Conheça a aromaterapia e seus benefícios

aromaterapia e seus benefícios

Você já deve ter ouvido falar no termo aromaterapia, certo? E, se não sabe o que significa, deve achar estranho alguém achar que ficará com boa saúde porque sente um cheiro, não é mesmo? Então, para acabar de vez com a noção de pouca seriedade a respeito da aromaterapia, vamos apresentar alguns aspectos interessantes sobre essa poderosa arma para sua saúde.

O que é aromaterapia?

Trata-se de um ramo, dentro da fitorerapia – área da ciência que se dedica a estudar o uso medicinal dos vegetais – que trabalha com tratamentos, que se baseiam no uso de aromas diversos e seus respectivos efeitos sobre a saúde do indivíduo.

É considerada uma terapia holística, isto é, advinda do holismo – que trata qualquer problema ou questão, através de um olhar global, e não específico.

São utilizados para a aromaterapia os óleos essenciais de plantas, obtidos de determinadas plantas, chamadas aromáticas. Podem ser aplicados de forma pura e isolada, ou combinadamente, em mistura a outros aromas, para benefícios específicos.

O que são óleos essenciais?

Tratam-se de substâncias, altamente concentradas, que são voláteis. Seus princípios ativos – ou efeitos – podem variar, de acordo com a composição química de cada óleo. Nos óleos essenciais, há variação de cada uma de suas características, ou seja, cada óleo tem seu aroma, sua densidade e sua cor.

Como podemos aplicar óleos essenciais na aromaterapia?

Os chamados veículos – ou seja, meios que promovem a absorção pelo corpo – são diversificados: loções, géis, cremes para serem aplicados sobre a pele ou até mesmo puros, podendo ser inalados. Podem ainda ser vaporizados sobre áreas específicas; aquecidos, para liberar o aroma em ambientes; e até mesmo em banhos, misturados à água.

Como funciona a aromaterapia?

Como, em geral, os aromas envolvidos na aromaterapia são muito agradáveis, agem imediata e diretamente no sistema nervoso central, o que leva o organismo a produzir mais ou inibir determinados hormônios, mediadores químicos orgânicos, ou secreções, que acabam por resultar em modificações da saúde.

Que tipo de efeitos pode provocar a aromaterapia?

A aromaterapia, sem sombra de dúvidas, pode chegar a resultar em grandes efeitos mentais, emocionais e até mesmo físicos. Alteram a pressão sanguínea, o humor, a respiração, a frequência cardíaca, ajudam na concentração, entre muitos outros.

Como é uma estimulação natural ao toque e ao olfato, é muito eficaz no combate ao estresse, a ferimentos, à insônia, à tensão pré-menstrual etc.

Há riscos para a aromaterapia?

Sim, como vimos anteriormente, como a aromaterapia pode provocar uma série de interferências orgânicas, é imprescindível que se recorra a profissionais especializados, tanto para prescrever as essências e combinações, quanto para orientar a aplicação e posologia. Dessa forma, os benefícios serão imensos.

Leia também:

setaAROMATERAPIA: PERFUMES E AROMAS QUE FAVORECEM O BOM HUMOR

setaAROMATERAPIA: PRINCIPAIS ÓLEOS E UTILIZAÇÕES

setaCONHEÇA AS DOENÇAS QUE PODEM SER TRATADAS COM AROMATERAPIA

setaÓLEO ESSENCIAL DE LAVANDA: 10 USOS FANTÁSTICOS PARA A SAÚDE E O BEM-ESTAR

setaÓLEO DE MELALEUCA: SUAS MIL UTILIDADES, PROPRIEDADES E COMO COMPRÁ-LO

Fonte foto: plus.google.com