Pug - 10 Informações Úteis, Personalidade e Caráter

  • atualizado: 
pug

De aparência singular, os pugs atraem fãs por onde passam. Seja pela doçura dos olhos grandes e brilhantes, seja pela aparência compacta, mas cheia de bravura, os pugs estão entre as raças mais antigas. Basta saber, por exemplo, que a esposa do famoso Napoleão Bonaparte, Josephine, exigiu a presença do bichinho de estimação na cama, na noite de núpcias.

Pelo que consta da história, isso não foi motivo para Napoleão detestar o cachorrinho, muito pelo contrário, o pug de Josephine serviu como uma espécie de mensageiro do casal, na época em que a mulher do imperador foi presa.

Histórias à parte, há muito o que contar a respeito desse cãozinho. Saiba mais agora.


1. Personalidade

A personalidade dos pugs é das mais sociáveis e amáveis. Eles gostam da vida em família, têm tendência a se apegarem muito ao dono, e apreciam até mesmo as brincadeiras das crianças.

Ótimos cães de guarda, são bastante destemidos e só latem mesmo, em situações bem específicas, para comunicar algo, avisar de algum perigo.

Os pugs não necessitam praticar tantas atividades físicas e se dão muito bem com a vida entre quatro paredes. No entanto, não deixe um pug sozinho por tempo demais. Ele são muito sensíveis.

2 . Origem do Pug

A China é o país de origem dos pugs. Os chineses estimavam tanto os pugs, antigamente, que eles eram considerados membros da nobreza, tinham direito a servos e as fêmeas eram tratadas como se fossem iguais as esposas do imperador. Somente a família imperial chinesa e os monges tibetianos podiam ter um cachorro desse tipo;

3. Olhos esbugalhados

Os olhos esbugalhados do pug podem sair do lugar, a depender da força que se aplica na coleira, por exemplo. Esse acidente chama-se exoftalmia;

4. Tendência à obesidade e outras doenças

Pugs têm tendência à obesidade, por isso é necessário ter especial atenção à alimentação deles. Além disso, por causa da pele enrugada, podem desenvolver dermatite e outros problemas de pele, além de doenças respiratórias, devido ao focinho estreito que eles têm. Os olhos também são sensíveis além das orelhas.

5. Uma curiosidade histórica

Segundo historiadores, o rei Guilherme I de Nassau foi salvo de um ataque surpresa de tropas espanholas, graças aos latidos de seu pug de estimação.

pug 2

6. Cuidado especial

Os pugs são sensiveis ao calor, por isso devem sempre viver em um ambiente fresco, não muito quente.

7. Características gerais

Esses cãezinhos vivem entre 12 e 14 anos, medem até 40 centímetro de altura e pesam, em média, de seis a oito quilos.

8. Origem do nome

O nome pug tem origem controversa: pode ser originária do latim “pugnos”, que quer dizer “punho”, fazendo referência ao formato do focinho deles; pode ainda fazer jus a um macaco marmoset, que se chamava pug, e pode ainda ser a forma coloquial usada na Inglaterra do Século XVIII para se referir a todos os cachorros.

9. Latidos e roncos

Os latidos dos pugs são bem característicos e podem lembrar roncos, quando eles querem alertar sobre algum perigo. E por falar em roncar, esses animaizinhos costumam roncar bastante e fazer barulho ao respirar. Toda essa “eloquência” se deve a característica do seu focinho achatado.

10. E para finalizar...

Foi do cruzamento de dois pugs puros, vindos do palácio do imperador de Pequim, em 1868, em direação à Grã Bretanha, que surgiu a versão atual característica dessa raça.

Amigo não se compra

Frente a todas essas informações, certamente bate uma vontade de adotar um cãozinho dessa raça. Embora não seja proibida a comercialização, vale lembrar que amigo a gente não compra, a gente conquista.

Existem muitas desvantagens em comprar animais, entre elas:

  • a insegurança quanto ao que está sendo “vendido”, tendo em vista que muitos vendedores enganam os compradores, principalmente sobre os aspectos do animal;
  • bichos de estimação de raça pura costumam ficar mais doentes também, por isso é importante ter especial atenção a disponibilidade de cuidar do cãozinho.

Existem muitas feiras de adoção à disposição e muitos animais abandonados apenas esperando a atenção de um olhar mais cuidadoso a eles.

Ressaltando que não há problema na compra, desde que feita de modo consciente. Não importa se são pugs ou cães de outra raça, certamente o bichinho adotado vai amar você, incondicionalmente.

Especialmente indicado para você:

setaLABRADOR: CARACTERÍSTICAS, PREÇO, QUALIDADES E DEFEITOS

setaSAIBA COMO PROCEDER EM CASO DE ENVENENAMENTO DE CÃES E GATOS

setaCARRAPATO EM CACHORRO: 20 REMÉDIOS NATURAIS EFICAZES