A moto elétrica que revoluciona o mundo das duas rodas

  • atualizado: 
Johammer J1

Veio a luz em 2014 em uma edição limitada e dois anos após o seu nascimento, está agora disponível para venda na Europa. Estamos falando da motocicleta elétrica Johammer J1, produzida pela empresa austríaca de mesmo nome e que está se afirmando em termos de mobilidade sustentável.

Com uma autonomia que permite percorrer bem 200 km, Johammer já foi denominada de “a Tesla das duas rodas”. Abandonou o design clássico e o quadro tradicional, com sua caixa de alumínio que mantém a bateria.

O motor é capaz de fornecer 11 kW (15 CV) de potência como uma 125, mas com um ótimo torque de 220 Nm; a bateria de iões de lítio pode ser comprada com duas capacidades diferentes, um carregador de 3 kW é a bordo mas há a opção de um carregador rápido de 8 kW.

A motocicleta elétrica Johammer é feita em duas versões, a J1.150 e a J1.200, que se diferem pela autonomia máxima. O nome do número indica os quilômetros percorríveis explorando uma carga completa, com a versão dotada de bateria 12,7 kWh (a outra pode contar com uma unidade de 8,3 kWh) capaz de permitir uma distância de 200 km.

johammer moto eletrica 2


O tempo necessário para recarregar a bateria em 80% da sua capacidade, é de cerca 2,5 e 3,5 horas, dependendo da versão selecionada. No que diz respeito ao aspecto estético, o comprimento é de 2,2 metros e o peso entre 159 e 178 kg.

A moto não tem nenhum painel, mas dois espelhos retrovisores para mostrar a velocidade, a distância e a carga. Linda com sua aparência aerodinâmica mas, infelizmente, o preço ainda não é para todos, varia entre 23.000 a 25.000 euros.

Leia mais sobre motos:

A PRIMEIRA HARLEY ELÉTRICA: PROJECT LIVEWIRE

ECOMOTO. O SCOOTER DE BAMBU QUE ANDA COM AR COMPRIMIDO

SÓ COM MENOS CARROS NAS RUAS POLUIÇÃO DIMINUIRÁ