©Leo Caldas/Pexels

Ipê: árvore linda e medicinal. Veja benefícios e como plantar

Ipê: árvore linda e medicinal. Veja benefícios e como plantar

O ipê é uma poesia em forma de árvore, sua beleza e delicadeza são irresistíveis, despertando fascínio e admiração, principalmente por causa de sua floração.

Devido a tantas qualidades, essa árvore ornamental é a mais plantada no Brasil!

Contudo, além de sua beleza, essa árvore tem poderes curativos que beneficiam a saúde e curam doenças.

Por todos estes atributos, este conteúdo traz informações sobre as espécies de ipês, suas propriedades medicinais, benefícios para a saúde e dicas importantes para cultivar e cuidar de uma árvore de ipê.

Leia também:

Principais Espécies de Ipês

Os diversos tipos de ipês pertencem ao gênero Handroanthus ou sinonimamente Tabebuia, o qual é composto por 100 espécies, dentre as quais temos 4 principais que são:

Ipê-roxo

Handroanthus impetiginosus, denominado popularmente pelos nomes piúva, pau-d’arco, pau-d’arco-roxo, piúna, ipê-roxo-de-bola, ipê-una, ipê-roxo-grande, ipê-de-minas, piúna-roxa.

Ipê-rosa

Essa espécie de nome científico Handroanthus heptaphyllus e é chamada popularmente pelos de nomes populares de ipê-comum, ipê-sete-folhas, ipê-cavatã, lapacho, peúva, piúva e ipê-roxo-de-sete-folhas

Ipê-amarelo

Handroanthus ochraceus com nomes populare  ipê-amarelo, ipê-cascudo, ipê-do-campo, ipê-pardo, pau-d’arco-do-campo, piúva e tarumã.

Você sabia que o ipê-amarelo é a árvore símbolo do Brasil?

Ipê-branco

A espécie Handroanthus roseoalba é conhecida popularmente pelo nome de Ipê-branco-do-cerrado.

Propriedades e Benefícios de Cada Ipê

As propriedades medicinais e benefícios para a saúde são obtidos através do chá das folhas e casca dos ipês.

Vale ressaltar que, se for utilizar as cascas de ipê, não as tire por conta própria pois pode danificá-la e matá-la. Por isso, busque um fornecedor especializado que faça a extração da casca de forma ecológica e sustentável.

Veja a seguir os benefícios e propriedades medicinais de cada espécie de ipê.

Ipê-roxo

O ipê-roxo protege e fortalece a imunidade, devido às suas propriedades:

  • analgésica
  • antiviral
  • antifúngica
  • antioxidante
  • antibiótica
  • antineoplásica
  • relaxante, por isso, combate ansiedade, estresse, depressão, insônia e, também atua como relaxante muscular
  •  anti-inflamatória e cicatrizante, sendo benéfica para proteger o estômago e, por isso, útil para tratar úlceras estomacais

Veja mais informações sobre o poder de cura do ipê-roxo em:

Ipê-rosa

Possui propriedades fortalecedoras da imunidade, antibactericida e antiviral. Por isso combate, inflamações e doenças infecciosas, sendo usado para:

  • aliviar sintomas da gripe
  • combater a psoríase
  • melhorar a condição de portadores da AIDS
  • auxiliar a eliminar os efeitos da osteomielite (infecção do osso)
  • diminuir os efeitos do Mal de Parkinson
  • ajudar no tratamento do lúpus
  • proteger das infecções fúngicas vaginais

Ipê-amarelo

O ipê-amarelo tem como propriedadesbenefícios como:

  • Cura ressaca
  • Tem ação antiparasitária e vermífuga
  • Combate a anemia
  • Possui ação analgésica
  • Tem ação antidiarreica
  • Efeito antitumoral
  • Combate a febre
  • Atua como depurativo
  • Cicatriza feridas, por conta de suas propriedades cicatrizantes e antissépticas
  • Possui ação anti-inflamatória, por isso serve para o tratamento de inflamações nas gengivas e garganta

Ipê-branco

Essa espécie de ipê possui propriedade anti-hiperuricêmica, por isso, um de seus principais benefícios diz respeito à sua capacidade de redução do ácido úrico no sangue, evitando várias doenças relacionadas a esse problema.

Também, tem propriedade anti-inflamatória, por isso, é eficaz no tratamento da gota (inflamações nas juntas).

Como Fazer os Chás Com os Ipês

Para fazer o chá, seguem as respectivas receitas para cada espécie de ipê:

Ipê-roxo – Ingredientes

  • 1 casca moída de ipê-roxo
  • 500 ml de água fervente

Preparo

  1. Coloque as cascas de ipê roxo na água e ferva por cerca de 10 minutos
  2. Apague o fogo e abafe por alguns minutos
  3. Coe e beba

Ipê-rosa – Ingredientes

  • 500 ml de água
  • 1 colher (sopa) da casca do ipê rosa.

Preparo

  1. Coloque a água para ferver.
  2. Quando levantar fervura, adicione 1 colher de ipê rosa.
  3. Apague o fogo e abafe, por cerca de 10 minutos.
  4. Coe e beba

Este chá deve ser consumido em até 12 horas.

Ipê-amarelo – Ingredientes

  • 1 colher de chá de pó de ipê amarelo
  • 1 xícara de chá com água fervente

Preparo

  1. Coloque o pó de ipê amarelo na água fervente, tampe e deixe em repouso
  2. Coe e beba, 2 vezes ao dia

Ipê-branco

Ingredientes

  • 1 colheres de chá de casca de ipê branco
  • 500 ml de água. de água fervente

Preparo

  1. Coloque água para ferver e, assim que levantar fervura, adicione o ipê branco, deixe em fogo baixo de cinco à dez minutos.
  2. Apague o fogo e deixe em repouso de 20 a 30 minutos.
  3. Coe e beba

Ipê é PANC

Uma outra coisa que poucos sabem é que o ipê também é considerado PANC (Planta Alimentícia Não Convencional). Suas flores amarelas, roxas e brancas são comestíveis, além das folhas e caule, segundo explicou a gastrônoma Bell Villanova ao G1.

As flores podem ser consumidas cruas ou cozidas, em saladas, recheios de tortas ou onde mais preferir. Também podem ser empanadas e fritas (tipo tempurá ou peixinho-da-horta). Para fazer a massa é só misturar farinha de trigo com água gelada e de preferência com gás. Uma pitada de sal e pronto, passe as flores na massa e frite em óleo bem quente. A massa deve ter mais ou menos a consistência da massa de uma panqueca, deve ser espessa mas deve escorrer.

O sabor das flores é levemente amargo mas ela tem um cheiro adocicado.

Antes de comer, é importante higienizar bem as flores. Lave-as e retire o cálice de cada uma. A dica do site aquelemato.org é mergulhar as flores por 15 minutos em uma solução de água e hipoclorito de sódio (higienizante comum em supermercados).

A nossa dica é usar as flores também para enfeitar os pratos e, depois de comer de com olhos, comer a boca, é claro!

Leia mais:

Plantio e Floração de Cada Espécie de Ipê

Veja algumas instruções básica para o cultivo dos ipês:

Propagação

Os ipês podem ser propagados por sementes, que são retiradas das bagas secas da própria árvore ou também através de mudas.

Recentemente, noticiamos uma iniciativa bem bacana, o Projeto Ipê, que está fazendo a distribuição gratuita das sementes de ipês.

Este projeto teve um grande alcance e atingiu para a meta de 1000 kits  de sementes de ipês.

O conteúdo abaixo conta como é esse projeto e dá dicas de como semear os ipês:

Muita gente está plantando ipês e deixando o nosso Brasil mais florido!

Se você é mais um que quer plantar ipês, veja as orientações de plantio que vêm a seguir:

Solo

Os ipês são bem resistentes e se adaptam bem a diversos tipos de solo, não sendo muito exigente quanto a esses cuidados.

Temperatura e iluminação

As árvores de ipê se adaptam bem a diferentes regiões do Brasil e quando desenvolvidas apreciam Sol pleno.

Regas

Enquanto estiver no estágio inicial, de germinação e como muda, as regas precisam ser frequentes. Em contrapartida, quando já estiver desenvolvida, as regas podem ser moderadas.

Época de Floração

Os ipês florescem em época de seca (estiagem), por isso, a recomendação é que se diminuam as regas para  simular estação mais seca, a fim de preparar árvore para a floração.

Adubação

Por ser uma árvore muito resistente e adaptável a diferentes tipos de solo, quando já estiver desenvolvida, não há necessidade de adubá-la com frequência. Por isso, a adubação pode ser feita 1 vez ao ano.

Podas

O recomendável é a poda de limpeza, para retirar folhas e galhos secos.

Período de Floração de Cada Espécie de Ipê

Os período de floração varia em cada espécie de ipê:

  • Ipê-roxo – entre junho e julho
  • Ipê-rosa – fim de agosto
  • Ipê-amarelo – de julho à setembro
  • Ipê-branco – setembro

Observação:  É possível que ocorra variação nos períodos de floração dos ipês, de acordo o clima da região onde foi plantado, interferindo desse modo, no período que estas árvores entram na fase de reprodução (florescimento).

Imagens das Várias Espécies de Ipês Floridos

Aprecie no vídeo abaixo a beleza fascinante do ipês:

Agora, que você conhece todas as virtudes e o esplendor dos ipês e sabe como plantar, que tal cultivar um lindo ipê onde você mora?

Talvez te interesse ler também:

Sapucaia: usos medicinais e como plantar

Como plantar coqueiro – Anão e Gigante

Flamboyant: tudo sobre essa linda árvore. Como plantar e outras informações

Como Plantar Pequi e Fazer as Suas Mudas

Cambucá – uma árvore nossa! Benefícios e como plantar

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *