5 bons motivos para se manter solteiro (segundo a ciência)

Você concorda com Tom Jobim de que é impossível ser feliz sozinho? Você pode estar enganado pois, a ciência revelou algumas vantagens de ser solteiro (por escolha ou não).

Na sequência dos resultados de uma série de pesquisas realizadas pela Universidade de Basileia na Suíça, pelo Instituto Max Planck para o Desenvolvimento Humano na Alemanha e pela Universidade da Califórnia, Santa Bárbara, ao que parece, essa é a hora e a vez dos solteiros.

De acordo com relatos de vários especialistas de todo o mundo, haveria pelo menos 5 vantagens em viver uma vida solitária:

melhor forma física

menor peso

maior criatividade

mais incentivos para o crescimento pessoal

melhores relações sociais e

uma rede mais ampla de amigos e parentes

De acordo com os dados da pesquisa, os solteiros pesam uma média de 2 quilos a menos do que os seus pares casados, mesmo que os casais tendam a comer alimentos mais saudáveis. Ser solteiro parece ajudar a manter a boa forma de outras maneiras: um estudo publicado no Journal of Marriage and Family, realizado som mais de 13 mil pessoas (algumas casadas ​​e outras não) observou-se que os solteiros geralmente fazem mais esportes e ocupam o dobro do tempo em atividades físicas do que aqueles que vivem aos pares.

Além disso, há também a Dra. Bella DePaulo, uma psicóloga da Universidade da Califórnia, Santa Bárbara, que apoia fortemente a vida de solteiro e viaja pelo seu país para apresentar suas descobertas (nem sempre bem-vindas por todos). DePaulo descobriu que os solteiros têm maiores chances de atingir o desejado crescimento pessoal, em última análise, mostrando-se mais auto-suficientes e determinados, com uma vantagem também sobre as emoções negativas que, em geral, viveriam mais raramente do que os casais.

Obviamente, estamos falando da solidão opcional, não imposta, o que, de acordo com um estudo publicado na Personality and Individual Differences, oferece a vantagem de garantir uma maior produtividade no escritório e uma melhor criatividade.

Ótimo ser solteiro também para a vida social. Ser sozinho parece que ajuda a promover uma rede mais ampla de amizades (que inclui, entre outras coisas, uma série de amigos mais íntimos) e uma melhor relação de disponibilidade para com os parentes.

Vários estudos mostraram que promover a amizade é a chave para envelhecer bem e aumentar o grau de felicidade. Um deles, publicado em 2008 no British Medical Journal, descobriu que as pessoas que tinham contato regular com 10 ou mais pessoas eram significativamente mais felizes do que aqueles que não tinham tais relações, e que as pessoas com menos amigos eram menos felizes no geral.

Dizemos para concluir que podemos encontrar muitas vantagens tanto na vida de casal como na de solteiro. Como tudo na vida, há prós e contras pra todos os lados. Basta saber aceitar e se tranquilizar na situação que estiver: sozinho ou acompanhado.

Talvez te interesse ler também:

QUEM ESTÁ MAIS ESTRESSADO? O CASADO OU O SOLTEIRO?

greenMe.com.br é uma revista brasileira online, de informação e opinião Editada também na Itália como greenMe.it