/consumir/cosmeticos/8341-vaselina-o-que-e-riscos

Vaselina: o que é, riscos para saúde e meio ambiente. Conheça alternativas

  • atualizado: 
vaselina

Você já usou Vaselina ou sabe o que é e para que serve? A Vaselina é uma substância gelatinosa incolor ou amarelada que deriva do petrolato, que é um dos derivados do petróleo.

Após, a retirada da parafina e de óleos pesados, o petrolato pode virar além da Vaselina, óleo mineral, ou parafina líquida, e ser ingrediente de formulações em remédios e cosméticos.

A Vaselina tem vários usos e finalidades e em suma trata-se de uma gelatina de petróleo ou uma parafina líquida utilizada na formulação de vários tipos de produtos.

Neste conteúdo você irá conhecer melhor a Vaselina e saberá os efeitos negativos e prejudiciais de seu uso.

1. Características da Vaselina

A Vaselina tem as seguintes características:

  • é incolor
  • oleaginosa
  • límpida
  • inodora quando fria e com leve odor de petróleo quando aquecida
  • insípida (sem sabor)
  • insolúvel em água e álcool
  • miscível (misturável), exceto com o óleo de rícino
  • solúvel em óleos essenciais, no éter, clorofórmio e éter de petróleo.

2. História

Em 1859, Robert Chesebrough em uma ida aos campos petrolíferos em Titusville, na Pensilvânia ficou sabendo que um resíduo de petróleo chamado "rod wax" era utilizado pelos trabalhadores dos campos petrolíferos para tratar feridas, lesões, cortes, feridas e queimaduras.

Robert Chesebrough levou amostras desse resíduo para Brooklyn e obteve, a partir desse material, a geleia de petróleo (petroleum jelly). Dessa forma, começou a fabricar um produto medicinal que recebeu o nome de "Vaseline", sendo patenteada com esse nome comercial e fabricada pela Chesebrough Manufacturing Company, nos Estados Unidos em 1872, posteriormente, esta empresa foi comprada pela Unilever em 1987.

3. Vaselina - por que não usá-la?

A Vaselina é usada em produtos de beleza para hidratar a pele e deixá-la mais macia, entretanto não é bem assim, pois, o que esse produto faz é reter a umidade da pele e não realmente hidratar, além do petrolato contido nela ser tóxico e perigoso para a saúde humana e de não ser um produto sustentável e ecológico.

A razão dessa toxidade está nos componentes que fazem parte desse produto e de seus efeitos prejudiciais, como:

TOXIDADE

Os hidrocarbonetos são substâncias tóxicas presentes na vaselina que podem se acumular no tecido adiposo do corpo e contaminar o organismo humano.

DEGRADA O COLÁGENO DA PELE

Por criar uma barreira na pele, a vaselina gera um efeito oclusivo no tecido adiposo, podendo vir a causar a degradação do colágeno, ou seja, não permite que a pele respire e nem absorva nutrientes, retardando o processo de renovação celular. Com isso, a pele irá extrair do colágeno a água e os nutrientes que necessita. Dessa forma, com a degradação do colágeno, se acelera o surgimento das rugas.

AUMENTA O NÍVEL DE ESTROGÊNIO

A Vaselina e produtos com petrolato contêm substâncias químicas chamadas xenoestrogênios, que podem acentuar a presença do estrogênio no organismo.

Com a predominância do estrogênio no corpo, abaixa-se os níveis de progesterona, necessários para manter um equilíbrio hormonal.

Esse desequilíbrio pode causar alergias, esterilidade, problemas no ciclo menstrual, envelhecimento precoce, doenças auto-imunes, deficiências nutricionais, distúrbio do sono e até mesmo câncer.

POSSUI SUBSTÂNCIA ALTAMENTE CANCERÍGENA

Uma das substâncias químicas contidas na Vaselina, e no petrolato, e que tem efeitos carcinogênicos é o dioxano, encontrado em quase um quarto dos produtos de beleza.

Outro efeito nocivo do dioxano pode ocorrer quando pequenas quantidades de Vaselina, ou produtos com petrolato, são inalados e acabam nos pulmões. Como o corpo não tem capacidade de metabolizar essa substância, pode desencadear inflamação nos pulmões.

4. O que é petrolato?

Petrolato é um subproduto do refino de petróleo cru, sendo obtida a partir dos resíduos de óleo destilado do petróleo.

O petrolato utilizado para fabricação de cosméticos e produtos farmacêuticos é o petrolato branco, usado em cosméticos e produtos farmacêuticos, por ser a forma mais pura, mas, não totalmente segura, devido à substâncias cancerígenas que pode conter, embora em menor quantidade.

Nos rótulos, o petrolato pode ser identificado com vários nomes, além de petrolato, como: vaselina, óleo mineral, parafina líquida, óleo de parafina ou gel de petróleo.

5. Como e por que a Vaselina é usada?

A Vaselina é utilizada em loções, detergentes, cosméticos, produtos infantis de higiene, por manter uma barreira protetora na pele, dando a sensação de hidratação por reter a umidade.

A propriedade da Vaselina reter a umidade da pele pode ter efeitos nocivos para a pele, sendo uma substância que cria uma película na pele que pode entupir os poros, inclusive  o uso da Vaselina em peles com tendência acneica, pode agravar mais ainda o problema por aumentar o calor nessas áreas.

Em suma, a Vaselina bloqueia a água já presente na pele, evitando a evaporação, se você quer um produto com propriedade de hidratação sem riscos à sua pele, saúde e ao meio ambiente existem outras alternativas.

6. Alternativas substitutivas à Vaselina

Existem muitas alternativas naturais e saudáveis que podem ser usadas no lugar da Vaselina e com real capacidade de hidratação e nutrição da pele, tais como:

MANTEIGA DE KARITÊ

É um produto que ajuda a reduzir a inflamação da pele e aumenta a produção de colágeno, rica em vitaminas A, E e substâncias hidratantes.

Para saber mais sobre os benefícios dessa alternativa de origem vegetal, consulte o conteúdo:

MANTEIGA DE CACAU

A boa e velha manteiga de cacau utilizada tradicionalmente para hidratar o lábios é rica em antioxidantes e substâncias hidratantes também para a pele, combatendo o seu ressecamento o envelhecimento precoce. Saiba mais sobre as propriedades da manteiga de cacau em:

ÓLEO DE COCO

É um óleo muito versátil, cheio de utilidades e com muitas propriedades benéficas para a saúde do corpo, cabelo, unhas e beleza da pele. Conheça mais sobre o óleo de coco e seus diversos usos no conteúdo:

ÓLEO DE AMÊNDOA DOCE

Esse óleo vegetal é bem hidratante, rico em vitamina E e outros nutrientes. Amplie seu conhecimento sobre esse óleo benéfico para a pele em:

ÓLEO DE RÍCINO

O óleo de rícino tem origem da semente da mamona e possui propriedades revigorantes e rejuvenescedoras para pele e cabelo, saiba mais sobre as indicações do uso do óleo de rícino, bem como utilizá-lo na matéria:

7. Riscos ao meio ambiente

A melhor escolha é a que promove beleza, sem causar danos à saúde e à Natureza

Agora que você conhece melhor a Vaselina, o petrolato e os prejuízos que trazem para a saúde humana, saiba também que causam impactos negativos no meio ambiente, pois poluem o solo, o ar, os mares, os rios, lagos e oceanos, e, dessa forma, provocam danos aos seres vivos que vivem na Natureza.

O recomendável é evitá-los, afinal, como visto, existem opções mais saudáveis e naturais para hidratar e proteger sua pele, lábios e cabelos.

Talvez te interesse ler também:

DESODORANTE NATURAL SUPER EFICIENTE: FAÇA VOCÊ MESMO EM CASA

CÚRCUMA: MELHORA A FUNÇÃO DA BARREIRA DA PELE, BEM COMO A SUA HIDRATAÇÃO

NO ESMALTE OS PRODUTOS TÓXICOS QUE PENETRAM NO CORPO POUCAS HORAS APÓS USO

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!