Por que o corpo dói? Causas Emocionais e Outras Causas

  • atualizado: 
corpo dói

Em tempos de estresse, correria, excessos e vida acelerada, é comum sentirmos dor no corpo. A dor no corpo tem várias causas e se manifesta de diversas formas, apresentando vários sintomas, podendo incidir no corpo inteiro ou especificamente em uma ou mais partes do corpo. Saiba mais sobre as causas e os efeitos das dores no corpo.

1. Causas Emocionais das Dores no Corpo e seus Sintomas

Estresse, tensão, preocupação, medo, ansiedade são causas emocionais que desencadeiam sintomas de desequilíbrio e pertubação em nosso corpo, por fazerem com que o corpo libere hormônios do estresse diretamente na circulação sanguínea.

Esses hormônios afetam o funcionamento e o metabolismo do corpo, desencadeando como resposta um estado de desequilíbrio manifestado através da dor no corpo ou dores em partes dele.

Uma das razões da dor existir é uma espécie de grito de socorro do corpo à algum abuso que esteja sofrendo, forçando uma parada para sair da tensão e desequilíbrio que o aflige. A dor é o alerta vermelho avisando que o corpo precisa de um stop para se restabelecer.

O estresse e o medo geram a contração dos músculos, como um meio de defesa a um perigo físico ou imaginário que seja, e o corpo se enrijece para enfrentar a ameaça, entretanto se estas emoções permanecem continuamente, o corpo vai ficando sobrecarregado com essas reações e os músculos respondem com dor, isso se chama"Hiperestimulação de Reação ao Estresse".

De tanto contrair os músculos do corpo com o medo e a preocupação surgem vários tipos de dores no corpo, tais como: de cabeça, musculares, nas costas, no pescoço, no ombro e até no corpo inteiro, todos sintomas básicos de hiperestimulação de reação ao estresse.

O estresse emocional e mental afetam negativamente o metabolismo do corpo, gerando vários distúrbios e doenças. Para esses casos, um dos melhores remédios é a calma. O corpo leva até 20-30 minutos para se recuperar de uma grande reação ao estresse.

2. Causas Físicas da Dor no Corpo

Algumas das causas associadas à (s) dor (es), podem ser: insônia, excesso de cansaço e desgaste físico, emocional ou mental. Por isso nestes casos, o sono e o descanso são fundamentais para o corpo se recuperar e parar de doer.

Com os devidos cuidados, como repouso, relaxamento e nutrição o corpo melhora em 2 ou 3 dias.

Outras causas estão associadas à problemas de saúde como: gripes, febre, desnutrição, falta de vitamina D, infecções, inflamações, apendicite, fibromialgia, anemia, doenças autoimunes e baixa imunidade, nestes casos se faz necessário uma boa alimentação, repouso, exames e cuidados médicos.

3. Cuidados para Prevenir ou Ajudar a Tratar Dores no Corpo

Existem várias formas de evitar dores no corpo, ou eliminá-las. Seguem algumas delas:

  1. Alivie o estresse com atividades relaxantes como meditação, yoga, ouvindo uma música calma, lendo um bom livro, fazendo contato com a Natureza, dançando, escrevendo ou pintando, pois, a arte acalma!
  2. Durma pelo menos 6 horas, o sono é muito importante para a regeneração do corpo e para restaurar as energias.
  3. Alimente-se e hidrate-se corretamente, mantendo uma alimentação saudável e bebendo pelo menos 2 litros de água por dia.
  4. Evite mudanças bruscas de temperatura, pois o corpo se ressente, se tiver que fazê-lo, faça de forma gradativa, por exemplo: se você está em uma sala com ar-condicionado bem frio e precisa enfrentar o calor lá fora, deixe o corpo esquentar um pouco antes de sair, para evitar o choque térmico e correr o risco de ficar gripado e cheio de dores no corpo.
  5. Faça exames médicos periódicos pois, a prevenção é uma das melhores formas de evitar passar por dores.

4. Dor no Corpo com Outros Sintomas

A dor no corpo pode aparecer com outros sintomas e isto pode denotar o aparecimento de doenças. Consulte o médico imediatamente quando surgirem os seguintes sintomas:

  • Febre por mais de 3 dias
  • Dor forte que limita os movimentos
  • Náuseas ou vômitos
  • Desmaio
  • Suores noturnos
  • Perda de peso abrupta
  • Falta de ar

5. O que o Corpo quer dizer Quando Dói

A dor no corpo pode estar associada à um estado emocional. O modo pelo qual reagimos às experiências, afeta nosso corpo. A dor no corpo pode ser resultado de uma dor emocional.

O corpo denuncia o nosso desequilíbrio emocional através da dor e, pela linguagem do corpo, a doença ou a dor em cada parte de nosso corpo, revela algo sobre nossas emoções e nosso inconsciente.

Saiba mais a seguir sobre a dor e o seu significado em cada parte do corpo:

5.1. Dor na cabeça

A dor de cabeça revela indecisão e tensão para lidar com situações e problemas que queremos ter o controle e nem sempre é possível. Tem momentos que precisamos nos adaptar às mudanças e parar de querer mudar as situações e os outros para nos mantermos acomodados.

5.2. Dor na gengiva

Fragilidade para lidar com os desafios da vida e ter iniciativa para enfrentá-los. Desenvolva a confiança e clareza do que quer e siga em frente!

5.3. Dor de dente

Dificuldade de conquistar seus objetivos, por falta de autoconfiança e insegurança. Concentre-se nos seus pontos fortes e se valorize.

5.4. Dor na garganta

Quando não se consegue colocar para fora um ressentimento ou mágoa, a garganta é que sofre. Para aliviar esse mal, é necessário encontrar uma forma de expressar o que está sentido ou sublimar esse sentimento pesaroso.

5.5. Dor no pescoço

Dificuldade em perdoar seja os outros, ou a si mesmo. O conselho é procurar aceitar o que não pode mudar e ver o lado bom de cada pessoa.

5.6. Dor no ombro

Indica que a pessoa se sente sobrecarregada pelos problemas que tem vivido. Foque na solução e não tenha vergonha de pedir ajuda.

5.7. Dor no estômago

Revela que certos acontecimentos, traumas e situações negativas não foram bem digeridos pela pessoa. Momentos de quietude e meditação podem ajudar a digerir melhor situações mal resolvidas.

5.8. Dor na parte superior das costas

Denota carência, sensação de abandono e falta apoio emocional. Mesmo que no momento não tenha ninguém para lhe amar, apoie-se e ame-se. Isso já é um bom começo para sair dessa carência!

5.9. Dor na região lombar

Preocupação financeira e com questões materiais. A prosperidade é um reflexo de como nos relacionamos com a existência, se vivemos com medo e desconfiança, limitamos nossa expansão e bloqueamos a abundância em nossa vida.

5.10. Dor no osso sacro

Existe algo que está deixando de fazer por ter se acomodado à uma situação e por isso vive um estado de estagnação. Neste caso, é preciso criar coragem e tomar a iniciativa de dar uma guinada e reconhecer o que te paralisa. Supere-se!

5.11. Dor no cotovelo

Resistência, insatisfação e sentimento de rejeição. O que busca nos outros, desenvolva em você. De repente o que mais quer e projeta nos outros está guardado em você precisando se expressar e se realizar!

5.12. Dor nos braços

Dificuldade de viver de forma mais livre por carregar excesso de problemas e responsabilidades. As vezes é preciso soltar e deixar fluir.

5.13. Dor nas mãos

A mão doer pode significar dificuldade de se doar e manter vinculo com o próximo. Aja mais com o coração e doe-se mais!

5.14. Dor nos quadris

Quadris doloridos podem ser indício de resistência às mudanças e lidar com os movimentos da existência. Dance com a Vida!

5.15. Dor no joelho

Problema no joelho indica uma dificuldade em "se dobrar", não aceitando a realidade e as pessoas como são. Perceba o jogo do ego e saia da influência do orgulho!

5.16. Dor no tornozelo

Falta de satisfação e força com sensação de desânimo. Busque se dedicar ao que lhe dá prazer. A existência não é só dever e obrigação, mas prazer e lazer também!

5.17. Dor do pé

Desmotivação para seguir em frente. É de passo em passo que se faz uma caminhada! Alegre-se você é Vida!

5.18. Dor nos músculos

Dificuldade e falta de flexibilidade para lidar com as experiências vida. Seja mais descontraído e leve, saia do "modus de combate e guerra", pacifique-se!

5.19. Dor nas articulações

As articulações conferem dinamismo e atividade ao corpo. Quando limitadas pela dor é sinal que estamos passivos o automatizados diante da existência. O indicado é abrir-se ao novo e sair da prisão das crenças limitantes da mente. Movimente-se e saia da rotina!

6. Converse e Escute Seu Corpo

A dor é a forma que o corpo tem de avisar que algo não vai bem, por isso a necessidade de ouvi-lo quando ele fala através da dor. Evitamos o pior escutando o que o corpo revela e cuidando de nossa Alma, Mente e Físico.

Talvez te interesse ler também:

PESQUISADORES ASSOCIAM DEPRESSÃO À INFLAMAÇÃO DO CORPO

ÓRGÃOS E EMOÇÕES: A QUE EMOÇÃO CADA ÓRGÃO CORRESPONDE?

O (POSSÍVEL) SIGNIFICADO DAS DOENÇAS SEGUNDO A BIODESCODIFICAÇÃO

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!