Câncer de mama: atenção às tintas e aos alisantes para cabelos. O estudo com 45 mil mulheres

Câncer de mama: atenção às tintas e aos alisantes para cabelos. O estudo com 45 mil mulheres

Muitas colorações para os cabelos e vários produtos químicos de efeito alisante contêm substâncias cancerígenas que interferem no sistema endócrino. O uso regular desses produtos pode aumentar o risco de desenvolver câncer de mama.

Não é a primeira vez que pesquisadores investigam o potencial cancerígeno de tintas e alisantes de cabelo. Um grande estudo confirmou a associação entre produtos para cabelos e o risco de câncer de mama em mulheres de diversas etnias. A pesquisa foi conduzida a partir de dados coletados de mais de 45 mil mulheres saudáveis, com idades entre 35 e 74 anos, envolvidas no “Sisters Study”, um estudo realizado com as irmãs de mulheres que sofrem de câncer de mama.

As participantes, inscritas entre 2003 e 2009, responderam a questionários que incluíam perguntas sobre o eventual uso de produtos para beleza dos cabelos nos doze meses anteriores ao início do estudo.

As mulheres foram monitoradas ao longo do tempo e quase 3.000 ficaram doentes com câncer de mama. Dessas, 55% usaram tintas colorantes permanentes ou feito tratamentos químicos de alisamento por 5 ou 8 semanas nos meses anteriores ao início da doença.

O uso desses produtos, especialmente se frequente, levou a riscos maiores para mulheres negras e pardas do que para mulheres brancas. Quanto às colorações, elas podem aumentar as chances de contrair câncer de mama em 45% das mulheres afro-americanas e em 7% das mulheres brancas.

Nas mulheres, sejam brancas ou negras, que usaram tratamentos químicos para alisar os cabelos, a probabilidade de desenvolver câncer de mama era 30% maior em comparação com as mulheres que não recorrem a esses tratamentos.

O estudo concluiu, portanto, que a aplicação de tinturas permanentes e produtos alisantes pode desempenhar um papel na carcinogênese mamária.

Nenhuma associação significativa surgiu entre o início do câncer de mama e a aplicação de tonalidades semipermanentes e ou temporárias.

É melhor evitar recorrer a tratamentos químicos alisantes e, se quiser cobrir os cabelos brancos ou mudar a cor dos cabelos, escolha produtos naturais ou corantes temporários.

Talvez te interesse ler também:

CABELOS NATURALMENTE CASTANHOS USANDO NOZES (CASCA E FOLHAS)

HIBISCO: COMO TINGIR O CABELO DE VERMELHO USANDO ERVAS NATURAIS

HENNA: TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER PARA TINGIR SEUS CABELOS DE UMA FORMA NATURAL

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *