Pentágono confirma a autenticidade das imagens de OVNIs registradas durante missões aéreas

Pentágono confirma a autenticidade das imagens de OVNIs registradas durante missões aéreas

Discos voadores existem? Existe vida extraterrestre? Quem já não se fez essas perguntas? Vira e mexe surgem depoimentos de pessoas e notícias sobre o aparecimento de objetos voadores não identificados – OVNIs – em vários lugares do mundo.

Na internet, por exemplo, circulam três vídeos com imagens de OVNIs que foram registrados por pilotos norte-americanos durante missões aéreas.

Estes vídeos haviam sido “vazados” na internet em 2007 e 2017 e, para evitar equívocos de informações e prestar maiores esclarecimentos, o Pentágono tornou oficial a liberação e a autenticidade destas mídias na última segunda-feira, 27.

Segundo o Pentágono, que é sede do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, as imagens foram captadas em voos ocorridos em 2004 e 2015.

Em nota, este órgão prestou o seguinte esclarecimento sobre a divulgação oficial destas imagens:

“Após uma análise minuciosa, o departamento concluiu que a liberação autorizada desses vídeos não revela nenhuma informação sensível e não afeta investigações subsequentes de incursões no espaço aéreo militar por fenômenos aéreos não identificados.”

Confira neste vídeo do canal UOL a reportagem com as imagens liberadas oficialmente pelo Pentágono:

Apesar da liberação oficial e pública deste material trazer à tona a possível existência de naves extraterrestres, o Pentágono classificou as imagens como “fenômenos aéreos inexplicáveis“.

E, você o que acha? Acredita que sejam extraterrestres e que há vida em outros planetas?

Talvez te interesse ler também:

Que foto a NASA tirou no dia do seu aniversário? Descubra com o #Hubble30

O Sol visto de perto: o espetáculo de um supertelescópio

Síndrome de Kessler: o lixo espacial vai causar tilt na Terra

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *