The End of Sitting: imagine um escritório onde fosse proibido sentar-se

escritório onde fosse proibido sentar-se

The End of Sitting é uma instalação não bem definida que fica entre as artes visuais, a arquitetura, a filosofia e a ciência empírica. Em nossa sociedade quase a totalidade das coisas ao nosso redor foram projetadas para que possamos nos sentar quando quisermos, e embora isso pareça ser ótimo, ou melhor, cômodo, a medicina vem condenando tal hábito.

Pesquisas médicas evidenciam que o excesso de sedentarismo (estar sentado) tem efeitos negativos à saúde. Um estudo recentemente publicado no British Journal of Sports Medicine analisou os telômeros, a parte final dos cromossomos, em um grupo de 49 pessoas com mais de 60 anos de idade e particularmente sedentárias. Verificou-se com o experimento que estar muito tempo sentado, encurta os tolômeros. Estas estruturas estão ligadas à expectativa de vida porque toda vez que uma célula se duplica, ela também duplica os cromossomos, processo que encurta os telômeros das células. Portanto, teoricamente, pode-se definir com exatidão a expectativa de vida de um ser vivo analisando quantos telômeros ainda restam em suas células.

O escritório de arquitetura RAAAF [Rietveld Arquitecture Art-Affordances] e a artista visual Barbara Visser desenvolveram um conceito de escritório onde cadeiras e mesas não são mais os pontos inquestionáveis de referimento para locais de trabalho. Em vez disso, a instalação oferece várias possibilidades para que os visitantes/"trabalhadores" possam explorar diferentes posições para se permanecer em um local de trabalho fictício. The End of Sitting marca o início de uma fase de testes experimentais que exploram as possibilidades de mudança radical nos ambientes de trabalho, seguindo o conceito médico acima descrito.

O que dizer? Interessante, até porque, como eu já tinha dito antes, existe uma frase que circula por aí, que diz que você percebe que está ficando velho quando chega em uma festa ou em um evento, procurando por um lugar para se sentar.

Então tá! Quem sabe em futuro próximo a regra seja...todo mundo de pé!

Leia também: O segredo para não envelhecer? Ficar em pé

Fonte foto: nrc.nl