/morar/horta-e-jardim/8288-suculentas-cactos-variedades

Plantas Suculentas e Cactos: as mais belas variedades para ter em casa

  • atualizado: 
Suculentas e Cactos

Você sabia que existem diversas variedades de Suculentas e Cactos? Para se ter uma noção, existem cerca de 22 mil espécies de Suculentas, sendo 2 mil só de Cactos!

Os Cactos são da família Cactaceae do grupo de plantas das Suculentas, dessa forma, pode-se dizer que todo Cacto é uma Suculenta, porém, nem toda Suculenta é um Cacto.

As Suculentas são plantas que em geral suportam viver com pouca água, pois, armazenam água nas raízes, caules, troncos ou folha. Por conta disso, resistem à altas temperaturas e clima seco e são originárias de regiões como África e América.

Os Cactos se distinguem de outras Suculentas por possuírem aréolas, pequenos círculos salientes de onde surgem os rebentos, espinhos e flores.

As principais características dos Cactos são que não possuem folhas e somente alguns dão flores quando adultos, que em geral aparecem uma vez por ano. Ademais, possuem uma estrutura bem espessa e revestida com espinhos ou pelos, que os protege do Sol forte e de perder água.

Suculentas e Cactos são plantas bem ornamentais, resistentes, fáceis de cultivar, sem necessidade de muita rega ou cuidados frequentes. Isso se deve ao fato de serem vegetação típica de áreas secas ou desérticas.

Os vários tipos de Suculentas e Cactos possuem diferentes tamanhos, formas ou flores, por isso dá para diversificar bastante ao cultivá-los em casa, deixando o ambiente bem bonito e original.

Devido à praticidade do cultivo dessas plantas, dá para tê-las também no escritório, comércio e outros locais de trabalho, já que são plantas pouco exigentes e muito resistentes.

Conheça a seguir 10 variedades dessas plantas e aprecie a beleza de cada uma delas.

1. Sedum

sedum

O gênero Sedum faz parte da família das Crassulaceae, nativa de Portugal, onde é conhecida como Vermiculária. Esta Suculenta é tradicionalmente utilizada como vegetação ornamental em espaços, projetos modernos de cobertura verde e jardins residenciais e comerciais.

Apresenta boa tolerância aos rigores do clima, graças aos pequenos tecidos que armazenam grande quantidade de água, por isso, podem ficar por certo período sem rega.

2. Coroa-de-Cristo

euphorbia milii

Originária de Madagascar, a Coroa-de-Cristo (Euphorbia milii) é um arbusto espinhoso utilizado como planta ornamental e como proteção em cercas vivas.

Outros nomes dessa planta são: Martírios, Duas-Amigas,Colchão-de-noiva, Dois-irmãos, Bem-casados, Coroa-de-Espinhos, Coroa-de-nossa-senhora e Dois-Amigos.

Se houver boa iluminação solar, a Coroa-de-Cristo pode florescer, produzindo flores muito pequenas e decorativas de cores vermelha, amarelo ou salmão.

3. Echinopsis chamaecereus

echinopsis

A variedade Echinopsis Chamaecereus é originária da Argentina e por isso é encontrada com facilidade nos países da América do sul, sendo conhecida como Cacto-de-Amendoim. Se propaga por estacas ou por sementes, apreciando terra arenosa, sem necessidade de matéria orgânica e minerais.

Por ser um Cacto originário de uma região argentina próxima aos Andes, essa planta suporta bem o frio intenso, até mesmo a neve, só não pode ficar muito exposta à umidade.

As cores das flores maravilhosas dessa planta podem ser vermelhas ou laranjas.

4. Planta-Zebra

cactus zebra

A Suculenta Haworthia é um gênero botânico pertencente à família Asphodelaceae.

Tem como características folhas verdes escuras e pontiagudas, com listras brancas que dão uma exuberante aparência e são a causa de seu nome popular: Planta-Zebra.

A Planta-Zebra está entre as variedades mais simples de cultivar em casa porque, em comparação com outras Suculentas, precisa de menos luz e cresce lentamente, além de ser uma planta que se mantém pequena.

5. Almofada-de-Alfinetes

almofada alfinetes

Pertencente à família chamada Mammillaria, que inclui 250 espécies de Cactos, dentre estes o Mammilaria decipiens, conhecido como Almofada-de-Alfinetes, encontra-se de forma natural nas Américas.

Esta planta é formada pela aglomeração de pequenos Cactos com espinhos esbranquiçados e suas flores aparecem no Verão, por isso necessita de bastante luz solar.

Este tipo de Cacto é apropriado para pequenos espaços e para quem não dispõe de tempo pois, essa planta não requer muito cuidado.

6. Rabo-de-Rato

rabo de gato

De nomes científicos Disocactus flagelliformis ou Aporocactus flagelliformis, o Cactos Rabo-de-Rato é uma espécie mexicana da família das Cactáceas.

Essa espécie tem como característica crescer para baixo, ou seja precisa ficar suspensa, pois, se desenvolve em forma de vários pêndulos que ficam pendurados, por isso, é bem decorativa, especialmente pelas suas maravilhosas flores cor-de-rosa.

7. Cacto Parafuso

cereus peruvianus

O Cereus Peruvianus, conhecido como Cacto Parafuso é originário da América do Sul, possivelmente, do Peru.

Esse Cacto se desenvolve na forma espiral, que pode ser no sentido horário ou anti-horário, na mesma planta.

É um Cacto que dá belas flores brancas.

8. Opuntia basilaris

opunta basiliaris

A espécie de cacto Opuntia basilaris é encontrada no sudoeste dos Estados Unidos, principalmente nos Desertos de Mojave, Anza-Borrego, na região do Grand Canyon e do Rio Colorado, no sul de Utah e Nevada, nas regiões ocidentais do Arizona e no noroeste do México.

Onde é nativo, esse Cacto é conhecido popularmente como Pera-Espinhosa ou Cauda-de-Castor.

Esta variedade de Cactos é um dos mais difundidos e apropriados para cultivar no jardim de casa.

9. Orelha-de-coelho

opuntia microdasys

Esse Cacto de nome científico Opuntia microdasys tem origem da América do Norte e do México.

Nomeado popularmente como Opúntia, Palma-brava, é mais conhecido como Orelha-de-Coelho por ter tal aparência.

É uma planta bem original e chamativa para se ter em casa.

10. Castelo-de-Princesa

cereus tetragonus

Esse Cacto, de nomes científicos Acanthocereus tetragonus ou Cereus tetragonusfaz é conhecido popularmente como Castelo-de-Princesa ou Castelo-de-Fadas.

Além da aparência que lembra um Castelo, outra característica interessante dessa Cactácea é que ela cresce seguindo a direção do Sol, por isso. é necessário girar o vaso de vez em quando para que todas as partes dessa planta recebam a luz solar.

11. Quer saber mais sobre Suculentas e Cactos?

Para conhecer mais variedades, confira o conteúdo:

Ficou com vontade de cultivar plantas Suculentas em sua casa? Veja aqui como mantê-las no vaso ou jardim sempre vigorosas e bonitas:

12. Obras de arte da Natureza

Agora, que você conhece as variedades de Suculentas e Cactos deve até ter ficado na dúvida de qual cultivar, pois, todas são maravilhosas e obras de arte da Natureza!

Talvez te interesse ler também:

BEGÔNIA: CUIDADOS E COMO PLANTAR NO VASO OU JARDIM

PALMEIRA-ARECA: COMO CUIDAR

BRINCO-DE-PRINCESA, UMA REALEZA DE PLANTA! SIGNIFICADOS, COMO PLANTAR E CUIDAR

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!