Óleo de cannabis reduziria pela metade o câncer de pulmão: 'resultados surpreendentes'

  • atualizado: 
oleo de canapa

O óleo CDB ou o óleo de cannabis reduziria pela metade o câncer de pulmão de um paciente, tornando-se um caso interessante para os cientistas e uma nova confirmação da eficácia do cânhamo contra tumores.

Há vários anos, a cannabis tem sido usada com fins terapêuticos para combater os sintomas de pacientes com câncer, como náusea, vômito por quimioterapia ou reduzir insônia, ansiedades e perda de apetite. No entanto, estudos e experimentos estão começando a aumentar porque a planta vem sendo usada precisamente na terapia e no tratamento dos próprios tumores.

O último caso vem da Inglaterra, onde um paciente com câncer de pulmão decidiu tomar óleo à base de CBD para combater o tumor e descobriu que os efeitos de seu uso teriam diminuído pela metade seu tamanho e bloqueado a progressão da doença. Os detalhes do caso não foram divulgados, mas o que se sabe é que o idoso inglês recusou os tratamentos tradicionais como quimioterapia e radioterapia e optou pelo tratamento baseado no canabinóide não psicoativo.

Os resultados surpreendentes foram observados pelos médicos que cuidavam do paciente. Eles decidiram publicar um relatório na revista científica Sage Open, em que afirmam:

"Os dados apresentados indicam que a auto-administração de óleo CBD por um mês pode ter desempenhado um papel importante na resposta extraordinária em um paciente com adenocarcinoma histologicamente comprovado no pulmão, na ausência de qualquer outra mudança identificável no estilo de vida, ingestão de fármacos ou mudança alimentar. São necessários mais estudos, seja in vitro, seja in vivo, para avaliar melhor os vários mecanismos de ação do CBD nas células malignas e sua potencial aplicação no tratamento não apenas do câncer de pulmão, mas também de outros tumores malignos".

tumor 1

tumor 2

Não é o primeiro caso a chamar a atenção por conta dos resultados surpreendentes. O FDA, o órgão norte-americano que lida com a regulamentação de produtos alimentícios e farmacêuticos, já se manifestou positivamente sobre os efeitos da cannabis, considerando-a capaz de combater as formas mais graves de câncer no cérebro.

O outro exemplo veio graças a uma equipe de cientistas do Instituto Dana-Farber de Câncer da Universidade de Harvard, que publicou os resultados de um estudo revelando que uma substância química presente na cannabis demonstrou "um potencial terapêutico significativo" no tratamento de câncer de pâncreas.

Na Itália, o Instituto Europeu de Oncologia começou a administrar cannabis juntamente com terapias tradicionais e a monitorar a condição dos pacientes. O Dr. Nabissi, pesquisador da Universidade de Camerino, estudioso do tópico sobre o qual lançou vários relatórios e publicações, também expressou sua opinião sobre o caso:

"Atualmente, um relato de caso como esse é a única maneira de fortalecer estudos com canabinóides contando um único caso clínico: é o que estou tentando fazer com alguns médicos também e é a única maneira de fortalecer o efeito sinérgico dos canabinóides, esperando que alguém autorize um estudo clínico mais amplo".

Espera-se, portanto, que se dê continuidade aos estudos clínicos e pré-clínicos com a cannabis e seus extratos, como tem sido o caso dos Estados Unidos para o tratamento de inúmeras doenças e condições, como as doenças autoimunes, a AIDS, a esclerose múltipla e a Doença de Alzheimer, de modo a permitir que muitas pessoas possam usar o medicamento.

O avanço nas pesquisas sobre o tema, conduzido por importantes centros científicos no mundo, pode contribuir, inclusive, para facilitar o acesso ao medicamento à base de cannabis no Brasil, onde só pode ser adquirido mediante prescrição médica e com autorização prévia da Anvisa, em um processo bastante burocrático.

Talvez te interesse ler também:

MACONHA: 10 DOENÇAS QUE PODEM SER TRATADAS COM A CANNABIS

CANNABIS: O CANABIDIOL (CBD) PODE REDUZIR O RISCO DE PSICOSE. O ESTUDO

CANNABIS: A OMS ESTÁ SE PREPARANDO PELA PRIMEIRA VEZ PARA REVER OS EFEITOS DA MACONHA E SUA PROIBIÇÃO

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!