Eduardo Kobra e seu mural olímpico da paz e da amizade entre os povos

eduardo-kobra

O artista Eduardo Kobra pintou um grande mural, coloridíssimo, no Boulevard Olímpico do Porto Maravilha, região portuária do Rio de Janeiro. Com seus 3.000 m² é o maior grafite no mundo feito por um só artista e é uma homenagem a todos os povos participantes da Rio 2016.

O mural do Rio, “Etnias”, retrata cinco rostos, representa os cinco continentes, com suas cores próprias e características, em traços tridimensionais e multicoloridos.

Como diz Kobra: “Esse trabalho vem de uma série de outros murais que tenho feito sobre a paz. Nesse, cada continente foi representado por seus nativos, mostrando que todos nós viemos da mesma origem e devemos prezar o relacionamento entre os povos. Os Jogos Olímpicos estão aí para reforçar a importância de se manter a harmonia entre as nações”.

Eduardo Kobra, ou Carlos Eduardo Fernandes, começou a pintar aos 11 anos de idade, em 1987. É grafiteiro, paulista, e grande em sua expressão artística. Sua obra é um jogo de luz e sombra, tridimensional, que se integra na paisagem urbana e, ao mural se integram os passantes, que passam a pertencer à pintura representada, como se vê na série Muro de Memórias, em várias cidades do mundo.

Um show de luz e movimentos, de significância que nos agarra pelas entranhas - não se pode ficar alheio a estes trabalhos que elevam o grafite urbano ao nível dos maiores muralistas já conhecidos.

Leia também:

OLIMPÍADAS 2016: ARTISTA FRANCÊS FAZ ATLETAS VIRAREM GIGANTES

ESCADARIA DO SELARÓN: OBRA DE ARTE QUE LIGA SANTA TEREZINHA À LAPA, RIO DE JANEIRO

GRAFITEIRAS, MULHERES ÁRABES - BELEZA PELOS MUROS DO ORIENTE MÉDIO