BrincouTrocou - app de consumo consciente para o Natal que vem aí

O Natal, que antes era uma festa pagã, de louvação ao Senhor, se transformou em uma festa de consumo, quase uma orgia do “compra, compra” que responde bem à sociedade de consumo criada para alimentar o mercado capitalista.

Mas você pode mudar essa realidade, levando a sério a necessidade do consumo consciente, da menor geração de resíduos, do reaproveitamento de bens, que são princípios fundamentais para a preservação dos recursos naturais terrestres você pode até fazer um Natal divertido para seus filhos com a prática da troca.

Nossa, como está cheio esse armário!

Quando a gente olha o armário de brinquedos dos nossos filhos levamos um susto - e cada vez o susto aumenta mais, com o aumento da quantidade de brinquedos. O problema, quantidade excessiva de brinquedos, tem também a ver com os apelos, frenéticos e constantes, da publicidade, que inunda nossos lares através da televisão.

Você já pensou em doar uma parte desses brinquedos? Seria essa uma boa prática, educativa inclusive, pois ensina os pequenos o valor de compartilhar com quem não tem, o muito que temos nós. Também ensina a solidariedade, a mão estendida, o carinho pelo outro. Enfim, uma prática de ensinar a amar, muito importante.

BrincouTrocou, uma solução prática

Bom, para começar com essas modificações na sua casa, na sua vida, foi inventado um app, para android e ios, que te liga a um site de trocas de brinquedos. É o BrincouTrocou, onde você poderá se inscrever, colocar fotos atualizadas dos brinquedos que pretende enviar, marcar os brinquedos que pretende receber, indicar os endereços para onde deverão ser encaminhados, etc.

No site você deverá adquirir o valor do envio, em moedas de prata, que será feito por Sedex. Cada brinquedo que você cadastrar tem um valor que gera as moedas de prata necessárias ao envio. No seu cadastro você deverá adquirir uma moeda de ouro, como contribuição para a manutenção do site. Este sistema facilita as trocas e aumenta a liberdade dos trocadores já que não requer o contato entre interessados - a troca é feita internamente pelo site.

Doação para quem não tem?

E se o seu filho tem brinquedos realmente em demasia, porque não ensiná-lo a doar aqueles com os quais já não brinca e que ainda estão em bom estado?

Para isso, uma solução prática é a Campanha Papai Noel dos Correios. Vá até uma agência de correios próxima de sua casa e retire algumas cartas de crianças que pedem presentes - as crianças que as escrevem, em geral, não recebem presentes de Natal então, você poderá fazer a parte do Papai Noel, enviando brinquedos que ao seu filho já sobram, não é?

Leia também:

A VERDADEIRA HISTÓRIA DOS BRINQUEDOS. VIAGEM AO INFERNO DAS FÁBRICAS CHINESAS

CHANGE YOUR SHOES: SABE COMO SÃO FEITOS OS TEUS CALÇADOS?

10 IDEIAS DE PRESENTES DE NATAL FAÇA VOCÊ MESMO

Fonte foto: brincoutrocou