Colorir combate o estresse

  • atualizado: 
colorir combate o estresse

Estressado? Colore que passa! Em uma gaveta, junto com uma caixa de lápis de cor e um velho álbum de colorir com ​​animais arredondados e carros que fazem brum brum, se esconde um remédio natural. Até a página 5 já está tudo colorido com as cores vibrantes da natureza: o pintinho é azulzinho, o carro do papai não é cinza, mas vermelho-carmim. Bem, minha filha que fez, mas e se eu fizesse também?

Que tal deixar sair a artista naïf que existe em você, em uma espécie de terapia da arte? Sim, porque, o foco na atividade criativa sempre teve efeitos benéficos sobre a psiquê, pelo simples fato de que, na maioria das vezes, serve para "distrair". Cores então, parecem ter algo como um antídoto mágico anti-estresse.

Colocar cor em uma folha branca, sem quaisquer ambições particulares de um artista profissional, relaxa e ajuda a controlar o estresse, melhora a concentração, a produtividade e reduz os níveis de ansiedade. Fantástico!

Resumindo, colorir, em essência, proporciona bem-estar, tranquilidade e também estimula as áreas do cérebro relacionadas com as habilidades motoras, os sentidos e a criatividade.

"A ação envolve tanto a lógica, que depende das formas que colorimos, que a criatividade, quando decidimos como misturar os vários tons possíveis. Isto inclui as áreas do córtex cerebral envolvidas nas habilidades visuais e motoras [coordenação necessária para fazer os pequenos movimentos precisos]. O relaxamento que proporciona diminui a atividade da amígdala, uma parte fundamental do nosso cérebro que lida com emoções ", diz a psicóloga Gloria Martinez Ayala.

Colorir, portanto, tem um efeito anti-estresse porque quando estamos desenvolvendo uma atividade criativa, nos concentramos sobre esta e não em nossas próprias preocupações. E também porque colorir nos leva de volta à infância, uma época em que, provavelmente, tivemos muitos momentos felizes.

mandala

MANDALA

Um dos primeiros psicólogos que aplicaram a cor como uma técnica de relaxamento foi Carl G. Jung no século passado, e o fez através da Mandala: desenhos circulares semelhantes às rosáceas das igrejas góticas. A Mandala é nativa da Índia, mas está presente em todas as culturas, com a sua forma em um círculo representando a vida, o nascimento, a maturidade, o simbolismo do renascimento que nos permitem concentrar em nós mesmos e afastar os pensamentos negativos.

VOCÊ SABIA

Em países como a França e Reino Unido, livros para colorir para adultos são verdadeiros best-sellers? A editora francesa Hachette tem uma coleção chamada Arte-Terapia, com uma série de volumes anti-estresse, que compreende todos os tipos de desenhos, de borboletas à flores, de cupcakes à grafites e desenhos psicodélicos.

No Reino Unido, são livros populares os do ilustrador Mel Simone Elliot, que traz celebridades como Ryan Gosling, Lady Gaga, Beyoncé e Kate Moss para serem coloridas na série Colour Me Good.

Também existem inúmeros livros Mandala, mas se você tiver tantos livros para colorir dos seus filhos, peça-lhes um emprestado: colorir a Cinderela ou os dinossauros com certeza irão te tirar do estresse. É provar para crer!

Talvez te interesse ler também:

10 COISAS A FAZER PARA SE SENTIR GRATIFICADO E FELIZ

UM LIVRO PARA COLORIR COM MENSAGENS PARA LEVANTAR O ASTRAL

EFEITOS DO ESTRESSE NO CORPO HUMANO

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!