Dieta Da Sopa: Como funciona, O que comer, Exemplos e Contraindicações

  • atualizado: 
dieta da sopa

Emagrecer...é Sopa! Esse é o título de um livro do médico naturalista Márcio Bontempo que tem mais de 52 receitas, boas e testadas, de sopas adequadas para uma dieta de emagrecimento.

E uma série de recomendações úteis também. Mas, não vou falar do livro, não, e sim da “famosa dieta da sopa” que é moda há, pelos menos 3 décadas.

Enfim, perder peso é o objetivo de muitas pessoas - daquelas que estão com sobrepeso real e das que, não o tendo, se angustiam com parcas gordurinhas quando tempo exige menos roupa e mais mostração.

DE ONDE VEM ESSA TAL “DIETA DA SOPA”?

Dietas existem aos montes mundo afora e essa, a dieta da sopa, sempre está vinculada, em autoria, a algum instituto de pesquisa ou de tratamento do coração, ou a uma universidade mas, nunca mesmo foi assinada por um nutrólogo qualquer. Engraçado, não é?

Pois é, a moda da dieta da sopa, diz a lenda, começou nos EUA (ou seria na Europa) e chegou ao Brasil lá pelos idos da década de 1990 - lembra da Dieta da Sopa da USP, do INCOR, do Instituto do Coração? Pois, é essa mesma.

Mas, é sério? Sim, é. Comer sopa até que emagrece e, se a sopa for bem feita, as refeições balanceadas, a oferta de nutrientes bem regulada, vai fazer muito bem. Afinal, sopa é comida cozida em água, com pouco ou nada de gordura, com enorme variedade de legumes e cereais e, muito líquido, que sacia e hidrata. Tudo de bom!

COMO É A “DIETA DA SOPA”

A chamada dieta de sopa de legumes foi criada com o objectivo de eliminar rapidamente o excesso de gordura. Este tipo de dieta promete uma perda de peso muito rápida - cerca de até 5 kg em uma semana - e costuma ser indicada para aqueles que estão em risco (excesso de colesterol, açúcar no sangue, pressão alta, etc) pois atua, de forma efetiva, na eliminação da gordura abdominal.

Você não vai precisar contar calorias nas porções e poderá tomar sopa à vontade assim como frutas e legumes, crus ou cozidos. Outros alimentos têm algumas restrições, conforme os dias e tempo de duração da dieta.

Esta é uma dieta que pode ser seguido por uma semana (no máximo de duas) para evitar deficiências nutricionais. Mas, caso você precise ou decida prolongar o uso desse tipo de alimentação, deverá consultar seu médico sobre a conveniência e calibrar as carências nutricionais (vitaminas e minerais) com suplementos, conforme os exames de sangue indiquem a necessidade, ou os sintomas acusem a falta (tontura, cansaço, preguiça, falta de ânimo são sinais de algumas carências iniciais) como indica o Dr. Márcio Bontempo em seu livro.

DIETA SAUDÁVEL PARA UMA LONGA E BOA VIDA

O que vai na “Dieta da Sopa”?

Como já indica o nome, o prato principal é sempre algum tipo de sopa, seja almoço ou jantar - e você pode tomar mais sopa durante o dia, se quiser - e alguns outros alimentos que vão sendo acrescentados aos poucos e de forma controlada.

A base da sopa são:

  • tomate (celulose),
  • cebolas,
  • alho-poró,
  • aipo,
  • espinafre,
  • nabos brancos,
  • repolho,
  • pimentas,
  • alcachofras,
  • brócolis,
  • endívia,
  • beterraba,
  • chicória,
  • radicchio.

Imagina então um sopão consistente e cheiroso, com todos esses legumes cortadinhos em cubinhos? Sim, você poderá comer quantos pratos quiser e quantas vezes quiser, durante o dia. Essa sopa básica te dará a sensação de saciedade necessária para que a ansiedade das dietas fique longe de você e mais, também aportará com grande quantidade de fibras vegetais importantíssimas para a melhoria do trânsito intestinal e consequente desintoxicação do organismo. Sopas de legumes por uma semana é a dieta ideal para eliminar os resíduos que acumulamos nos intestinos, fígados e rins e, melhorar a absorção dos nutrientes da alimentação.

Recapitulando a dieta da sopa é:

  • hipocalórica
  • tem baixa proteína
  • rica em fibras
  • Favorece rápida perda de peso
  • é desintoxicante
 

FORA A SOPA, O QUE COMER?

Tal como acontece com outras dietas também a dieta da sopa tem uma lista de alimentos permitidos e recomendados e outros que devem ser evitados.

De tempero extra, em cada prato de sopa você poderá acrescentar 1 fio de azeite de oliva extra virgem (bom, tenha cuidado com os exageros - se for tomar muita sopa durante o dia divida a porção de azeite que, não deverá ultrapassar 1 colher de chá, no máximo, para todas as refeições).

Os primeiros dias são mais difíceis porque você só poder comer legumes e frutas - mas essa dificuldade é comum a toda dieta. A gente precisa se acostumar, mudar os hábitos e, na verdade essa mudança não se dá antes dos 21 dias de persistência.

Do quarto dia em diante você deverá acrescentar alimentos protéicos de origem animal, de forma controlada: leite desnatado e iogurte, peixes e cortes magros de carne. Também são permitidas pequenas quantidades de arroz integral.

Água com fartura (pelo menos 1 litro e meio ao dia), chás diversos e sucos de fruta, sem adoçar, devem ser tomados entre as refeições principais e sempre que sentir sede. Lembre-se que nosso cérebro pode confundir sede com fome (e até desânimo ou carência, tristeza ou sono, com fome, depende de como você curtiu a primeira infância, mas isso é assunto para outra conversa, claro).

Evite, com firmeza, os seguintes alimentos: grãos, legumes, queijo ou gorduras (manteiga, creme de leite, etc), carnes e peixes gordos.

Ah! Existem algumas versões desta dieta onde você pode, sim, acrescentar à sopa pequenas porções de leguminosas, como ervilhas ou feijão e até batatas. Enfim, cada qual há de encontrar a sua melhor variante.

dieta sopa 2

Recapitulando, na dieta da sopa que você pode comer:

  • Sopas
  • Legumes
  • Azeite extra virgem
  • Frutas

 

E, após o 4º dia, em pequenas quantidades, pode acrescentar:

  • Iogurte ou leite desnatado ou com baixo teor de gordura
  • Carne magra
  • Peixes magros
  • Arroz integral

Para beber, faça uso de:

  • água (pelo menos, um litro e meio de um dia)
  • chás
  • sumos de fruta sem açúcar

Evite os seguintes alimentos:

  • Massas e cereais em geral
  • Batatas
  • Pizza
  • Legumes
  • Manteiga
  • Creme
  • Maionese
  • Álcool
  • Açúcar
  • Bebidas açucaradas
  • Carnes gordas
  • Peixes gordos
  • Frutas frescas como bananas e uvas (para os primeiros dias)
 

EXEMPLO DE REFEIÇÕES PARA UMA SEMANA

 

PRIMEIRO DIA

Café da manhã: 1 xícara de chá e uma peça de fruta

Lanche: 1 copo de suco de fruta sem açúcar

Almoço e jantar: sopa à vontade

SEGUNDO DIA

Pequeno-almoço: extrato de frutas e legumes

Lanche: fruta ou suco de fruta sem açúcar

Almoço e jantar: sopa à vontade e legumes cozidos ao vapor ou frutas

TERCEIRO DIA

Pequeno-almoço: uma fruta e chá ou uma infusão

Snacks: frutas ou extrato de frutas e legumes

Almoço e jantar: sopa à vontade sobre legumes ou frutas no vapor

QUARTO DIA

Pequeno-almoço: um copo de leite desnatado (ou baixo teor de gordura iogurte) e uma fruta

Lanche: frutas (incluindo bananas)

Almoço e jantar: sopa para mais legumes ou frutas vai

QUINTO DIA

Pequeno-almoço: chá e frutas

Lanche: Frutas diversas

Almoço: sopa de carne magra e salada

Jantar: sopa e peixes magros (como o filé de bacalhau)

SEXTO DIA

Café da manhã: chá e fruta ou centrifugação ou extrato de frutas e legumes

Lanche: fruta ou sumo

Almoço: sopa e frango com legumes

Jantar: sopa e legumes no vapor

SÉTIMO DIA

Café da manhã: suco e frutas

Lanche: chá

Almoço: sopa com arroz integral (uma parte) mais legumes ou frutas

Jantar: sopa e legumes ou frutas

dieta sopa 3

CONTRAINDICAÇÕES

A dieta da sopa é hipoproteica e totalmente desequilibrada quanto a vitaminas e sais minerais, por isso não se aconselha fazê-la por mais de 2 semanas consecutivas.

A deficiência na ingestão de proteína, a longo prazo, será causa provável da perda de massa muscular. Isso reduz peso e saúde.

Uma dieta como esta, apesar de driblar bem a sensação de fome, tem a desvantagem de que não colabora para a reeducação alimentar da pessoa e, no final das contas, se você se descuidar, cairá no efeito sanfona outra vez.

Algumas pessoas reclamam de que esta dieta é monótona pois, afinal só tem sopa prá lá e prá cá - bem, aí vai de você dar uma olhada naquele livro de que eu falei lá no começo, o “Emagrecer… é Sopa”, do Márcio Bontempo, que tem uma série de boas receitas bem diversificadas. Eu sempre usei essas receitas pois são muito gostosas.

E, por último, a opinião de uma nutróloga que consultamos, Dra. Roberta Martinoli:

COMO FUNCIONA ESSA DIETA DA SOPA?

"A base de funcionamento desta dieta é que ela é, ao mesmo tempo, hipoprotéica, hipoglicose e hipolipídica, promovendo forte restrição calórica na alimentação diária do indivíduo que só deve ser usada para um tempo restrito, os 7 dias, em caso de necessidade real, e com acompanhamento médico, claro".

Bom, ai está tudo o que se pode dizer da “Dieta da Sopa”, como se faz e os cuidados necessários e, mais ainda, recomendar que, em qualquer dieta de emagrecimento, tenha bom senso, converse com seu médico, faça exames de controle para verificar se falta algo importante no seu sangue e, faça exercícios diários (caminhar até a esquina já é bom nessa nossa vida sedentária da atualidade).

Leia mais sobre sopas e dietas:

setaSOPA DE ARROZ DO PAI JOSÉ

setaDIETA PARA PERDER BARRIGA

setaCOMO PERDER PESO RÁPIDO SEM PASSAR FOME

setaDIETA PARA EMAGRECER