras substâncias chamadas taninos, liberados através da infusão. Dessa maneira, o chá contribui para evitar a toxicidade.

Com todo esse potencial nutricional e curativo não é de se estranhar que na antiguidade essa fruta era considerada símbolo da imortalidade!

Aproveite todas essas receitas e reforce sua saúde e vitalidade com as preciosas propriedades da romã!

Talvez te interesse ler também:

xfComo plantar romã: um miniguia fácil de entender

Cabaça, cuieté ou coité: um fruto que além de medicinal, tem várias utilidades

Como fazer aromatizador de ambiente usando cascas de frutas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on google