Fogos de artifício silenciosos: algumas cidades já aderiram à inciativa

Fogos de artifício silenciosos: algumas cidades já aderiram à inciativa

Não é só no réveillon, nas finais de jogos e até em aniversários muita gente, infelizmente, resolve comemorar fazendo barulho e gerando poluição.

Enquanto muitas pessoas comemoraram com rojões e fogos barulhentos, outras pessoas e muitos animais sofrem por conta do enorme barulho e dos acidentes causados por essa forma de comemoração.

É possível comemorar e festejar não colocando em risco a vida de outros seres, sem utilizar rojões e fogos de artifício barulhentos. Como alternativa, para isso existem os fogos de artifício silenciosos e os drones luminosos.

Muitas cidades do mundo já aderiram ou irão aderir a esse tipo de comemoração e espetáculo (coronavírus permitindo de novo, é claro).

Essas alternativas, além de constituírem uma forma mais consciente e respeitosa de festejar, também evitam perturbar e colocar em risco a integridade de pessoas doentes, bebês, crianças autistas e dos animais com pânico de fogos estrondosos.

São Paulo deu o exemplo

A virada de 2018 para 2019 na cidade de São Paulo, precisamente na Avenida Paulista, foi marcada pelo uso de fogos de artifício silenciosos.

Na época, os rojões com estrondo foram proibidos, graças a uma lei aprovada pela Câmara Municipal de São Paulo, com o objetivo de evitar transtornos para idosos, crianças, pessoas com deficiências e animais, suscetíveis a padecerem com o barulho provocado pelos fogos barulhentos e pelos rojões perigosos.

Desafortunadamente, esta lei que proibia a utilização de fogos de artifício em São Paulo foi suspensa pelo ministro Alexandre de Moraes do STF, devido à uma ação apresentada pela Associação Brasileira de Pirotecnia (Assobrapi), devido ao interesse na venda dos fogos estrondosos e rojões.

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, entrou com recurso afirmando que a referida lei (Lei n° 16.897, de 23 de maio de 2018) foi aprovada pela Câmara Municipal, por conta que grandes comemorações culturais incluindo a Festa de Ano Novo ocorrem na Avenida Paulista, onde estão localizados alguns dos principais hospitais da capital.

Em alguns réveillons, cidades como Santos, Campinas e Ubatuba, tiveram somente fogos de artifício silenciosos, que produzem menos ou nenhum barulho. Essas cidades demostraram que é possível festejar sem causar dano a nenhum ser, pois, o barulho dos fogos, causam estresse e sacrifica a vida de muitos seres vivos, sejam humanos que animais.

Mas enquanto o coronavírus colocou em pausa todo tipo de comemoração pública para evitar aglomeração, muita gente continua fazendo o que bem quer em casa. E isso inclui soltar rojões nas finais dos Flas-Flus da vida.

É preciso concientizar a população.

Riscos e Perigos dos rojões e dos fogos barulhentos

É bom lembrar que os fogos de artifício, além de barulhentos, são explosivos e por isso perigosos.

Os prejuízos que estes tipos de fogos podem trazer são:

  • acidentes com queimaduras
  • incêndios
  • fugas de animais e até acidentes e morte deles, por causa do medo e da sensibilidade auditiva
  • enfarte em pessoas propensas a problemas cardíacos, que tomam susto com o barulho dos fogos

Cidades que comemoraram a passagem de ano com fogos silenciosos em 2019

Para a alegria de muitos, algumas cidades brasileiras comemoraram a passagem de ano com fogos silenciosos. Vejam alguma delas:

São Lourenço do Sul – RS

Pela primeira vez, São Lourenço do Sul, no Rio Grande do Sul, teve fogos silenciosos no Show da Virada promovido pela prefeitura por meio da Secretaria de Turismo, Indústria e Comércio. Esta iniciativa visa não perturbar autistas e animais.

Palhoça – SC

O réveillon em Palhoça, Santa Catarina, teve apresentação de fogos silenciosos nas praias da Pinheira, Praia de Fora, Ponta do Papagaio e Barra do Aririu, além de outras atrações.

Piratininga – SP

Já na cidade de Piratininga a festa do réveillon 2020, foi comemorada com fogos silenciosos em um evento fechado para todas as idades no Novo Thermas e contou com várias atrações.

Titi e seus amigos

No Instagram um lindo dálmata, Titi, espalha a campanha #RioSemEstampidos para que na cidade maravilhosa os governantes adotem os fogos silenciosos quando, se houver, evento público, e para que a população se conscientize do malefício e da inutilidade dos rojões.

Sejamos solidários aos que acabam sendo prejudicados pelos rojões e fogos barulhentos. Nesse momento que estamos passando, com os hospitais lotados, a última coisa que alguém pode pensar é em soltar rojão. E mesmo assim há quem solte.

Faça parte deste movimento pelo fim dos rojões, dos fogos barulhentos e poluentes. Há 1001 outras maneiras de festejar.

Compartilhe!

Talvez te interesse ler também:

FOGOS DE ARTIFÍCIO SILENCIOSOS GRAÇAS AOS DRONES QUE SE ILUMINAM NO CÉU (VÍDEOS)

FOGOS DE ARTIFÍCIO NUNCA MAIS: CONHEÇA OS RISCOS, EVITE ACIDENTES, PROTEJA OS ANIMAIS!

A INOVADORA CASINHA À PROVA DE ROJÕES, QUE ISOLA OS CÃES DE QUALQUER RUÍDO

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *