Suplementos multivitamínicos e minerais não trazem nenhum benefício para a saúde. Um estudo

Suplementos multivitamínicos e minerais não trazem nenhum benefício para a saúde. Um estudo

Suplementos multivitamínicos e minerais. Nem todos os mais usados ​​e mais famosos trazem benefícios reais para a nossa saúde. É o que diz um novo estudo, realizado por pesquisadores do St. Michael’s Hospital e da Universidade de Toronto.

Ao examinar uma série de dados existentes e estudos realizados no período entre janeiro de 2012 e outubro 2017, cientistas canadenses descobriram que suplementos vitamínicos com vitamina D, cálcio e vitamina C, que são os mais comum e os mais utilizados, especialmente durante períodos de fadiga aumentada, não trazem nenhuma vantagem na prevenção de doenças cardiovasculares, ataque cardíaco, derrame ou morte prematura.

Geralmente, suplementos vitamínicos e minerais são tomados em adição aos nutrientes encontrados nos alimentos. Os mesmos autores do estudo ficaram surpresos com os resultados:

“Ficamos surpresos ao descobrir tão poucos efeitos positivos dos suplementos mais comuns que as pessoas consomem. Nossa revisão descobriu que o uso de multivitaminas, vitamina D, cálcio ou vitamina C, não é prejudicial, mas não traz nenhum benefício aparente”, disse o Dr. David Jenkins, principal autor do estudo. A equipe examinou dados que também incluía as vitaminas A, B1, B2, B3 (niacina), B6, B9 (ácido fóico), C, D e E, caroteno, cálcio, ferro, zinco, magnésio e selênio.

O termo “multivitamínico” no estudo foi usado para descrever suplementos que incluem a maioria das vitaminas e minerais.

De acordo com os resultados obtidos pelos cientistas canadenses, apenas o ácido fólico e as vitaminas do complexo B podem efetivamente ajudar a reduzir o risco de doenças cardiovasculares e derrame cerebral. Mas a vitamina B3 e os antioxidantes demonstraram um efeito negativo, ainda que muito pequeno, ligado a um risco aumentado de morte por uma das causas examinadas.

“Estes resultados sugerem que as pessoas devem conhecer bem o suplemento que estão tomando e verificar se eles são aplicáveis ​​às específicas deficiências de vitaminas ou minerais que possuem, as quais foram informadas por um médico”, continua Jenkins.

Segundo os pesquisadores, a saúde deve ser cuidada à mesa com uma dieta saudável, rica em vitaminas e minerais.

“Até agora, nenhuma pesquisa sobre suplementos conseguiu demonstrar que eles são melhores do que o consumo de alimentos vegetais saudáveis, como legumes, frutas e nozes”.

Este estudo foi publicado no Journal of American College of Cardiology.

É como nós dizemos sempre: nunca se automedique comprando suplementos sem prescrição médica. Eles podem fazer mais mal do que bem, além do que, custam caro.

Sobre suplementos é importante ler também:

SUPLEMENTOS ALIMENTARES – O QUE SÃO? COMO E POR QUE USAR?

FALTA DE VITAMINAS DO COMPLEXO B: SINTOMAS E REMÉDIOS

VITAMINA D: QUANTO DEVEMOS TOMAR POR DIA?

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *