Asteroide contém metais tão preciosos que foi estimado em US$ 10.000 quadrilhões

Asteroide contém metais tão preciosos que foi estimado em US$ 10.000 quadrilhões

A NASA e a empresa SpaceX  estão com uma missão espacial para investigar o asteroide 16 Psique, o qual, através de pesquisas anteriores, verificou-se tratar de um corpo celeste formado por metais preciosos como níquel, ferro, platina e até ouro.

Se fosse estipulado um valor pela composição de metais preciosos que este asteroide contém, ele seria estimado em US$ 10 mil quadrilhões. Chega ser incalculável, não é mesmo?

Para se ter uma ideia do valor imensurável deste asteroide, toda economia global, em 2019, abrangeu bem menos: cerca de 142 trilhões de dólares.

Deu para avaliar que só um pedaço desse asteroide já é muito valioso!

De onde vem esse “ser” assim valioso?

Deixando de lado o valor material desse asteroide, vamos à importância de saber mais sobre o 16 Psique, pois, através dessa investigação, os cientistas da NASA descobriram que é bem provável que este asteroide seja o resultado de intensas colisões entre planetas.

Essa colisões se deram principalmente quando o sistema solar estava se formando. Sendo assim, este asteroide é como se fosse um sobrevivente, um resquício, da época da formação dos planetas.

Nesse contexto, saber mais sobre a constituição desse asteroide pode levar  a compreender como o núcleo da Terra e os outros planetas se formaram.

Lançamento da Sonda Psique

Uma missão espacial terá início com o lançamento da sonda Psique em meados de 2022, a partir do Cabo Canaveral, no estado da Flórida, Estados Unidos, onde se situa o Centro Espacial Kennedy e uma Base da Força Aérea. A finalidade desta missão é estudar a estrutura de 16 Psique.

Nenhuma mineração está em pauta, apesar da riqueza mineral deste corpo celeste.

A previsão desta sonda é chegar ao solo deste asteroide em 2026.

Como é e onde está o asteroide 16 Psique

O asteroide 16 Psique se localiza a cerca de 370 milhões de quilômetros da Terra, orbitando o Sol e compondo o cinturão de asteroides entre Marte e Júpiter.

Este asteroide tem 120 quilômetros de largura e 226 quilômetros de diâmetro.

O 16 Psique é um asteroide de metal,de tamanho imenso e massivo.

Para os astrônomos, o 16 Psique é o núcleo de um planeta que não se formou por completo, ou seja inacabado.

Segundo pesquisas astronômicas, os planetas se formaram a partir de uma espessa nuvem de poeira e gás ao redor das estrelas.

Esse fenômeno da formação dos planetas, se deu quando o material da nuvem começou a se concentrar eletrostaticamente e, em seguida, gravitacionalmente.

Com base nisso, é possível que enquanto o protoplaneta 16 Psique estava se formando, tenha sido atingido por algum corpo celeste  em nosso Sistema Solar. Esse pressuposto fato, pode o ter levado a perder seu manto e crosta, não conseguindo completar sua formação.

Como este asteroide vem sendo estudado

O 16 Psique foi estudado pela primeira vez através do Telescópio Espacial Hubble, que revelou por meio de comprimentos de onda ultravioleta, que este asteroide é uma gigantesca rocha metálica espacial.

O lançamento da sonda Psique é a próxima missão para se aprofundar no conhecimento sobre ele.

Mais informações sobre essa pesquisa e missão espacial, confira no site IOPscience (Institute of Physics Publishing).

Vídeo sobre o 16 Psique

Veja neste vídeo do canal Ciência News mais informações sobre o asteroide 16 Psique:

A ciência busca entender o Universo

Enquanto a ciência busca entender o Universo, os terráqueos continuam complicando a vida na Terra, com seus sistemas de consumo e de devastação do meio ambiente.

Tanto dinheiro gasto em pesquisas espaciais, enquanto cerca de 690 milhões de pessoas vivenciaram a fome no ano de 2019, segundo informações publicadas nos site UNICEF.

Um grande paradoxo essa situação, embora ela denote a abundância infinita do Universo.

E você, o que acha disso?

Talvez te interesse ler também:

Elon Musk está procurando 3 pessoas para dar um rolê no espaço. Partiu?

Pentágono confirma a autenticidade das imagens de OVNIs registradas durante missões aéreas

2021 será regido por Vênus: como será o novo ano?

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *