Câmara aprova o fim do plástico descartável na administração pública

Câmara aprova o fim do plástico descartável na administração pública

A Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Câmara dos Deputados aprovou uma proposta de proibição de copos e outros materiais descartáveis na administração pública.

O projeto tramita em caráter conclusivo e ainda será analisado pelas comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania, com informa a Agência Câmara de Notícias

A ideia é reduzir gradativamente esses materiais poluentes, feitos de petróleo e de difícil degradação (até 400 anos). Os prazos para a redução será de 50% em cinco anos, com uma taxa de 10% a cada ano.

A administração pública ficará proibida de comprar copos e recipientes descartáveis para o consumo de bebidas e alimentos, devendo priorizar a aquisição destes objetos produzidos com materiais retornáveis e reutilizáveis.

O texto aprovado foi apresentado pelo deputado Zé Silva (Solidariedade-MG), e é um substitutivo de dois projetos anteriores que tratam do mesmo assunto. Além de reunir as duas propostas em uma, o substitutivo estabelece a gradatividade para o cumprimento da meta.

Demorou

Além de ser uma proposta de certa forma “atrasada” (mas antes tarde do que nunca), a pergunta que fica é: precisa mesmo de uma gradatividade assim lenta?

Talvez te interesse ler também:

Europa proíbe mas poluição por plástico já é quase irreversível, diz estudo

Ceará proíbe canudo plástico em estabelecimentos de todo o estado

Perigo oculto: a contaminação química por plástico no ambiente

Plástico descartável do delivery é o que mais polui os oceanos, revela pesquisa

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *