Colorir combate o estresse

colorir combate o estresse

Estressado? Colore que passa! Em uma gaveta, junto com uma caixa de lápis de cor e um velho álbum de colorir com ​​animais arredondados e carros que fazem brum brum, se esconde um remédio natural. Até a página 5 já está tudo colorido com as cores vibrantes da natureza: o pintinho é azulzinho, o carro do papai não é cinza, mas vermelho-carmim. Bem, minha filha que fez, mas e se eu fizesse também?

Que tal deixar sair a artista naïf que existe em você, em uma espécie de terapia da arte? Sim, porque, o foco na atividade criativa sempre teve efeitos benéficos sobre a psiquê, pelo simples fato de que, na maioria das vezes, serve para "distrair". Cores então, parecem ter algo como um antídoto mágico anti-estresse.

Colocar cor em uma folha branca, sem quaisquer ambições particulares de um artista profissional, relaxa e ajuda a controlar o estresse, melhora a concentração, a produtividade e reduz os níveis de ansiedade. Fantástico!

Resumindo, colorir, em essência, proporciona bem-estar, tranquilidade e também estimula as áreas do cérebro relacionadas com as habilidades motoras, os sentidos e a criatividade.

"A ação envolve tanto a lógica, que depende das formas que colorimos, que a criatividade, quando decidimos como misturar os vários tons possíveis. Isto inclui as áreas do córtex cerebral envolvidas nas habilidades visuais e motoras [coordenação necessária para fazer os pequenos movimentos precisos]. O relaxamento que proporciona diminui a atividade da amígdala, uma parte fundamental do nosso cérebro que lida com emoções ", diz a psicóloga Gloria Martinez Ayala.

Colorir, portanto, tem um efeito anti-estresse porque quando estamos desenvolvendo uma atividade criativa, nos concentramos sobre esta e não em nossas próprias preocupações. E também porque colorir nos leva de volta à infância, uma época em que, provavelmente, tivemos muitos momentos felizes.

mandala

MANDALA

Um dos primeiros psicólogos que aplicaram a cor como uma técnica de relaxamento foi Carl G. Jung no século passado, e o fez através da Mandala: desenhos circulares semelhantes às rosáceas das igrejas góticas. A Mandala é nativa da Índia, mas está presente em todas as culturas, com a sua forma em um círculo representando a vida, o nascimento, a maturidade, o simbolismo do renascimento que nos permitem concentrar em nós mesmos e afastar os pensamentos negativos.

VOCÊ SABIA

Em países como a França e Reino Unido, livros para colorir para adultos são verdadeiros best-sellers? A editora francesa Hachette tem uma coleção chamada Arte-Terapia, com uma série de volumes anti-estresse, que compreende todos os tipos de desenhos, de borboletas à flores, de cupcakes à grafites e desenhos psicodélicos.

No Reino Unido, são livros populares os do ilustrador Mel Simone Elliot, que traz celebridades como Ryan Gosling, Lady Gaga, Beyoncé e Kate Moss para serem coloridas na série Colour Me Good.

Também existem inúmeros livros Mandala, mas se você tiver tantos livros para colorir dos seus filhos, peça-lhes um emprestado: colorir a Cinderela ou os dinossauros com certeza irão te tirar do estresse. É provar para crer!

Leia também:

seta10 COISAS A FAZER PARA SE SENTIR GRATIFICADO E FELIZ

setaUM LIVRO PARA COLORIR COM MENSAGENS PARA LEVANTAR O ASTRAL

setaEFEITOS DO ESTRESSE NO CORPO HUMANO