Em Tóquio, um incrível estacionamento para bikes

Tóquio, um incrível estacionamento para bikes

Estacionar a bike em uma cidade grande pode se transformar em um verdadeiro pesadelo. Falta espaço adequado para alocar esses veículos, ou seja, lugares onde deixar as bikes em segurança para que não sejam roubadas ou danificadas debaixo de sol e chuva.

Várias soluções para este problema vêm sendo pensadas, como por exemplo, a Sadabike, uma bicicleta que se dobra como um guarda-chuva e pode, portanto, ser levada ao trabalho. Já o problema do furto que não acontece só no Brasil, mas em todo o mundo, leva a soluções tecnológicas como a app antifurto que encontra a bike roubada, ou sui generis como a bike que jamais poderá ser roubada, pois possui um quadro desdobrável que é o seu próprio "cadeado".

Então, já que as cidades a cada dia ficam com menos espaço, até para bicicletários, Tóquio parece ter encontrado a solução ideal.

foto: giken.com

A capital japonesa é um excelente exemplo de falta de espaço e excesso de concentração populacional, o que, não raro, leva japoneses a precisar desenvolver soluções para o urbanismo.

No caso das bikes, os japoneses criaram algo que pode alocar centenas de bikes de uma só vez. Sabe como? Deixando-as no subsolo!

Contudo, não se trata de um simples estacionamento subterrâneo, que com uma rampa para você chegar e alojar sua bike, mas sim, você coloca a bicicleta em uma espécie de cabine, automatizada, a qual faz o trabalho de transportar para o compartimento abaixo do nível da rua, com um mecanismo semelhante a um elevador.

As bicicletas podem ser, assim, alojadas com cerca de 200 outras.

Você deve, então, estar se perguntando: e se eu esquecer onde deixei a minha bicicleta? Bem, muito simples: o dispositivo é capaz de lembrar onde você estacionou a sua, através de uma etiqueta simples. Então, quando você a quiser recuperar, pode digitar na cabine o seu código e você é direcionado aonde sua bike está.

As chamadas áreas Eco Cycle foram construídas pela empresa Giken Ltd. custa por volta de 126 R$ por dia para estacionar bicicleta, caríssimo para nós, mas talvez não tanto para os japoneses.

Fantástico!

Leia também: Ir para o trabalho caminhando ou pedalando melhora a saúde mental

Fonte foto: sites.psu.edu