10 de dezembro - Dia Internacional dos Direitos Animais

  • atualizado: 
Direitos Animais

Em 1977, a Liga Internacional dos Direitos do Animal instituiu a Declaração Universal dos Direitos dos Animais. Em 1998, foi criado o Dia Internacional dos Direitos Animais (DIDA) pela ONG inglesa Uncaged, que é comemorado todo dia 10 de Dezembro.

Graças à campanha dessa ONG, que reivindicava a consideração de que todos os animais devem ser tratados como sujeitos morais e de direito, a situação começou a mudar, ganhando força a luta e a defesa aos Direitos dos Animais. Neste mesmo ano, pela ação dessa ONG, a Declaração Universal dos Direitos dos Animais foi aprovada pela Organização de Nações Unidas (ONU) e pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e a Cultura (UNESCO).

A Declaração Universal dos Direitos dos Animais é composta por 14 artigos, que têm por base o princípio fundamental que todos os animais têm direitos à dignidade e à vida!

Saiba mais sobre esta importante data e seus objetivos!

1. Os motivos do Dia Internacional dos Direitos Animais

Nesta data consagrada aos Direitos dos Animais, acontecem no mundo todo muitas campanhas, palestras e ações visando conscientizar, divulgar e compartilhar informações sobre a importância do respeito, da valorização e da preservação de todas espécies animais.

No dia 10 de dezembro também é comemorado o Dia Internacional dos Direitos Humanos, tornando este dia uma data em prol da defesa dos direitos tanto dos animais, como dos humanos.

Como ocorre a crueldade com os animais

É muito crítica a situação dos animais no mundo inteiro. Bilhões de animais são mortos, torturados, traficados, explorados ou abandonados! O ser humano tem devastado os habitats de muitas espécies, reduzindo o espaço, a vegetação e poluindo a água onde vivem estes animais.

O homem maltrata, confina e abate os animais para comer

  • arranca suas peles para fazer calçados, bolsas e vestuários
  • tira seus chifres e dentes para a confecção de diversos objetos
  • explora e escraviza animais em circos, rodeios, vaqueadas, touradas, competições, corridas, zoológicos, parques e aquários obriga animais a procriarem, de forma abusiva e cruel, para venda de filhotes
  • apreende e trafica animais em condições desumanas para comercializá-los e
  • abandona seus animais domésticos na rua, à mercê da própria sorte, onde estão sujeitos a crueldade, à fome, sede e acidentes.

Fora tudo isso, os animais são usados em testes de laboratórios, quando existem outras alternativas para isso. Diversas espécies estão em extinção e outras já deixaram de existir, pela ação do homem.

E tudo isso reflete negativamente em toda biodiversidade de nosso planeta.

Causas do sofrimento animal

Durante toda a história da humanidade, o ser humano foi se distanciando da Natureza e da compaixão com os animais, transformando estes e os recursos naturais em fontes de lucro e poder.

E, conforme o materialismo, o consumismo, a industrialização, a competição econômica foram aumentando, os animais foram perdendo o direito de viver e serem tratados como seres e não objetos. E, na atualidade, vemos exemplos disso todos os dias:

  • Venda de animais em pet shops
  • O açougue do mercado cheio de cadáveres de animais
  • As refeições diárias de pessoas com as carnes de diversos animais
  • O abandono de animais domésticos, que ainda são maltratados ou até vítimas de extrema crueldade imputadas pelos seres desumanos.
  • Animais que são explorados pela indústria alimentícia, têxtil, farmacêutica, cosmética, da moda, do entretenimento, da higiene e da limpeza, entre outras.

O ser humano se condicionou a crença que animal é diferente do humano e que não sofre e não sente, para justificar o fato de consumi-los e usá-los para atender as suas demandas, seja na alimentação, higiene, beleza, vestuário, diversão, entre outros.

É necessária uma tomada de consciência para o ser humano perceber que tudo isso o torna desumano e especista, discriminando as outras espécies de animais e não respeitando o direito de todos eles à vida e à dignidade!

Como mudar essa realidade

Existe uma maneira de mudar essa realidade, cada um com seu tijolinho, visando construir um mundo melhor para humanos, animais e toda a natureza!

Uma atitude, que vem se tornando crescente à cada dia, é a escolha de se praticar o veganismo, pois é a forma de parar de dar força à toda essa engrenagem de crueldade e escravidão animal!

O veganismo propõe uma forma de vida na qual os animais sejam respeitados em seu direito de viver segundo suas naturezas.

A defesa dos Direitos Animais é o objetivo do Veganismo para que se estabeleça a justiça, a valorização e a igualdade que os animais merecem e têm direito, pois eles precisam de nós para se defenderem da exploração que sofrem por parte dos seres humanos.

Quando o ser humano tratar os animais como seres que sentem, amam, sofrem e querem viver, respeitando o direito deles à vida, seremos beneficiados, pois viveremos em um mundo melhor para todos!

Reconhecendo os direitos dos animais cessarão a matança, a crueldade, o sofrimento, a exploração, a dor, o abandono, o tráfico e tantas outras barbaridades e atrocidades que ocorrem com os animais em nosso mundo! Somente com nossas escolhas e atitudes podemos mudar isso!

A importância de divulgar e praticar os Princípios de Defesa e Proteção dos Animais

Todo ano, a data de 10 de Dezembro é utilizada para eventos e manifestações em diversas partes do mundo para promover ações em prol da defesa dos Direitos dos Animais.

ONGs, grupos, associações, entidades, ativistas, protetores de animais e cidadãos se unem pela causa dos direitos dos animais, visando contestar as injustiças e crueldades cometidas contra eles; para difundir a importância da prática do veganismo; da necessidade da criação de leis que promovam a defesa e proteção dos animais e da importância da união da sociedade na defesa e proteção dos animais.

O Dia Internacional dos Direitos Animais é uma data que nos recorda da necessidade de ações conscientes e da compaixão para com os animais e os benefícios que isso lhes trazem, pois Vida é Vida!!

2. Vídeo e Reflexão: Vida é Vida!

E por falar em Vida, e para finalizar nossa reflexão, fiquem com a mensagem deste vídeo!

Boa reflexão e ação!

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!